Fale conosco pelo WhatsApp(69) 99916-3250

Bolsonaro participa da abertura de fórum econômico com países árabes

Destaque é para os produtos do agronegócio, diz presidente brasileiro

O presidente Jair Bolsonaro disse hoje (19) que a aproximação no campo político entre Brasil e países árabes tem permitido novos espaços de cooperação em setores estratégicos, como ciência, tecnologia, inovação e energia. Bolsonaro participou da abertura do Fórum Econômico Brasil e Países Árabes, que acontece de forma virtual até a próxima quinta-feira (22).

No ano passado, o presidente brasileiro esteve em visite aos Emirados Árabes Unidos, Catar e Arábia Saudita onde apresentou as reformas que o governo está empreendendo na área econômica e as oportunidades de investimento no país. Em 2019, o intercâmbio entre o Brasil e países árabes superou os US$ 11 bilhões.

No ano passado, o Brasil exportou US$ 4,9 bilhões para os 22 países da Liga Árabe e de janeiro a agosto de 2020, as exportações já chegaram a US$ 4,6 bilhões. De acordo com o presidente brasileiro, o destaque é para os produtos do agronegócio.

“Hoje, a produção brasileira halal, que respeita as tradições e regras da religião islâmica, é sinônimo de qualidade e confiança. Por isso, os países árabes pode contar com o Brasil como parceiro estratégico na garantia de sua segurança alimentar”, disse.

De acordo com Bolsonaro, cerca de 30 empresas brasileiras possuem escritórios e unidades de produção no Oriente Médio. Durante seu discurso, ele destacou também as parcerias comerciais em países árabes da África, como Egito, Marrocos e Argélia.

“Pretendemos continuar a estreitar laços históricos, culturais e de amizade que unem os nossos povos. Também quero aproveitar o enorme potencial que ainda há para ser explorado nos mais diversos setores e abrir novas frentes de diálogos, cooperação e trabalho pela prosperidade de nossas nações”, disse.

Fonte: Valéria Aguiar A/B

Rondônia vai participar da maior feira virtual de agronegócio da Amazônia

A feira é uma iniciativa do Sebrae em Rondônia, com participação de todos os Sebraes da Amazônia Legal.

O Governo de Rondônia, por meio da Secretaria de Estado da Agricultura (Seagri), vai participar do Fórum de Secretários da Amazônia Legal, na Feira do Agronegócio “Conecta Sebrae Agrolab Amazônia”, maior evento digital do agronegócio do País. O Agrolab Amazônia ocorrerá no período de 22 a 24 de setembro, das 9h às 19h, horário de Brasília.

O evento será 100% digital, com tecnologia de realidade virtual, por meio de plataforma gamificada e em ambiente 3D. Serão três dias de evento com programações extensas, incluindo rodada de negócios, oficinas, palestras, fóruns, leilão de gado, estandes virtuais, entre outros. A feira é uma iniciativa do Sebrae em Rondônia, com participação de todos os Sebraes da Amazônia Legal.

O Fórum de Secretários de Agricultura da Amazônia Legal acontecerá no dia 23

Conforme consta na programação, o grande fórum à distância de debates institucionais contará com a participação de secretários de agricultura e chefes de executivos estaduais dos estados que fazem parte da Amazônia Legal, sendo o Acre, Amapá, Amazonas, Mato Grosso, Pará, Rondônia, Roraima, Tocantins e Maranhão. O Fórum de Secretários de Agricultura da Amazônia Legal acontecerá no dia 23, das 9h às 13h.

De acordo com o secretário da Seagri, Evandro Padovani, um dos palestrantes e convidado a participar do Fórum, essa será uma experiência inovadora, principalmente para a região Norte, na qual visa debater assuntos para o fortalecimento do agronegócio, como produção, sustentabilidade, meio ambiente, políticas agrícolas, além de promover negócios com exposição de empresas na venda de insumos, máquinas e equipamentos.

“O evento será uma grande vitrine virtual do setor produtivo de Rondônia para o Brasil e para o mundo. Teremos um fórum com a participação de vários secretários de agricultura de todo os estados da região Norte com uma pauta bem extensa, como regularização fundiária, créditos, projetos da Agronorte, para o melhor desenvolvimento da economia da região”, explicou.

Durante o fórum serão debatidos os temas: Regularização fundiária na Amazônia; Desenvolvimento Sustentável do Agro na Amazônia (Política do Governo Federal); Foco nas Cadeias Produtivas comuns aos estados da Amazônia; Investimento em Infraestrutura e Logística para escoamento da produção (modal logístico); Queimadas na Amazônia; Festival do Tambaqui da Amazônia na Esplanada com a participação dos estados da Amazônia, entre outros.

O Agrolab também contará com a presença de países da Europa, Ásia, Oriente Médio e América do Norte. Toda a programação poderá ser acompanhada de qualquer lugar do Brasil e do mundo. As inscrições para participar da feira podem ser realizadas de forma online, no endereço www.agrolabamazonia.com.

Fonte: Seagri

PF prende suspeitos de participação em roubo de US$ 5 milhões em aeroporto de Viracopos

Crime aconteceu em março de 2018. Criminosos foram presos em São Paulo e Rondônia durante operação da PF de Campinas; corporação também cumpriu mandado de busca e apreensão.

Dólares foram transportados pela Lufthansa Cargo

A Polícia Federal prendeu, durante uma operação na manhã desta sexta-feira (4), dois homens suspeitos de participação em um roubo de 5 milhões de dólares no Terminal de Cargas do Aeroporto Internacional de Viracopos, em Campinas, em março de 2018. As detenções aconteceram em São Paulo e um município em Rondônia.

Além dos dois mandados de prisão, a operação também cumpriu uma ordem de busca e apreensão em São Paulo. O crime aconteceu no dia 4 de março de 2018. Na ocasião, um grupo com pelo cinco homens armados com fuzis invadiu a área de cargas do aeroporto para levar os dólares, além de quantias em libras e reais que seriam entregues na Suíça. Sem fazer disparos, os criminosos entraram e saíram da estrutura em seis minutos.

As investigações sobre o mega-assalto correm em sigilo e as prisões desta sexta-feira foram as primeiras relacionadas ao caso divulgadas pela PF.

A Polícia Federal informou que realizou “dezenas” de depoimentos durante a investigação e os dois homens foram identificados após exames periciais e apreensão de dólares que “comprovadamente” faziam parte da remessa que estava em Viracopos naquele dia.

Ainda de acordo com a corporação, o grupo tem atuação estruturada, com divisão de tarefas. A polícia vai continuar a investigação para identificar mais envolvidos. Os presos nesta sexta-feira vão ser indiciados por roubo qualificado, receptação, organização criminosa. As penas para cada crime variam de oito a dez anos, além de multa.

A prisão em Rondônia foi feita pela Polícia Rodoviária, enquanto que a de São Paulo contou com apoio da Polícia Militar. A operação recebeu o nome de “Tango Victor”, em referência ao terminal de cargas onde o roubo foi realizado.

O crime

De acordo com a Receita Federal, a remessa dos dólares foi declarada corretamente. O dinheiro estava em um avião da Lufthansa carregado em Guarulhos (SP) e que fez escala no aeroporto de Campinas para pegar mais carga antes de seguir viagem para a Europa.

À época, os criminosos destruíram o alambrado, acessaram o terminal de cargas e fizeram de reféns os seguranças da concessionária Aeroportos Brasil, que administra o terminal. Durante o período que ficaram no aeroporto, eles conseguiram fazer a transferência de 13 sacolas para veículos usados na fuga.

Fonte: G1/RO

Presidente participa do lançamento da pedra fundamental da BR-469 no Paraná

Obra será financiada pela Itaipu Binacional

O presidente Jair Bolsonaro participou hoje (27) do lançamento da pedra fundamental para a duplicação da BR-469, em Foz do Iguaçu, no Paraná. A obra, importante para o turismo da região, terá um investimento de R$ 139,4 milhões, sendo R$ 136,3 milhões bancados pela Itaipu Binacional. O governo do Paraná será o responsável pela licitação e gestão da obra.

Durante a cerimônia, Bolsonaro elogiou o trabalho do diretor-geral brasileiro de Itaipu, Joaquim Silva e Luna. “A Itaipu Binacional é um orgulho para todos nós, não só por ser a hidrelétrica que mais produz energia limpa, mas pela forma que ele [Silva e Luna] vem administrando a mesma. De modo que sobram recursos para que obras sejam executadas aqui nesse cantinho maravilhoso do estado do Paraná, onde contamos com uma das maravilhas do mundo, as nossas Cataratas [do Iguaçu]”, disse.

A BR-469, conhecida também como Rodovia das Cataratas, tem 8,7 quilômetros de extensão e liga a cidade de Foz do Iguaçu e o trevo da via para a Argentina ao Aeroporto Internacional de Foz do Iguaçu e ao Parque Nacional do Iguaçu, onde ficam as cataratas.

Bolsonaro também visitou as obras do Aeroporto Internacional de Foz do Iguaçu e a usina hidrelétrica de Itaipu Binacional. A ampliação e as melhorias do aeroporto vão permitir que receba voos internacionais e se torne um hub (centro de distribuição de voos) no Mercosul.

A duplicação da Rodovia das Cataratas, bem como as obras do aeroporto e a construção da Ponte da Integração Brasil-Paraguai, compõem um conjunto de obras estruturantes em andamento na região, com recursos da Itaipu Binacional. No total, são aproximadamente R$ 1 bilhão em investimentos.

Também faz parte do pacote a construção de uma perimetral que vai direcionar o tráfego da BR-277, importante rodovia que corta o estado, para a nova ponte. A empresa ainda está investindo na construção do Mercado Municipal e na modernização e ampliação do Hospital Ministro Costa Cavalcanti – criado e mantido pela empresa e que atende pacientes do Sistema Único de Saúde (SUS).

Edição: Fernando Fraga A/B

Carreta de prêmios do 5º Concafé pecorre em RO

O objetivo é que possa incentivar a participação de cafeicultores dos municípios no concurso.

A carreta de prêmios que serão distribuídos durante a quinta edição do Concurso de Qualidade e Sustentabilidade do Café de Rondônia (5° Concafé) deu uma pequena demonstração da magnitude do evento criado para valorizar o café rondoniense.

Neste ano, o Concafé conta com a maior premiação da história e a carreta de prêmios percorrerá diversos municípios do Estado com o objetivo de chamar a atenção dos cafeicultores, para que participem de mais uma edição do evento, que premiará os campeões nas categorias “Qualidade de Bebida” e “Sustentabilidade”. O trabalho tem o apoio da Câmara Setorial do Café, Associação dos Cafeicultores da Região das Matas de Rondônia (Caferon), Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa), Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa), Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae), Federação da Agricultura e Pecuária (Faperon) e Serviço Nacional de Aprendizagem Rural (Senar).

Serão quase R$ 300 mil em prêmios, incluindo um trator cafeeiro cabinado, para o ganhador na primeira categoria, e uma secadora de café, para o cafeicultor que garantir as melhores práticas sustentáveis em sua produção. Além disso, serão premiados com R$ 30 mil, em dinheiro e crédito, o segundo lugar na categoria “Qualidade da Bebida”, R$ 15 mil em crédito para o terceiro e R$ 10 mil em crédito para o quarto lugar.

“Nós queremos que os cafeicultores participem do Concafé, que tem como objetivo alavancar ainda mais a atividade no Estado. Queremos mostrar a qualidade que o café rondoniense tem e valorizar os nossos cafeicultores. Rondônia já é destaque no café e queremos fortalecer ainda mais a nossa cafeicultura”, destacou Janderson Dalazen, engenheiro agrônomo e técnico da Entidade Autárquica de Assistência Técnica e Extensão Rural do Estado de Rondônia (Emater).

É por esse objetivo, divulgar o maior concurso de Qualidade e Sustentabilidade do Café de Rondônia, que nesta terça-feira (18), a Carreta de Prêmios também percorre os municípios de Rolim de Moura, Alto Alegre dos Parecis, Alta Floresta D’Oeste, Nova Brasilândia e Novo Horizonte. Ao longo da semana, a carreta de prêmios deve passar ainda pelos municípios de São Miguel do Guaporé, Alvorada D’Oeste, Presidente Médici, Ji-Paraná, Ouro Preto D’Oeste, Jaru, Ariquemes, Itapuã D’Oeste e Porto Velho.

Vale ressaltar, que devido à pandemia do novo coronavírus, a carreta está percorrendo um trajeto já estabelecido dentro dos municípios, sem nenhum tipo de parada, para evitar aglomerações. As inscrições para o 5º Concafé encerram dia 21 de agosto e esta ação é uma forma de incentivar ainda mais os cafeicultores a acreditar no concurso, além de destacar a importância da produção de café no Estado.

RECONHECIMENTO

Em 2019, a agricultura familiar foi muito bem representada no Concafé, com a família Bento, de Cacoal. Ronaldo Bento foi o grande campeão na categoria “Sustentabilidade” e seu irmão Dione Mendes Bento foi o vice campeão na mesma categoria.

“Pra nós, que somos da agricultura familiar, temos muito que agradecer a Deus por este concurso que está acontecendo no Estado. É uma grande alegria. O concurso mudou 90% das nossas vidas nos últimos anos, trazendo mais experiência, relevância e aprendizagem. Se torna ainda uma grande oportunidade de transmissão de conhecimento entre nós cafeicultores. Para a nossa família foi de grande importância. Todos os cafeicultores deveriam participar, é um grande reconhecimento e oportunidade que o Governo do Estado traz para nós produtores de café”, destacou Ronaldo Bento.

Fonte: Emater

Eleições 2020: Pré-Candidatos não podem participa de programas de rádio e TV

Descumprimento da determinação presente na Lei Eleitoral pode gerar multa e cancelamento do registro de candidatura eleitoral

Os pré-candidatos às eleições municipais deste ano não podem, a partir desta terça-feira (11), participar de programas de rádio e televisão como apresentadores ou comentaristas.

O descumprimento da norma pode sujeitar a emissora ao pagamento de multa e no cancelamento do registro de candidatura dos envolvidos, de acordo com a Lei das Eleições (9.504/97).

O prazo já leva em conta o adiamento do das eleições em função da pandemia do novo coronavírus. A alteração da data do pleito ainda vai repercutir em vários outros eventos do processo eleitoral.

veja também

Art. 45.  Encerrado o prazo para a realização das convenções no ano das eleições, é vedado às emissoras de rádio e televisão, em sua programação normal e em seu noticiário:

I – transmitir, ainda que sob a forma de entrevista jornalística, imagens de realização de pesquisa ou qualquer outro tipo de consulta popular de natureza eleitoral em que seja possível identificar o entrevistado ou em que haja manipulação de dados;

II – usar trucagem, montagem ou outro recurso de áudio ou vídeo que, de qualquer forma, degradem ou ridicularizem candidato, partido ou coligação, ou produzir ou veicular programa com esse efeito;                        

III – veicular propaganda política ou difundir opinião favorável ou contrária a candidato, partido, coligação, a seus órgãos ou representantes;

IV – dar tratamento privilegiado a candidato, partido ou coligação;

V – veicular ou divulgar filmes, novelas, minisséries ou qualquer outro programa com alusão ou crítica a candidato ou partido político, mesmo que dissimuladamente, exceto programas jornalísticos ou debates políticos;

VI – divulgar nome de programa que se refira a candidato escolhido em convenção, ainda quando preexistente, inclusive se coincidente com o nome do candidato ou com a variação nominal por ele adotada. Sendo o nome do programa o mesmo que o do candidato, fica proibida a sua divulgação, sob pena de cancelamento do respectivo registro.

Fonte: R7

TSE lança campanha para incentivar mais jovens pelo interesse na política

Com o mote “Eu na Prefeitura, Eu na Câmara”, iniciativa busca estimular esses eleitores a participarem da vida pública, expondo ideias e propostas de melhorias para a sua cidade

Campanha do TSE

A participação dos jovens na vida pública é um dos fatores que contribuem para fortalecer a democracia e aumentar a riqueza dos debates sobre os desafios e problemas nacionais. Pensando nisso, o Tribunal Superior Eleitoral (TSE) lança nesta segunda-feira (22), com foco nas Eleições Municipais 2020, a campanha digital “Eu na Prefeitura, Eu na Câmara”. A iniciativa tem o objetivo de incentivar o público jovem a participar ainda mais das discussões políticas da sua cidade, bem como de alertar esses eleitores sobre a importância do voto consciente.

Como as #Eleições2020 estão se aproximando e, com elas, surgem várias ideias e propostas, inclusive dos mais jovens, se você tem entre 16 e 25 anos, participe ativamente da campanha, gravando um vídeo (na horizontal) de no máximo 30 segundos, respondendo às seguintes perguntas: O que não funciona na sua cidade? E o que você faria se fosse eleito vereador(a) ou prefeito(a) para mudar isso? O vídeo deve ser enviado para o endereço tse.jus.br/eu-na-prefeitura-eu-na-camara de 22 de junho a 3 de julho.

Na opinião do presidente do TSE, ministro Luís Roberto Barroso, a classe política precisa da renovação que os jovens e as mulheres podem trazer. “Em minha trajetória como professor de Direito, vi poucos alunos com o ideal de mudar o mundo a partir da política. Precisamos deles para fazer isso acontecer”, disse Barroso em seu discurso de posse na Presidência da Corte, ao explicar que esses são dois dos grandes objetivos de sua gestão.

Hoje, o Brasil conta com 1.310.194 jovens eleitores com voto facultativo (16 e 17 anos). Vamos ajudar a aumentar a presença do jovem na política? Participe da campanha!

FONTE: Assessoria TSE