PRF faz apreensões de pássaros silvestres em rodovia do Rio de Janeiro

Em outra ação, foram apreendidas motos motocicletas em Angra dos Reis

Crime ambiental
Os pássaros estavam em caixas, no porta-malas do carro 

Um homem que transportava mais de 130 pássaros silvestres dentro do porta-malas de um carro foi preso pela Polícia Rodoviária Federal (PRF) por crime ambiental. A abordagem foi feita na Rodovia Rio-Juiz de Fora (BR-040), em Três Rios, centro-sul Fluminense, na madrugada do último sábado (29).

Durante a revista, na altura do km 22 da rodovia, policiais rodoviários federais da 6ª Delegacia (Três Rios) pararam o veículo e encontraram 138 trinca-ferros em pequenas caixas de papelão. Por causa das péssimas condições de transporte, um das aves foi encontrada morta.

De acordo com a PRF, o motorista confessou que os pássaros seriam comercializados em uma feira clandestina no município do Rio de Janeiro.

A PRF informou em nota que o trinca-ferro, por ser uma ave muito valorizada, é alvo constante de traficantes de animais silvestres. Conforme o órgão, chega a ser vendido por cerca de R$ 200 no mercado ilegal. Já em criadouro legalizado, o preço varia entre R$ 1,8 mil e R$ 2,5 mil.

Após o flagrante, os policiais federais fizeram contato com o Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama), que mandou agentes para o local. Junto com os policiais federais eles levaram as aves para uma área de mata em Juiz de Fora, em Minas Gerais, onde foram soltas na natureza.

Operação Duas Rodas

Crime ambiental
Operação Duas Rodas apreende 43 motocicletas no estado do Rio de Janeiro

Em outra ação, a Operação Duas Rodas, PRF apreendeu 43 motocicletas, em Angra dos Reis, na Costa Verde do estado do Rio de Janeiro, para impedir a circulação de motos usadas para a prática de crimes na região.

A Duas Rodas, que começou na segunda-feira passada (24) e terminou ontem (29), teve a participação de policiais rodoviários federais do Grupo de Motociclistas Regional (GMR/RJ) em apoio à 3ª Delegacia (Angra dos Reis) da PRF. Ao todo, foram emitidos 207 autos de infração por irregularidades de trânsito. Ainda na operação, os policiais recuperaram dois veículos roubados e capturaram uma pessoa foragida da justiça.

Conforme a PRF, as ocorrências foram registradas na 166ª DP (Angra dos Reis).

Fonte: Aline Leal A/B

PRF apreende quase R$ 1 milhão em fundo falso de veículo Audi8

Caso foi encaminhado para Polícia Federal. De acordo com os agentes, motorista não soube explicar origem .Também foi encontrado uma munição intacta de fuzil, calibre 7,62 mm.

Polícia Rodoviária Federal apreende quase R$ 1 milhão em carro na Dutra em Pinda — Foto: PRF/Divulgação
Polícia Rodoviária Federal apreende quase R$ 1 milhão em carro na Dutra em Pinda

A Polícia Rodoviária Federal apreendeu quase R$ 1 milhão em espécie escondidos no fundo falso de um Audi A8 na tarde deste domingo (16) na Dutra em Pindamonhangaba. O motorista, que não soube explicar a origem do dinheiro, foi detido.

A abordagem aconteceu na tarde deste domingo na altura do Km 103 da Dutra, no sentido São Paulo. Segundo a PRF, o motorista chamou a atenção dos policiais por dirigir de forma imprudente, com ultrapassagens em alta velocidade pelo acostamento.

Foi feita abordagem ao veículo, um Audi A8, e o motorista de 47 anos apresentou informações confusas aos policiais, que decidiram fazer uma revista no veículo.

No banco de trás, eles encontraram um fundo falso, onde estavam vários pacotes com notas de dinheiro. Ao todo, foram contabilizados R$ 998.580.

Aos policiais, ele afirmou que foi contratado para realizar o transporte da quantia da rodoviária do Rio de Janeiro para um shopping em São Paulo. Pelo transporte, receberia a quantia de R$ 2.000,00.

Nas buscas no carro, os policiais também encontraram uma munição intacta de fuzil, calibre 7,62 mm.

O homem foi preso em flagrante por porte ilegal de munição de uso restrito, e o dinheiro foi apreendido, já que o condutor não apresentou provas da sua procedência lícita. O caso foi encaminhado à Polícia Federal.

Fonte: G1

PRF: Homem é preso durante fiscalização portando CNH falsa em RO

O caso aconteceu no município de São Miguel do Guaporé. Motorista acabou confessando que havia comprado a carteira falsa em uma auto escola.

Homem foi flagrado com habilitação falsa — Foto: PRF/Divulgação
Homem foi flagrado com habilitação falsa

Um homem de 49 anos foi preso na tarde da última segunda-feira (10) pela Polícia Rodoviária Federal (PRF) após apresentar uma Carteira Nacional de Habilitação (CNH) falsa. O caso aconteceu na cidade de São Miguel do Guaporé (RO).

Segundo relato policial, motorista e passageiro de um veículo tentaram trocar de lugar quando avistaram a fiscalização. Ao ser abordado, o homem, que estava dirigindo o carro, apresentou uma CNH falsa.

Momentos mais tarde o motorista informou que não era habilitado e que havia comprado a CNH falsa em uma auto escola. O passageiro, um jovem de 23 anos, filho do suspeito, disse que sabia que o pai não era habilitado, mas que não tinha conhecimento da CNH falsa.

O homem foi detido pelo crime e o caso foi registrado e encaminhado à Polícia Civil, para investigação.

Fonte: G1-RO

PRF flagra homem com faixa de drogas presa na cintura em RO

Drogas foram descobertas durante operação realizada na zona rural da capital.

Dupla de homens, motorista de transporte por aplicativo e passageiro, foram presos por tráfico de entorpecentes no último final de semana em Porto Velho. O flagrante foi realizado pela Polícia Rodoviária Federal (PRF) na BR-364.

As drogas foram descobertas durante operação realizada na zona rural da capital com o objetivo de combater o crime na região de fronteira.

"Cinta" de pasta base de cocaína, quase R$ 8 mil em dinheiro, relógio e máquina de cartão foram apreendidos — Foto: PRF/Divulgação
“Cinta” de pasta base de cocaína, quase R$ 8 mil em dinheiro, relógio e máquina de cartão foram apreendidos

De acordo com as informações da PRF, ao perceber a fiscalização, o motorista teria tentado desviar a rota, mas não conseguiu. Durante revista pessoal em um dos suspeitos foi encontrada junto ao corpo uma cinta com três quilos de pasta base de cocaína.

O motorista contou aos agentes que havia sido contratado por um homem boliviano para transportar o passageiro de Guajará-Mirim atá a rodoviária de Porto Velho. Dentro do veículo ainda foram encontrados quase R$ 8 mil em dinheiro.

Os dois homens foram presos em flagrante por tráfico de drogas e encaminhado à Central de Flagrantes da Polícia Civil na capital.

Fonte: G1/RO

Agentes da Agero apreende 15 veículos com transporte clandestino na BR-364

Equipes da Agero e PRF estão cumprindo a operação contra o transporte irregular de passageiros durante a pandemia da Covid-19.

Rondônia: Fiscalização na BR-364 apreende 15 veículos que ...
Equipes de Fiscalização Agero

A fiscalização da Agência de Regulação de Serviços Públicos Delegados do Estado de Rondônia (Agero) apreendeu, neste final de semana, 15 veículos que faziam transporte irregular de pessoas no Estado, utilizando a rodovia BR-364 e estradas estaduais. A operação mobilizou quatro equipes, como informou o diretor de normatizações e fiscalizações de serviços públicos, Magnum Jorge Oliveira da Silva.

Segundo ele, a pandemia do novo coronavírus causou a redução na oferta regular de ônibus em diversas linhas, ao mesmo tempo em que os táxis tiveram que circular com limite de dois passageiros. “Ocorreu que algumas pessoas resolveram transportar passageiros por conta e risco.

A operação prossegue a fim de flagrar e advertir os chamados “clandestinos”. Os fiscais esperavam novas apreensões, já que o transporte clandestino ampliou rapidamente o número de participantes, especialmente entre cidades no trecho Porto Velho-Vilhena, da BR-364, na extensão de 706 quilômetros.

A Agero está preparando futuras licitações de linhas do transporte coletivo urbano e intermunicipal.

“A Agero estudará o número de empresas que cabem em cada trecho, e o respectivo valor da passagem”, informou o diretor.

O processo de consulta à Minuta da Lei Complementar 366/2007 trata sobre o transporte intermunicipal de passageiros e abre espaço para que a população contribua com propostas de alteração da Lei.

“Se essa medida for revestida de êxito, com propostas viáveis e alerta contra irregularidades comuns, o Estado de Rondônia terá efetivamente o conjunto de regras para o setor de transporte”, acredita Magno Jorge.

Alterações jurídicas e operacionais estão previstas. A consulta será consignada em orçamento da Agência, estimando-se que até o início de 2021 o setor esteja devidamente regularizado. “Depois disso, poderemos ter a esperada licitação para a outorga de linhas e lotes”, acrescentou o diretor.

Fonte: Agero

PRF interdita local de trecho que deixou 8 mortos na BR-277 no Paraná

Interdição foi feita, na madrugada desta terça (4), por causa da fumaça no trecho e pela falta de visibilidade dos motoristas.

Fumaça dificulta a visibilidade dos motoristas na BR-277, em São José dos Pinhais  — Foto: Divulgação/PRF
Fumaça dificulta a visibilidade dos motoristas na BR-277, em São José dos Pinhais

O trecho da BR-277, em São José dos Pinhais, na Região Metropolitana de Curitiba, onde ocorreu um acidente com oito mortos e 21 feridos, ficou interditado por mais de três horas entre a madrugada e manhã desta terça-feira (4) por causa da fumaça e da falta de visibilidade dos motoristas.

A interdição foi feita em um trecho de dois quilômetros, nos dois sentidos da rodovia, pela Polícia Rodoviária Federal (PRF) e pela concessionária que administra o trecho, Ecovia.

A medida foi tomada para evitar novas tragédias no trecho e houve lentidão no trânsito. O bloqueio começou às 3h40 e encerrou às 6h55.

O acidente foi um engavetamento e envolveu cinco motocicletas, 16 carros, sendo um da Polícia Militar, e um caminhão. No momento do acidente, a PRF e a Ecovia, relataram que a visibilidade na rodovia ficou prejudicada em função da fumaça gerada por uma queimada.

A falta de visibilidade foi o motivo para o acidente, conforme a Ecovia. Segundo os bombeiros, a ocorrência começou com um primeiro acidente envolvendo alguns carros, perto de uma passarela.

Em seguida, o caminhão que trafegava atrás tentou desviar dos veículos que estavam parados pela batida, mas acabou atropelando quatro ocupantes que haviam saído dos veículos e estavam na lateral da pista.

Depois disso, outros veículos também colidiram, ainda conforme os bombeiros.

Investigação

Acidente envolveu 22 veículos, na BR-277, em São José dos Pinhais — Foto: Cícero Bittencourt/RPC
Acidente envolveu 22 veículos, na BR-277, em São José dos Pinhais

De acordo com o Corpo de Bombeiros, o trabalho de atendimento às vítimas contou com 10 ambulâncias de equipes do Siate, Samu e da concessionária, seis caminhões de combate ao incêndio e resgate, além de 15 carros de policiais, peritos e socorristas.

A Polícia Civil informou que vai abrir um inquérito para apurar as causas do acidente.

O delegado Fávio Machado informou devem ser ouvidos o motorista do caminhão, bombeiros, policiais que participaram do atendimento e os sobreviventes.

Machado comentou que a polícia deve identificar se cabe responsabilidade penal ao motorista do caminhão.

A Sulista, empresa para a qual o motorista do caminhão prestava serviço, informou que, no momento do acidente, ele iniciava viagem a caminho de São Paulo, após um final de semana de descanso com a família.

Logo após o ocorrido, uma equipe da empresa se deslocou ao local para prestar assistência ao motorista.

“A empresa lamenta a fatalidade ocorrida, se solidariza com as vítimas e se coloca à disposição das autoridades competentes para fornecer as informações necessárias à investigação e conclusão dos motivos que originaram esse gravíssimo acidente”, informou em nota.

A Agência Reguladora de Serviços Públicos Delegados de Infraestrutura do Paraná (Agepar) informou que está acompanhando o caso e que solicitou levantamento de informações sobre o acidente ao Departamento de Estradas de Rodagem do Paraná (DER-PR), à PRF e também para a Ecovia.

A Secretaria de Estado da Infraestrutura e Logística e o DER disseram que também notificaram a Ecovia e que solicitaram mais informações sobre o caso.

Fonte: G1

Grave acidente termina com vários mortos e feridos na BR-277 no Paraná

De acordo com os bombeiros, envolveram-se no acidente cinco motocicletas, 16 veículos leves e um carreta.

Um grave acidente de trânsito foi registrado na noite de ontem (02) no km 76 da BR-277, em São José dos Pinhais, na Região Metropolitana de Curitiba.

De acordo com informações, a colisão envolveu em torno de 21 veículos e pelo menos sete pessoas faleceram.

Segundo testemunhas, havia muita fumaça no local devido a um incêndio em vegetação, fator que pode ter culminado no acidente, por conta da visibilidade prejudicada.

Entre os veículos envolvidos, foram 16 automóveis, cinco motocicletas e uma carreta. Entre os carros, um deles era uma viatura da Polícia Militar.

Diversas ambulâncias e demais equipes de socorro foram acionadas para prestar atendimento as vítimas. Ainda no começo da madrugada desta segunda (3), os bombeiros aguardavam o trabalho do Instituto de Criminalística para que os veículos pudessem ser retirados da pista e a rodovia liberada.

Vídeo da reportagem mostra detalhadamente a situação no local do acidente.

Fonte: CGN

Cresce o número de volume irregular de transporte de madeira segundo registros da PRF-RO

De acordo com a Polícia Rodoviária Federal, o aumento de quase 900% no volume. Também teve o registro de Volume de pescados transportados.

Quase 3 mil m³ de madeira que estavam sendo transportados ilegalmente em rodovias federais de Rondônia foram apreendidos entre os meses de janeiro e junho de 2020, segundo levantamento realizado pela Polícia Rodoviária Federal (PRF). O número é quase 9 vezes maior que o registrado no mesmo período de 2019, quando foram apreendidos pouco mais de 330 m³.

A maior parte dessas apreensões foram realizadas pelas delegacias da PRF de Ariquemes e de Ji-Paraná, na BR-364. Os 2.981 m³ de madeira apreendida estavam em formato de toras, serradas, resíduos, entre outros.

Além da madeira, as apreensões de cargas de pescados transportados de maneira ilegal tiveram aumento no primeiro semestre deste ano, indo de 194 quilos de pescados apreendidos em 2019, para 1.267 quilos em 2020.

No mesmo período, foram apreendidos 3,5 mil quilos de defensivos agrícolas contrabandeados na região de Ariquemes. O produto químico tem a importação controlada, e a entrada dele no país sem autorização dos órgão competentes é crime.

Fonte: Rede Amazônica

PF faz operação de erradicação e destrói mais de 500 mil pés de maconha

Ação ocorreu no interior pernambucano, durou três semanas e contou com o apoio da Polícia Rodoviária Federal

Ação teve parceria com PRF Secretária de Defesa Social do Estado/PE

A Polícia Federal deflagrou, entre os dias 22/06 e 12/07, a Operação MUÇAMBÊ III com o objetivo de reprimir o cultivo ilícito de maconha (Cannabis Sativa) em cidades do sertão pernambucano.

A erradicação se concentrou nas zonas rurais dos municípios de Salgueiro, Parnamirim, Dormentes, Cabrobó, Belém do São Francisco, Orocó, Carnaubeira da Penha, Floresta e Betânia. Ao todo, foram erradicadas dezenas de roças de cultivo da droga, sendo incinerados mais de 538 mil pés de maconha, que equivalem, após o processamento, a cerca de 180 toneladas da droga.

A ação foi realizada em conjunto com a Polícia Rodoviária Federal – PRF e contou, também, com a colaboração da Secretária de Defesa Social do Estado de Pernambuco (SDS/PE), bombeiros militares, policiais militares e civis do estado.

A operação foi dividida em duas etapas. Do dia 22 de junho a 01 de julho, foram realizados trabalhos de inteligência e levantamentos dos pontos geográficos onde estavam as roças de cultivo ilícito. Para isso, equipes policiais se deslocaram pela região, com auxílio de imagens de satélite, utilizando veículos 4×4, GPS e drones de alta tecnologia, capturando coordenadas geográficas dos locais. A partir do dia 02 de julho, foram iniciados os trabalhos de logística e atividades operacionais.

Para realização dessa fase foram montadas três frentes de atuação, sendo uma por terra, com veículos 4×4 capazes de enfrentar terrenos de difícil acesso; outra por água, já que grande parte dos plantios são realizados em ilhas do Rio São Francisco, fazendo-se necessária a utilização de barcos para se chegar até esses pontos; e a última por ar, com o uso de helicópteros, capazes de conduzir os policiais até pontos próximos a plantios que ficam em lugares de acesso irregular como montanhas e terras menos trafegáveis.

Para o êxito da operação MUÇAMBÊ III foram empregados três helicópteros da PF, três vans, três botes infláveis para águas de baixa profundidade, um caminhão de apoio, um caminhão tanque de combustível com capacidade para 15 mil litros e três drones; a PRF participou da ação com um helicóptero, nove viaturas operacionais e uma unidade móvel de pronto atendimento (ambulância).

No total, entre policiais federais, policiais rodoviários federais, agentes administrativos, bombeiros militares, paramédicos, policiais civis e militares de PE, e trabalhadores contratados para a destruição das roças foram empregados mais de 180 profissionais.

O ciclo produtivo da cannabis é acompanhado de perto pelo serviço de inteligência da Polícia Federal e, com a aproximação do período da colheita, novas ações são realizadas, coibindo assim a secagem e a consequente introdução da droga no mercado consumidor.

A Polícia Federal vem promovendo ações de identificação e erradicação de plantios de maconha, no sertão pernambucano, há vários anos.


Muçambê é um pequeno arbusto da família das Caparidáceas provido de espinhos nos pecíolos das folhas, ocorrendo nas caatingas dos estados do nordeste.

Saldo de todas as fases da Operação Muçambê:

• 1ª FASE (fevereiro/2020) foram erradicadas e incineradas: 56 roças da planta; 102.718 pés de maconha (aproximadamente 34 toneladas); 30.015 mudas e 3 Kg de sementes; além de 1.123 Kg da droga pronta para consumo.

• 2ª FASE (abril e maio/2020): foram erradicadas e incineradas: 61 roças da planta; 295.647 pés de maconha (aproximadamente 98 toneladas); 13 sementeiras de maconha (local destinado à germinação das sementes); 44.270 mudas de maconha; além de 803,6 Kg da droga pronta para consumo.

• 3ª FASE (junho e julho/2020): foram erradicadas e incineradas: 179 roças da planta; 538.853 pés de maconha (aproximadamente 180 toneladas); 74 sementeiras de maconha (local destinado à germinação das sementes); 49.791 mudas de maconha, além de 399,2 Kg da droga pronta para consumo.

Comunicação Social da PF

Casal é preso pela PRF ao transportar mais de 10 kg de cocaína em Itapuã, RO

De acordo com os agentes, o casal confessou que comprou a droga em Rio Branco (AC) e revenderiam em Ariquemes (RO).

Um casal foi preso pela Polícia Rodoviária Federal (PRF) transportando mais de 10 quilos de cocaína no compartimento secreto de uma moto. Flagrante aconteceu na sexta-feira (10), em Itapuã do Oeste (RO).

Segundo a PRF, durante fiscalização rotineira, os policiais identificaram alterações nas carenagens de uma motocicleta e decidiram fazer inspeção mais criteriosa. Eles encontraram escondidos em um compartimento secreto mais de 10 quilos de cocaína, configurando tráfico de drogas.

O casal confessou aos agentes que comprou a droga em Rio Branco (AC) e revenderiam em Ariquemes (RO). Conforme informações da PRF, a mulher também disse que era procurada pela polícia por envolvimento em atividades ligadas ao tráfico e outros crimes.

A dupla foi presa e entregue à Polícia Civil, em Porto Velho.

Fonte: Rede Amazônica