Internautas não perdoam ao ‘deboche’, de Maju (veja o vídeo)

Globo “solta” nota para apaziguar os ânimos

A Rede Globo saiu em defesa da apresentadora Maju Coutinho, nesta quarta-feira (17), após intensa repercussão negativa da declaração da comunicadora, na terça-feira (16), quando ela disse que “o choro é livre” para quem não aceita o lockdown no Brasil. De acordo com a emissora, a jornalista apenas defendeu “as medidas de isolamento social”, mesmo reconhecendo que são uma estratégia “amarga”.

Em nota à coluna de Leo Dias, no portal Metrópoles, a emissora dos Marinho tentou justificar o comentário da jornalista.

“Maria Julia Coutinho quis dizer ontem que, por mais amargas que sejam, as medidas de isolamento social são necessárias. Sobre a dor daqueles que precisam manter seus negócios fechados, assunto abordado no ‘Jornal Hoje’ desta quarta-feira (17), Maria Julia Coutinho disse ao final da reportagem: “Desejo também agilidade do governo e do Congresso para atender os empresários e também as famílias que estão aguardando auxílio emergencial”, disse.

Nesta quarta, a comunicadora foi, duramente, criticada nas redes sociais por disparar a frase: “o choro é livre”, para aqueles que são contra as medidas de isolamento social, consecutivamente, impostas por governadores de todo o país. A declaração em tom de ironia foi considerada um “deboche” pela população, que já sofre há mais de ano com os lockdowns, e a apresentadora foi acusada de ser “insensível” com os milhões de trabalhadores que encaram o medo do vírus para sustentar as famílias.

“Os especialistas são unânimes em dizer que essas são medidas indispensáveis agora para conter a circulação do vírus. O choro é livre. Não dá para a gente reclamar. É isso que (se) tem”, disse.

Na internet, as frases “o choro é livre” e “#GloboLixo” ficaram entre as mais comentadas do Twitter.

Confira o vídeo:

Fonte: JCO

%d blogueiros gostam disto: