Polícia prende foragido da casa do Albergado de Ariquemes

Após trocar tiros com a polícia, tentar atropelar morador, homem foi capturado no município de Machadinho d’Oeste.

Um homem de 31 anos que estava foragido da Casa do Albergado de Ariquemes (RO) foi localizado e preso na madrugada do último domingo (11) em Machadinho d’Oeste (RO). Durante as buscas pelo foragido, a Polícia Militar recebeu diversas denúncias de crimes ou tentativas de crimes supostamente cometidas pelo homem.

De acordo com o boletim de ocorrência, na noite do sábado (10) uma mulher de 19 anos, que disse ser prostituta, contou aos policiais que o suspeito chegou em um bar, sentou na mesa com ela e, após combinarem o programa, disse que não tinha dinheiro. Nesse momento, o foragido colocou um arma em cima da mesa e disse que iria conseguir dinheiro na cidade, deixando a arma no local.

Os policiais realizaram buscas e encontraram o veículo que o suspeito dirigia, registrado no nome da mãe do foragido, estacionado na rua Diomero Moraes Borba, com munições calibre .40. Um morador contou que o motorista deixou o carro no local, bateu na porta da casa e na sequência pulou o muro.

Ainda conforme o registro da ocorrência, denúncias foram feitas de que mais cedo no mesmo dia o suspeito teria tentado atropelar uma pessoa, dizendo que era policial, e fugido, e também parado em uma vila de apartamentos para perguntar se algum morador vendia drogas.

Na madrugada do domingo (11), uma senhora ligou para a polícia pois estaria sendo perseguida por um homem. Quando os agentes chegaram no local, encontraram o suspeito dirigindo em marcha ré tentando fugir.

Quando os policiais tentaram realizar a abordagem, o homem abandonou o carro no meio da rua e fugiu a pé, pulando uma cerca para entrar no quintal de uma residência. No entanto, durante a fuga, o suspeito tropeçou em sucatas de motocicletas e caiu, sendo capturado em seguida.

O homem de 31 anos que havia fugido do presídio de Ariquemes na última sexta-feira (10) também é investigado por tentar atirar em um policial penal na tarde do sábado (11).

Fonte: G1/RO

Polícia encontra pequena plantação de maconha em Machadinho D’Oeste, RO

Um jovem de 25 anos foi preso por tráfico de drogas.

Após uma denúncia anônima, a Polícia Militar (PM) encontrou uma pequena plantação de maconha em meio à rosas do deserto em uma casa, na área Central de Machadinho D’Oeste (RO). Um jovem de 25 anos foi preso por tráfico de drogas.

De acordo com o boletim de ocorrência, os agentes foram até a residência do jovem após receberem informações de que no local havia uma plantação de flores do tipo “rosa do deserto” e junto a ela o cultivo de maconha.

No local, os policiais encontraram primeiro um jovem de 26 anos que afirmou não morar na casa e que estava ali apenas para uma confraternização. Poucos minutos depois chegou o dono na casa. Foi feita revista pessoal e busca na residência. Os policiais dizem que, tirando os pés de maconha, nada ilícito foi encontrado na casa ou com o suspeito.

Após isso as plantas foram apreendidas, foi dada voz de prisão ao suspeito e todos levados para a Unidade Integrada de Segurança Publica (Unisp).

Fonte: G1/RO

Polícia interdita festa com aglomeração em Machadinho D’Oeste, RO

O Caso aconteceu no Final de Semana, Sete policiais participaram da interdição do evento que contava com cerca de 500 pessoas.

No final de semana, a Polícia Militar (PM) interditou um evento que reunia cerca de 500 pessoas em Machadinho D’Oeste (RO). Segundo a polícia, a interdição faz parte de uma operação que tem o intuito de verificar aglomeração de pessoas em balneários, bares e em outros estabelecimentos.

De acordo com o boletim de ocorrência, as pessoas que estavam no local e em desconformidade com o atual decreto foram orientadas a saíram e o proprietário foi notificado.

Machadinho D’Oeste soma 2.205 casos confirmados, 1.862 recuperados e 17 óbitos desde o início da pandemia. Nas últimas 24h, foram registrados 17 casos e nenhum óbito, conforme relatórios de dados publicados pela Agência Estadual de Vigilância em Saúde (Agevisa) e a Secretaria de Estado da Saúde (Sesau).

Atualmente, o município está na fase 3, com abertura comercial seletiva, do plano de ação de combate à Covid-19 “Todos por Rondônia” do Governo de Rondônia.

Fonte: G1/RO

Sedam realiza operação para reintegrar área invadida em reserva extrativista RO

Governo estadual diz estar dando assistência às famílias de invasores. A ação aconteceu nos municípios de Machadinho D’Oeste (RO) e Vale do Anari.

Uma operação de reintegração da Secretaria de Estado do Desenvolvimento Ambiental (Sedam) retirou dezenas de pessoas que estavam na área, localizada nos municípios de Machadinho D’Oeste (RO) e Vale do Anari (RO), na reserva extrativista Aquariquara. Oficiais de justiça também acompanharam a retirada.

Conforme a Sedam, a reintegração da área aconteceu após um estudo técnico com levantamento do número de pessoas que se encontravam no entorno da reserva. Durante essa checagem do local, foram constatados que haviam aproximadamente 500 pessoas na área.

Para fazer retiradas das famílias, foram utilizados 100 policiais na operação, que contou ainda com a participação de oficiais de Justiça e servidores da Sedam, Samu e Corpo de Bombeiros.

Barracos montados em área da reserva — Foto: Sedam/Reprodução
Barracos montados em área da reserva
Ao todo, foram encontradas 68 pessoas no novo acampamento. Estes invasores foram levados para escola na Vila São Marcos e depois encaminhados para seus destinos, com alguns ficando em uma escola no Vale do Anari. Outras pessoas apontadas no estudo técnico haviam deixado a área antes do cumprimento da reintegração, iniciada na sexta-feira (18).

Neste domingo (20), o governo de Rondônia informou ter ofertado logística e promovido assistência durante desocupação e reintegração de posse da zona de amortecimento.

A Reserva Extrativista Aquariquara foi invadida no final de setembro deste ano a polícia retirou os invasores e eles ficaram acampados no entorno da reserva.

No dia 7 de outubro foi concedida liminar para desocupação da área em 48 horas; os acampados foram comunicados, porém, devidos às condições, foi solicitado o estudo técnico.

Durante elaboração do estudo foi constatado que no local havia vários acampamentos montados, incluindo um auditório improvisado para reuniões. Também havia bandeiras e homens que vestiam camisetas com a palavra ‘segurança’.

Na visita feita, foi contabilizada in loco a quantidade de 83 barracos, compostos de lona, palha e troncos de árvores, de maneira bastante rústica e precária.

Apesar das algumas adversidades encontradas pelo caminho, todo processo foi realizado sem confronto entre a polícia e invasores.

Fonte: G1/RO

Pioneiro de Machadinho D’Oeste declara apoio à Ezequiel Júnior

Ezequiel Júnior é um grande radialista, tudo que ele pediu na rádio o povo contribuiu porque ele é pidão e sabe pedir

O trabalho de visitação e caminhada pelos quatro cantos do município de Machadinho do Oeste, tem rendidos frutos e apoios importantes para a campanha do candidato a prefeito Ezequiel Júnior (Republicanos).

O candidato tem ouvido as reclamações e desabafo dos moradores que reclamam da falta de apoio na área de infraestrutura e incentivo por parte do poder público. Ezequiel tem aproveitado os momentos para apresentar propostas e projetos que visam a melhoria da qualidade de vida dos moradores de Machadinho, assim como as demais regiões do município.

Em uma das visitas, João Paulo, pioneiro de Machadinho do Oeste, conhecido por ‘’ pastor João Paulo’’, declarou apoio à candidatura de Ezequiel Júnior, por reconhecer e acreditar que o candidato do Republicanos tem as melhores propostas e projetos para alavancar a produção agrícola e pecuária do município.

‘’Eu conheço o Ezequiel há bastante tempo, sei do seu potencial, sei que ele é um homem de visão futurística, acredito que ele seja a melhor pessoa para administrar o município de Machadinho, é um homem que fala a verdade, como deputado fez um bom trabalho na cidade, trouxe muitas emendas para machadinho, é um grande radialista, tudo que ele pediu na rádio o povo contribuiu porque ele é pidão e sabe pedir, por isso eu voto no Ezequiel e se Deus quiser vai ser um grande prefeito aqui em Machadinho”, relata João Paulo. 

Redação/CN

Famílias do perímetro urbano serão beneficiadas com pavimentação em Machadinho do Oeste

Governador Marcos Rocha acompanhou de perto o andamento da obra na RO-133, juntamente com o diretor do DER, Elias Rezende

O que antes era um cenário que misturava lama, buracos e problema de trafegabilidade, hoje passa por uma verdadeira transformação de melhorias. Essa é a atual situação que pode ser conferida em 900 metros da Rodovia 133, no perímetro urbano do município de Machadinho do Oeste, onde homens e máquinas estão trabalhando no trecho que recebeu todo o serviço  de base de encascalhamento e já começa a ser preparado para a pavimentação asfáltica.

Todo o trabalho de pavimentação está sendo desenvolvido pelo Governo do Estado, por meio de ações do Departamento Estadual de Estradas de Rodagem e Transportes (DER) e, atualmente, se encontra com cerca de 80% da obra já concluída. A expectativa é de que o asfaltamento no perímetro urbano seja concluído nos próximos 30 dias.

A obra foi conferida de perto na manhã de sexta-feira (5), pelo governador de Rondônia, coronel Marcos Rocha, que esteve in loco juntamente com o diretor do DER, Elias Rezende, e o superintendente Estadual de Comunicação (Secom), Lenilson Guedes.

A RO-133 liga diretamente Machadinho do Oeste ao distrito de Tabajara. Ao conferir todo o trabalho que vem sendo executado, o governador Marcos Rocha aproveitou para conversar com alguns moradores e destacou que o avanço irá continuar.

“Estamos aqui na cidade de Machadinho do Oeste, na RO-133, onde as pessoas sofriam muito com a questão dos problemas na estrada há mais de 10 anos. Estamos preparando a rodovia já para receber o asfalto. O objetivo é sempre fazer o melhor para o nosso Estado e continuaremos trabalhando firme. Teremos esse trecho pronto, que irá beneficiar toda a população de Machadinho, em especial aos moradores dos bairros Porto Feliz e Primavera”, enfatizou o governador deixando clara a possibilidade de inserir mais pavimentação asfáltica na mesma RO-133 no planejamento do Governo do Estado.

Moradores e comerciantes localizados à beira da rodovia, no trecho citado, destacaram o trabalho desenvolvido pelo Governo do Estado que tem avançado na execução das obras de pavimentação.

ENTREVISTA

Logo após acompanhar as obras na RO-133, o governador participou de uma entrevista no programa Alô 97, da Rádio 97 FM, em Machadinho do Oeste.

Ao radialista Marcos Aurélio, o governador falou sobre várias ações que estão sendo desenvolvidas pelo Governo do Estado, bem como fortaleceu o alinhamento com o Governo Federal, confirmando o compromisso de manter Rondônia crescendo. Sobre o asfalto no perímetro urbano da Rodovia 133, o governador garantiu ser de qualidade e que neste momento estarão sendo concluídos os 900 metros neste primeiro lote e garantiu que o avanço irá continuar, com trabalho sério.

Regularização Fundiária: Equipes técnicas realizam multirão para atender moradores de Machadinho

Foram atendidos 1.590 lotes para normalização. Ação faz parte do programa Papel Passado do Governo.

A Superintendência Estadual de Patrimônio e Regularização Fundiária (Sepat) esteve no município de Machadinho do Oeste, para atualização cadastral e assinatura de requerimento através da Gerência de Regularização Fundiária Rural (GERFR).

Na visita, foram trabalhados 700 lotes num total de 1.590 do Programa Papel Passado. O município está totalmente envolvido juntamente com o Estado, por meio do programa Papel Passado em Machadinho do Oeste.

“Trabalhamos muito bem a regularização fundiária urbana, porém, o que nos impede de trabalhar a área rural é a falta de normatização da Lei 13.465/2017. Essa normalização, através de um decreto presidencial, pode possibilitar ao Estado trabalhar suas terras rurais, assim como já trabalha a urbana. Hoje, só quem pode regularizar terras rurais é o Incra (Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária)”, disse Constantino Erwen Gomes, superintendente da Sepat.

Segundo Erwen, o governador Marcos Rocha pretende projetar o Estado no caminho do crescimento sustentável, através da regularização fundiária urbana e rural, onde a rural terá atuação importante nesse projeto, pela quantidade de recursos financeiros que serão gerados através da aplicação de insumos na economia, decorrente da abertura de créditos para os produtores rurais com a regularização de suas terras.

Fonte: SEPAT

BPM realiza operação de reintegração de posse em machadinho, RO

No momento da operação, invasores iniciaram queimada em fazenda para tentarem intimidar agentes da BPM.

Policiais do 8° Batalhão de Polícia Militar (BPM) realizaram uma operação de reintegração de posse na fazenda Jatobá, localizada no município de Machadinho D’Oeste (RO), Vale do Jamari. Durante o cumprimento do mandado judicial, os invasores atearam fogo em uma pastagem para provocar queimada e assim intimidar o comboio policial.

A reintegração de posse iniciada no dia 28 de julho teve apoio do Núcleo de Operações Aérea (NOA) e Politec e, segundo o BPM, quando o helicóptero se aproximou da fazenda os invasores saíram correndo em meio ao matagal.

Acampamento é descoberto dentro de mata em fazenda de RO — Foto: 8°BPM/Divulgação
Acampamento é descoberto dentro de mata em fazenda de RO

Por terra, outra equipe policial adentrou na área de mata, onde foram encontrados alguns barracos, uma espingarda, rojão, uma motocicleta, roupas, colchões, utensílios domésticos e dois motosserras.

De acordo com a PM, o acampamento foi montado pelos invasores em uma área de difícil acesso.

Nos dois dias seguidos de deslocamento dos 40 policiais até o ponto do acampamento, os invasores colocaram fogo em uma grande área de pastagem. O objetivo era intimidar e impedir a aproximação do comboio policial.

Um suspeito foi preso flagrante por ter ateado fogo na fazenda invadida e o homem foi conduzido à delegacia. Ele deve responder por crime ambiental.

O mandado de reintegração de posse na fazenda foi autorizado pelo pode judiciário, “objetivando a ordem pública, a incolumidade das pessoas e do patrimônio, além de garantir a segurança física do Oficial de Justiça”.

Fonte: G1/RO

%d blogueiros gostam disto: