GERALPAÍS

Absurdo, Moraes proíbe Eustáquio até de se comunicar com mortos

Mais um atentado a Constituição A decisão do ministro Alexandre de Moraes em que muda o regime prisional do jornalista Oswaldo Eustáquio, passando de fechado para domiciliar, além de mais um atentado a Constituição, é eivada de erros e de uma determinação esdrúxula e absolutamente absurda. Anote-se que o “benefício” alcançado pelo jornalista, só ocorreu porque no período em que ficou preso em regime fechado, Eustáquio perdeu o movimento dos seus membros inferiores. Está impossibilitado de andar. Por outro lado, o jornalista está proibido de frequentar toda e qualquer rede social em nome próprio ou ainda através de sua assessoria, ou de qualquer outra pessoa física ou jurídica. Sim. É esta a decisão do ministro. Um absurdo. Eustáquio não possui sequer condenação. A injus...

Read More
GERALPOLÍCIA

Ação da PRF e da Polícia Civil termina com 12 milicianos mortos em RJ

Agentes das instituições interceptaram um comboio com os suspeitos na estrada Rio-Santos, na altura de Itaguaí, na Baixada Fluminense A Polícia Civil e a PRF (Polícia Rodoviária Federal) participaram de uma ação que terminou, na última quinta-feira (15), com 12 suspeitos mortos, na estrada Rio-Santos, altura de Itaguaí, na Baixada Fluminense. De acordo com as investigações, a quadrilha teria envolvimento com um grupo miliciano da zona oeste do Rio. Os suspeitos estavam divididos em quatro carros roubados quando foram abordados por agentes da Polícia Civil e PRF. A quadrilha reagiu à ação dos policiais, o que teria iniciado a troca de tiros.  Inteligência da Polícia Civil já monitorava grupo Dos 12 suspeitos baleados, 11 morreram ainda no local. Apenas um suposto miliciano f...

Read More
DESTAQUESINTERNACIONAL

Equipes buscam por sobreviventes de explosão que deixou mais de 100 mortos e 4 mil feridos no Líbano

Suspeita é de que a explosão aconteceu em um depósito de nitrato de amônio, um tipo de fertilizante, na zona portuária de Beirute. Equipes de resgate e agentes de segurança trabalham no local de uma explosão que atingiu o porto de Beirute, Líbano Equipes de resgate buscam nesta quarta-feira (5) desaparecidos após a enorme explosão que devastou a área portuária de Beirute, capital do Líbano. A tragédia de terça-feira (4) deixou mais de 100 mortos, 4 mil feridos e 100 desaparecidos, segundo estimativa da Cruz Vermelha libanesa. Nesta quarta, ainda há fumaça saindo do local da explosão, segundo a Associated Press. As principais ruas do centro da cidade amanheceram cheias de escombros, com as fachadas dos edifícios destruídas e veículos danificados. Imagens de drones mostram que ...

Read More