Jean Oliveira participa do lançamento do Projeto de Formação Continuada aos profissionais da Educação

A convivência com perfis de alunos diferentes e as novas tendências na educação geram a necessidade de aprimoramento constante para os profissionais de ensino.

O deputado Jean Oliveira, participou, a convite do prefeito Marcélio Brasileiro, na manhã desta segunda-feira (13), no Salão Paroquial da Igreja Católica, do lançamento da oficina que faz parte do Projeto de Formação Continuada para os profissionais de Educação do município de Nova Mamoré.

A formação continuada é o processo de aprimoramento constante pelo qual um professor e/ou profissionais da Educação passam durante a profissão. A convivência com perfis de alunos diferentes e as novas tendências na educação geram a necessidade de aprimoramento constante para os profissionais de ensino.

O objetivo de fazer uma formação continuada para professores é estimular nos profissionais a vontade de melhorar suas técnicas de ensino-aprendizagem.

O deputado Jean Oliveira parabenizou o prefeito Marcélio Brasileiro pela iniciativa e ressaltou a importância de que, nesse momento em que voltam às aulas presenciais, os professores e todos os profissionais da Educação estejam capacitados e qualificados para assim melhor contribuir com o ensino-aprendizagem da demanda escolar. “Parabéns pelo trabalho prefeito Marcélio Brasileiro”, disse o deputado.

“Eu é que agradeço sua presença deputado por estar aqui nos prestigiando e investindo na educação municipal. Jean Oliveira é um deputado que está investindo mais de 600 mil reais aqui em Nova Mamoré na formação e na capacitação continuada do nosso corpo docente e em todos os profissionais da educação. Muito obrigado deputado Jean Oliveira que está ajudando nosso município a ter uma educação melhor”, disse o prefeito Marcélio Brasileiro.

Assessoria de Imprensa – Dep. Jean Oliveira

Banco do Brasil lança emissão de boletos por WhatsApp

Sistema de cobrança bancária por chat é pioneiro no Brasil

Os clientes do Banco do Brasil (BB) agora podem emitir, consultar e alterar boletos bancários pelo WhatsApp. Pioneiro no Brasil, o sistema de cobrança bancária por chat foi lançado nesta semana e, segundo a instituição financeira, beneficiará principalmente pequenos empreendedores.

Para usar a ferramenta, o cliente deve acessar o WhatsApp do BB e iniciar uma conversa com o especialista PJ, o assistente virtual do banco no aplicativo, digitando “#PJ”. Em seguida, basta escrever “Preciso registrar um boleto” para aparecerem instruções na tela de conversas.

O aplicativo pedirá as informações do pagante (CPF, nome, endereço, complemento) e os detalhes de pagamento (valor, vencimento). O boleto é gerado assim que as informações forem confirmadas, com o cliente podendo encaminhá-lo ao destinatário.

O recurso também permite a realização de consultas, quando o usuário digita “Preciso consultar um boleto. Os documentos podem ser alterados com o comando “Preciso alterar um boleto”. As duas opções permitem a geração de um PDF para compartilhamento.

No ano passado, o BB foi o primeiro banco a oferecer um assistente especializado em pessoa jurídica no WhatsApp. Além das transações da cobrança, o assistente faz atendimentos sobre crédito, capital de giro, desconto de títulos, desconto de cheques, folha de pagamentos, conta corrente, cartão de crédito e suporte técnico. A ferramenta também permite consultas de saldo, de extrato e de limite do cartão.

Fonte: Agência Brasil

Presidente Alex Redano acompanha o lançamento do Tchau Poeira em Colorado D’Oeste

Cidade vai receber 7,5 KM de asfalto novo e quase R$ 1 milhão para revitalização da Praça da Matriz

Na manhã desta sexta-feira (20), o presidente da Assembleia Legislativa Alex Redano (Republicanos) acompanhou o lançamento do programa Tchau Poeira em Colorado D’Oeste, no Cone Sul do Estado. A cidade será contemplada com 7,5 quilômetros de pavimentação asfáltica, além de recursos para a revitalização da Praça da Igreja Matriz, através do programa Governo na Cidade.

Esses dois programas; o Tchau Poeira e o Governo na Cidade estão ocorrendo após a Assembleia Legislativa aprovar recursos na ordem de R$ 826 milhões, garantindo o investimento nos 52 municípios.

“Hoje vemos um marco para essa cidade, posso garantir que o serviço é bem feito. Em Ariquemes, onde a minha esposa Carla Redano (Republicanos) é prefeita, as obras já iniciaram e a população já pode constatar a qualidade das obras. Agora é a vez de Colorado receber esse termo de cooperação, e em breve a cidade vai iniciar os serviços também”, destacou Redano.

Além da assinatura do termo de cooperação entre o Estado e a prefeitura de Colorado para as obras do Tchau Poeira, acontecerá ainda a revitalização da Praça Nossa Senhora, a conhecida Praça da Matriz, com investimento de R$ 966.692,19, garantindo aos moradores um lugar de lazer e descontração.

O governador Coronel Marcos Rocha agradeceu o braço direito que o Estado tem com a Assembleia Legislativa, que aprovou esse importante projeto. “Graças ao apoio de todos os deputados o projeto foi aprovado em tempo recorde, isso demonstra que nosso Estado sendo bem representado na Assembleia Legislativa”, pontuou o governador.

Texto: Mateus Andrade-ALE/RO

Governo de Rondônia lança “Tchau Poeira” para asfaltamento urbano em Corumbiara

Corumbiara é o 16º município contemplado com o programa.

Corumbiara receberá asfalto novo pelo “Tchau Poeira”

O Governo de Rondônia deu início na quarta-feira (18) a mais uma etapa de lançamento do projeto “Tchau Poeira”. Desta vez, na região Sul do Estado. Corumbiara foi o primeiro município desta rota, onde Estado e Prefeitura assinaram um Termo de Cooperação para recuperação asfáltica.

Enquanto cabe a Prefeitura, apresentar projeto e fazer drenagem, o Governo do Estado fica responsável pela parte de maior custo da obra, o asfalto novo e o recapeamento, feito pelo Departamento de Estradas de Rodagens e Transporte (DER).

Na solenidade de assinatura do Termo de Cooperação em Corumbiara, realizada na Avenida Itália, no Centro da cidade, o governador, Marcos Rocha, anunciou os trabalhos em 5,4 quilômetros de ruas urbanas do município, sendo 2,4 km de pavimentação e três km de recapeamento asfáltico. Um investimento de mais de R$ 2 milhões com recurso próprio do Governo.

O governador segue detalhando a satisfação de estar a frente do projeto que possibilita a entrada do Estado, em parceria com as prefeituras, para a realização de obras importantes como a pavimentação de vias urbanas, “fico feliz de agora, em Corumbiara, uma cidade bonita, saber que vai ficar mais linda ainda com esses investimentos em asfaltamento urbano, tirando a poeira das casas das pessoas. Por meio do ‘Tchau Poeira’, o Estado está levando recurso para dentro das cidades”.

O prefeito de Corumbiara, Leandro Teixeira Vieira, agradeceu pela parceria.”Corumbiara é um município pequeno, porém grande em potencial, com produção de soja. E ficamos felizes em receber, por meio desse apoio do Governo de Rondônia, essas obras que vão melhorar a trafegabilidade no nosso município. Já estávamos há uma década sem ser contemplado com asfalto, e não temos condições de executar pelo município”.

O Tchau Poeira já foi lançado em outros 15 municípios: Ariquemes, Pimenta Bueno, Vilhena, Costa Marques, São Francisco do Guaporé, Seringueiras, São Miguel do Guaporé,  Alto Alegre dos Parecis,  Alta Floresta d’Oeste, Santa Luzia d’Oeste, Rolim de Moura, Nova Brasilândia d’Oeste, Novo Horizonte, Castanheiras e Ouro Preto do Oeste. No momento, está em execução em Ariquemes e Pimenta Bueno.

Estiveram presentes na solenidade o presidente da Assembleia Legislativa de Rondônia (ALE), Alex Redano, o líder do Governo na ALE, Luizinho Goebel, o vice líder do Governo na ALE, Ismael Crispim, o deputado estadual Ezequiel Neiva e Chiquinho da Emater.

Fonte: Secom-RO

Ismael Crispin prestigia lançamento do programa Tchau Poeira em Corumbiara e Pimenteiras

Parlamentar destacou o trabalho que o Governo do Estado vem realizando em prol dos municípios

Nesta quarta-feira (18), o deputado Ismael Crispin (PSB) prestigiou o lançamento do programa Tchau Poeira do Governo de Rondônia nos municípios de Corumbiara e Pimenteiras. 

Crispin fez questão de enaltecer as ações do governador de Rondônia, Marcos Rocha em prol da população rondoniense. “Ver as ações sendo executadas, nos dá motivação para continuar trabalhando e transformando a vida do nosso povo”, disse

O deputado ressaltou ainda, que está prestigiando o lançamento do programa nos municípios em que ele tem ações efetivas. 

“Em Corumbiara tivemos o prazer de garantir recursos para aquisição de ambulância  e nanilhas para melhorar as estradas vicinais. Já em Pimenteiras os recursos foram para aquisição de um veículo que hoje faz o transporte dos pacientes com hemodiálise, tendas para a feira livre, e uniformes para os servidores da secretaria de obras”, destacou.

“TCHAU POEIRA”

O projeto Tchau Poeira tem por objetivo asfaltar, recuperar e sinalizar vias públicas urbanas nos 52 municípios. O governo de Rondônia investe mais de R$ 300 milhões nesta ação.

Texto: Laila Moraes-ALE/RO

Presidente Alex Redano participa do lançamento do Tchau Poeira em Corumbiara

Cidade vai receber asfalto novo e recapeamento, somando cerca de 5,5 quilômetros de ruas atendidas com o programa do Governo

O presidente da Assembleia Legislativa, Alex Redano (Republicanos), participou na manhã desta quarta-feira (18), da solenidade de lançamento das obras do Tchau Poeira em Corumbiara, no Cone Sul do Estado, com as presenças de deputados estaduais, do governador Marcos Rocha, secretários do Governo, prefeitos e vereadores da região.

Ele foi recepcionado pelo prefeito Leandro da Saúde (PSB) e pelo vereador Tuca (PTB). Corumbiara vai receber cerca de 5,5 quilômetros de ruas beneficiadas, com asfalto novo e também recapeamento asfáltico.

“Faço questão de estar presente às solenidades de lançamento do Tchau Poeira, pois sei do grande alcance social e da grande expectativa das autoridades locais e dos moradores, com a chegada de asfalto novo e de ruas recapeadas, garantindo mais qualidade de vida e valorização do imóveis”, destacou Redano.

Ele ressaltou ainda que esse grande volume de investimento do Tchau Poeira, atendendo aos 52 municípios de Rondônia, ocorre graças à economia do Governo, que cortou gastos e despesas, permitindo a execução das obras, sem que o Estado adquira financiamento e fique endividado. “Nos 52 municípios, tudo será executado com recursos próprios, fruto da economia do Governo e com a aprovação da Assembleia Legislativa, somando mais de R$ 300 milhões”, completou Redano.

O presidente deve seguir participando, junto com o governador e sua comitiva, das solenidade de lançamento do Tchau Poeira nas cidades de Pimenteiras do Oeste, Colorado do Oeste, Cerejeiras, Cabixi e Chupinguaia.

Texto: Eranildo Costa Luna-ALE/RO

Governo lança operação para enfrentar violência contra a mulher

A ação integrada vai durar um mês

O governo lançou, hoje (18), a Operação Maria da Penha, com o objetivo de enfrentar a violência doméstica contra a mulher e aprimorar o sistema de proteção às vítimas.

De acordo com o Ministério da Justiça e Segurança Pública, de 20 de agosto a 20 de setembro diferentes instituições no âmbito federal e estadual vão promover ações para qualificar o atendimento às vítimas, reforçar o cumprimento de medidas protetivas, além de conscientizar a população sobre a importância de denunciar as agressões.

Coordenada pelo Ministério da Justiça e Segurança Pública, a Operação Maria da Penha conta com a participação do Ministério da Mulher, Família e Direitos Humanos; das secretarias de Segurança Pública dos estados e Distrito Federal; do Conselho Nacional dos Comandantes-Gerais das Polícias Militares do Brasil (CNCG); do Conselho Nacional de Justiça (CNJ); e do Conselho Nacional do Ministério Público (CNMP).

“Essa é uma ação inédita que reúne diferentes atores de todo o país para aprimorar o sistema de proteção à mulher. A Operação Maria da Penha traz um olhar do estado no enfrentamento à violência doméstica de forma a trazer eficiência ao trabalho, prevenindo a ocorrência desse tipo de crime, encorajando as pessoas a denunciar e diminuindo o tempo de resposta e punição aos agressores”, disse o ministro da Justiça e Segurança Pública, Anderson Torres, em nota.

A Secretaria de Operações Integradas do Ministério da Justiça e Segurança Pública fará integração entre os atores envolvidos e o acompanhamento dos indicadores da operação.

Ações

A Operação Maria da Penha conta com o envolvimento das polícias civis e militares dos 26 estados e do Distrito Federal.

De acordo com o ministério, uma das ações é a melhoria, a qualificação e a padronização do atendimento às vítimas via ligação para o telefone 190. O CNCG sugeriu às polícias militares a adoção de um protocolo de atendimento à ocorrência policial de violência doméstica e familiar contra a mulher, que conta com etapas e procedimentos específicos para as ocorrências.

Em outra frente, acrescenta o ministério, será intensificado o acompanhamento das medidas protetivas de urgência às mulheres assistidas pelos programas de prevenção à violência doméstica e familiar, como as chamadas Patrulhas Maria da Penha. O atendimento às mulheres vítimas de violência também será reforçado nas delegacias especializadas.

A Operação Maria da Penha também prevê a realização de uma força-tarefa para auxiliar oficiais de Justiça no cumprimento de notificações (e outras ações necessárias) de agressores, cujas vítimas estejam amparadas por medidas protetivas de urgência.

Por fim, ressalta o ministério, a operação permitirá a coleta de indicadores que servirão como diagnóstico e fomento à elaboração de políticas públicas voltadas à proteção das mulheres.

Fonte: Fernando Fraga A/B

Programa Agroleite vai fortalecer a cadeia produtiva do leite em RO

Serão investidos no programa R$ 28 milhões, que irão atuar na pesquisa e transferência de tecnologia, aplicação de práticas modernas e aperfeiçoamento profissional.

Governo de Rondônia Lança programa Agroleite

Com o intuito de fortalecer a cadeia produtiva do leite no Estado, o Governo de Rondônia, por meio da Secretaria de Estado da Agricultura (Seagri), lança nesta quinta-feira (12), no município de Machadinho d’Oeste, o Programa Agroleite, criado para atuar na melhoria da gestão, da produtividade e da qualidade, por intermédio do aperfeiçoamento profissional e gerencial, pesquisa e transferência de tecnologia, aplicação de práticas modernas, agregação de valor, visando ampliação e acesso a novos mercados de forma sustentável.

O Programa Agroleite é uma iniciativa do Executivo Estadual, desenvolvido pela Seagri, aprovado pelo Conselho de Desenvolvimento do Agronegócio Leite do Estado de Rondônia (Condalron), em parceria com a Entidade Autárquica de Assistência Técnica e Extensão Rural do Estado de Rondônia (Emater), Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa) e Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae).

O Agroleite é constituído por três projetos complementares: Transtec, Inovatec e Consultec que juntos somam aproximadamente R$ 28 milhões em investimentos na cadeia produtiva do leite, recursos provenientes do Fundo de Investimento e Apoio ao Programa de Desenvolvimento da Pecuária Leiteira do Estado de Rondônia (Fundo Proleite).

O projeto Transtec é executado em parceria com a Embrapa em Rondônia e tem como objetivo contribuir para o fortalecimento da cadeia produtiva do leite por meio de pesquisa científica, validação e transferência de tecnologias voltadas para a melhoria de eficiência dos sistemas de produção de leite no Estado. Para a execução do Transtec será investido o valor de R$ 3.203.493,00.

O Inovatec, realizado em conjunto com o Sebrae, é um projeto que propõe ações voltadas para o desenvolvimento da inovação e tecnologia na atividade leiteira em Rondônia, buscando a criação de um ecossistema de melhoria continuada, por meio de incentivo da educação empreendedora no campo e no desenvolvimento de eventos mais assertivos, modernos, atraentes às novas gerações ligadas à família do produtor, gerando valor aos atores da cadeia produtiva.

Seu outro viés é de incentivo à melhoria genética com práticas de Inseminação Artificial em Tempo Fixo ( Iatf) e Fertilização in Vitro (FIV). Será investido o valor de R$ 8.610.235,00 na execução do Inovatec.

O projeto Consultec, executado pela Emater, visa desenvolver a cadeia produtiva da bovinocultura leiteira com consultorias e capacitação continuadas com extensionistas para prestar assistência em gerenciamento financeiro e zootécnico em mais de duas mil propriedades rurais que atuam no setor em Rondônia. No total, será investido no projeto o valor de R$ 16.038.136,85.

“O Programa Agroleite está sendo desenvolvido com o apoio de grandes parceiros capacitados para desenvolver excelentes trabalhos para o crescimento da cadeia produtiva do leite. Iremos atuar em todas as áreas da cadeia leiteira, na pesquisa, na implantação de novas tecnologias e até em consultoria e capacitação para orientar nossos produtores rurais. É um grande programa que atenderá produtores de todo o Estado”, informou o secretário da Seagri, Evandro Padovani.

Durante a cerimônia de lançamento do programa, os participantes terão a oportunidade de conhecer um pouco mais sobre a cadeia leiteira rondoniense. A partir das 9h será apresentado durante a “Prosa Técnica” as oportunidades e desafios da cadeia produtiva do leite com a participação de técnicos, especialistas e produtores de leite que trabalham há anos no setor.

Fonte: Seagri

Israel responde ao lançamento de 3 foguetes do território libanês (VÍDEOS)

As Forças de Defesa de Israel (FDI) responderam com fogo de artilharia contra território libanês.

Nesta quarta-feira (4) as sirenes de alerta soaram na região norte de Israel, perto da fronteira libanesa, informam militares. Até agora não foram relatados feridos ou quaisquer danos materiais.

Os alertas soaram em Kfar Giladi, Tel-Hai e em Qiryat Shemona. Três foguetes foram lançados do Líbano contra Israel, dois do quais atingiram o território israelense, enquanto o terceiro não chegou a cruzar a fronteira. As Forças de Defesa de Israel (FDI) responderam com fogo de artilharia contra território libanês.

​Imagens não editadas: 3 foguetes foram disparados do Líbano em direção ao norte de Israel. 2 foguetes atingiram Israel, um caiu em território libanês. Em resposta, nossas forças de artilharia dispararam contra o Líbano.

Um repórter do jornal Times of Israel compartilhou no Twitter um vídeo que mostra fumaça saindo no local da queda de um foguete.

​Gravação do suposto impacto de foguete perto de Kiryat Shmona.

Unidades de artilharia israelenses efetuam mais ataques contra alvos ao longo da fronteira com o Líbano em resposta ao lançamento de foguetes, avança serviço de imprensa do Exército de Israel.

“FDI estão realizando ataques adicionais na fronteira com o Líbano. Artilharia ataca alvos ao longo da fronteira libanesa em resposta ao bombardeio de hoje do território israelense”, lê-se no comunicado.

A Agência Nacional de Notícias (NNA, na sigla em inglês) do Líbano informa que o Exército de Israel abriu fogo de artilharia pesada contra o sul do território libanês e que vários projéteis caíram em uma área perto da cidade de Marjayoun.

As autoridades israelenses acreditam que o ataque foi lançado por grupos palestinos baseados no Líbano e não pelo movimento Hezbollah. No entanto, é improvável que grupos palestinos possam operar sem o consentimento do Hezbollah, segundo a agência AP.

Fonte: Sputnik

Bolsonaro lança programa que levará água potável a escolas do Nordeste

Expectativa é atender mais de 100 mil alunos em 350 cidades

O governo federal lançou nesta segunda-feira (2) o Programa Água nas Escolas, que prevê, na primeira etapa, a construção de 2 mil cisternas em estabelecimentos de educação nas zonas rurais e de periferia. A expectativa é atender mais de 100 mil alunos em cerca de 350 cidades da Região Nordeste.

O programa terá investimento de R$ 60 milhões e será realizado em parceria com o Banco Nacional do Desenvolvimento (BNDES) e a Fundação Banco do Brasil.

O acordo de cooperação técnica foi assinado em cerimônia no Ministério da Cidadania. Na cerimônia, o presidente Jair Bolsonaro ressaltou a importância do programa para a população da região que será beneficiada.

“Nós, aqui, às vezes não damos muito valor à água, temos em abundância. Lá, quando você vê um velho nordestino, uma senhora de idade, com pele enrugada, entrando debaixo de uma bica d’água, não tem preço a alegria daquela pessoa, parece que ganhou na Mega-Sena”, disse o presidente, ao ressaltar a importância da água para a população no Nordeste do país.

Segundo o ministro da Cidadania, João Roma, o Censo Escolar revelou que há 3 mil escolas onde falta água na Região Nordeste.

“São alunos, professores e funcionários sem acesso à rede pública de abastecimento, a poço artesiano ou a cisterna. Por meio de tecnologia e sistema de abastecimento, o Programa Água nas Escolas vai mudar essa situação e garantir a oferta de água potável”, disse o ministro.

João Roma acrescentou que, com melhores condições de infraestrutura, haverá ganhos na qualidade de ensino, no rendimento dos alunos e no dia a dia das famílias.

Fonte: Agência Brasil