Putin diz estar pronto para restaurar relações com EUA

Porta-voz do Kremlin ressaltou que contato deve ser recíproco e ressaltou disposição da Rússia em falar com governo Biden

O presidente da Rússia, Vladimir Putin, está disposto a restabelecer as relações com os Estados Unidos na mesma medida em que Washington esteja pronto para isso, disse nesta segunda-feira (1º), o porta-voz do Kremlin, Dmitry Peskov.

“O presidente Putin declarou em várias ocasiões sua disposição de restabelecer e desenvolver dinamicamente nossas relações (com os EUA) na medida em que o lado americano esteja preparado para isso”, disse Peskov, em sua entrevista coletiva diária por telefone.

O porta-voz respondeu desta forma a pergunta se Putin considerava possível um encontro com o presidente americano, Joe Biden, e se havia algo que o impedia de ser realizado.

“Por enquanto, vamos colocar assim, o nível de disposição é diferente”, explicou.

O último líder da União Soviética, Mikhail Gorbachev, pediu no último sábado que os presidentes da Rússia e dos Estados Unidos se reunissem para debater a redução das armas nucleares e a segurança internacional.

Peskov salientou que o presidente russo “tem estado e está aberto ao diálogo com todos os países do mundo, incluindo os Estados Unidos, e está aberto a resolver até as divergências mais graves através da comunicação”.

Ao mesmo tempo, indicou que “neste momento nem todos os países têm a mesma vontade política”.

Fonte: R7

Putin diz que tomará vacina russa e faz apelo por imunização em massa

Presidente, que tem 68 anos, ainda não foi vacinado porque especialistas não recomendam o imunizante em adultos com mais de 60 anos

O presidente da Rússia, Vladimir Putin, disse nesta quinta-feira (17) que ainda não foi inoculado com a vacina contra covid-19 produzida no país, mas afirmou que o fará assim que possível, e pediu que a população também tome o imunizante.

“Quanto à necessidade de vacinação em massa ou universal, acho que isso deve ser feito… É exatamente isso que deve criar imunidade na população em todo o país”, disse Putin.

O líder russo toma grandes cuidados para não contrair o novo coronavírus – ele está administrando o país mais amplo do mundo em sua residência nos arredores de Moscou, em vez de trabalhar no Kremlin.

Falando em sua coletiva de imprensa anual, o líder russo de 68 anos disse que os cidadãos de outras faixas etárias estão recebendo a vacina russa antes mesmo de ele ter acesso a ela. Especialistas não recomendam a vacina para maiores de 60 anos. 

“Sou uma pessoa bastante respeitadora das leis”, disse Putin ao ser indagado se foi vacinado contra covid-19. “Ouço as recomendações de nossos especialistas. Por isso ainda não recebi a vacina. Mas com certeza o farei assim que isso for possível”.

Em junho, Dmitry Peskov, o porta-voz de Putin, disse que seu chefe é protegido do coronavírus por túneis especiais de desinfecção pelos quais qualquer pessoa que visite sua residência ou se encontre com ele no Kremlin precisa atravessar.

Putin também passa por exames de detecção do vírus com frequência, disse Peskov.

A Rússia já registrou mais de 2,7 milhões de infecções e 49 mil mortes desde o início da pandemia.

Dados publicados nesta semana mostraram que a vacina Sputnik V, que agências reguladoras russas aprovaram em agosto depois de menos de dois meses de testes em humanos, é 91,4% eficaz.

Fonte: R7

Opositor de Putin é internado sob suspeitas de envenenamento

Alexey Navalny entrou em coma após beber uma xícara de chá, disse sua porta-voz; ele começou a se sentir mal em voo de Tomsk, na Sibéria, a Moscou

Policial entra em hospital na Sibéria, onde Navalny está
Policial entra em hospital na Sibéria, onde Navalny está

O político da oposição russa Alexei Navalny está internado em coma em um hospital na Sibéria, com fortes suspeitas de que tenha sido envenenado. Segundo sua porta-voz, ele passou mal após beber uma xícara de chá. Navalny, 44, encontra-se em tratamento intensivo, ligado a um ventilador pulmonar artificial, disse a porta-voz Kira Yarmysh nas redes sociais.

Ela não comentou sobre quem poderia ter envenenado Navalny, mas disse que a polícia foi chamada ao hospital.

“Presumimos que Alexei foi envenenado com algo misturado em seu chá. Foi a única coisa que ele bebeu pela manhã. Os médicos dizem que a toxina foi absorvida mais rapidamente através do líquido quente. Alexei está agora inconsciente”, disse Yarmysh.

Médico fala em ‘envenenamento natural’

No entanto, um dos médicos disse não ter certeza de que ele havia sido envenenado. O médico Anatoly Kalinichenko disse que “envenenamento natural” foi um dos vários diagnósticos que estão sendo considerados e que os testes estão sendo realizados.

Tatyana Shakirova, porta-voz do ministério regional da saúde em Omsk, disse: “Confirmamos que Alexei Navalny foi hospitalizado em Omsk e que os médicos avaliam sua condição como grave … Os médicos estão fazendo todo o possível para estabilizar sua condição.”

“A versão do envenenamento é uma das várias versões que estão sendo consideradas. Não é possível dizer agora qual foi o motivo.”

Esta não é a primeira vez que se noticia um suposto envenenamento de Navalny. Em julho de 2019, enquanto estava preso, o opositor russo foi levado para um hospital e diagnosticado com dermatite de contato, provavelmente após ter sido exposto a algum tipo de substância tóxica.

Sua porta-voz traçou um paralelo entre o incidente de agora e o do no ano passado. “Obviamente, o mesmo foi feito com ele agora”, disse Yarmysh.

Testemunha conta que Navalny gritava de dor

O passageiro Pavel Lebedev postou um relato do que viu nas redes sociais.

“No início do vôo, ele foi ao banheiro e não voltou. Ele começou a se sentir muito mal. Eles lutaram para trazê-lo de volta e ele estava gritando de dor.”

A porta-voz de Navalny diz que ele bebeu uma xícara de chá em um café do aeroporto de Tomsk antes de embarcar em seu vôo. A agência de notícias Interfax citou os proprietários do café dizendo que estavam verificando as câmeras de segurança para tentar estabelecer o que havia acontecido.

O avião de Navalny fez um pouso de emergência em Omsk para que ele pudesse ser levado às pressas para o hospital. Um vídeo postado nas redes sociais por um passageiro mostrou um Navalny imóvel sendo colocado em uma ambulância por médicos.

A companhia aérea S7 disse que Navalny começou a se sentir muito mal logo após a decolagem e o capitão decidiu fazer um pouso de emergência em um aeroporto próximo. Ele não tinha comido ou bebido nada a bordo, disse a empresa

Navalny já foi preso várias vezes

Alexey Navalny se prepara para as eleições regionais na Rússia

Navalny, advogado e ativista anticorrupção, cumpriu muitas penas na prisão nos últimos anos por organizar protestos contra o Kremlin e já foi atacado fisicamente na rua por ativistas pró-governo. Ele é uma das fontes em investigações sobre o que considera ser exemplos ultrajantes de corrupção oficial.

O Tribunal Europeu dos Direitos Humanos decidiu que as prisões e detenções de Navalny pela Rússia em 2012 e 2014 foram motivadas politicamente e violaram os seus direitos humanos, uma decisão que o Kremlin considerou questionável.

A Rússia realiza eleições regionais no próximo mês e Navalny e seus aliados estão se preparando para elas, tentando aumentar o apoio aos candidatos que apóiam. Por isso, o líder da oposição estava na Sibéria.

Putin completa 20 anos à frente da Rússia; relembre sua trajetória ...
Presidente Vladimir Putin

Um crítico feroz do presidente da Rússia, Vladimir Putin, Navalny começou a se sentir mal durante um voo entre Tomsk, na Sibéria, e Moscou na manhã de quarta-feira (20).

Fonte: R7

%d blogueiros gostam disto: