Beneficiários terão 7ª parcela do auxílio AmpaRO

O saque estará disponível na próxima segunda-feira (19). O benefício é destinado para famílias em situação de vulnerabilidade cadastradas no Programa Bolsa Família.

O Programa de Transferência de Renda Temporária (AmpaRO) terá a sétima parcela disponibilizada no aplicativo Caixa Tem, no valor de R$ 100, na próxima segunda-feira (19), para cerca de 28 mil famílias de Rondônia.

Conforme o calendário divulgado pela Secretaria de Estado da Assistência e do Desenvolvimento Social (Seas), poderão ser realizados transferências, pagamentos de boletos e compras, mas os saques no dia 19 só poderão ser efetuados para os que têm Número de Identificação Social (NIS) com final 1.

Datas de saque da 7ª parcela

  • Para os que têm NIS com final 2, o saque será disponibilizado dia 20;
  • os de final 3, dia 21;
  • os de final 4, dia 22;
  • os de final 5, dia 23;
  • os de final 6, dia 26;
  • os de final 7, dia 27;
  • os de final 8, dia 28;
  • os de final 9, dia 29 e
  • os de final 0, dia 30.

8ª e 9ª parcela

A 8ª parcela será disponibilizada no dia 18 de agosto e os saques poderão ser efetuados de 18 a 31, conforme no número final do NIS.

A 9ª parcela será disponibilizada no dia 17 de setembro e o saques seguem até dia 30, também com base no NIS.

Programa

O AmpaRo foi criado em julho de 2020 e beneficiou cerca de 28 mil famílias em situação de vulnerabilidade social cadastradas no Programa Bolsa Família, com renda per capta familiar declarada no Cadastro Único de até R$ 89.

Inicialmente, o complemento de renda pago pelo estado era de R$ 200, pelo aplicativo Caixa Tem. A 6ª parcela do AmpaRo foi depositada em dezembro.

Fonte: Seas

Beneficiários de Rondônia já podem sacar a última parcela do Programa AmpaRO

Para os beneficiários que não conseguirem acessar o aplicativo Caixa TEM devem se dirigir ao caixa eletrônico

O Governo de Rondônia efetuou nesta quarta-feira (16), por meio da Secretaria de Estado da Assistência e do Desenvolvimento Social (Seas), o pagamento da última parcela do Programa AmpaRO, que estava prevista para esta quinta-feira (17). Criado em julho do ano passado para reduzir os impactos sociais e econômicos provocados pela pandemia do novo coronavírus, o programa investiu cerca de R$ 51 milhões em cerca de 28 mil famílias em situação de vulnerabilidade social, que de julho a dezembro receberam R$ 1.200 (R$ 200 mensais) e mais R$ 600, de janeiro a junho deste ano, com a prorrogação.

Ao prorrogar o AmpaRO por mais seis meses, em fevereiro deste ano com pagamento retroativo a janeiro, o governador Marcos Rocha e a secretária Luana explicaram que a proposta era garantir melhor assistência a estas famílias com recursos do Fundo Estadual de Combate e Erradicação da Pobreza (Fecoep).

O programa de transferência de renda temporária foi autorizada pela Lei, e teve suas regras definidas pelo Decreto.

Entre os critérios para as famílias serem contempladas estão: ser beneficiária titular do Programa Federal Bolsa Família em Rondônia, estar na condição de beneficiária na folha de pagamento do bolsa família do mês de abril de 2020 e ter informado no Cadastro único (CadÚnico) renda per capita familiar de até R$ 89. A estimativa é que pelo menos 93 pessoas tenham sido beneficiadas com estes recursos em todo o Estado.

Fonte: Seas

Seas divulga calendário de pagamento do “Programa Amparo” em RO

Os beneficiados com dificuldades de acesso ao aplicativo podem receber o pagamento no caixa eletrônico até o último dia útil do mês 

A Secretaria de Estado da Assistência e do Desenvolvimento Social (Seas), afirmou que nesta Sexta-feira (26) , começaram a pagar as duas primeiras parcelas do Programa AmpaRO a cerca de 28 mil famílias habilitadas desde o ano passado. O calendário de pagamento foi divulgado na terça-feira (23) de ontem. A continuação do benefício é para minimizar as consequências da pandemia do coronavírus.

Pelo calendário, a terceira parcela será disponibilizada dia 18 de março; a quarta, dia 16 de abril; a quinta, dia 18 de maio; e a sexta, dia 17 de junho. O valor total será de mais de R$ 50 milhões, somando as seis parcelas de 2020 com as seis de 2021.

Nesta segunda prorrogação, cada família receberá R$ 100, durante seis meses, sendo que as duas primeiras parcelas referentes a janeiro e fevereiro serão pagas na próxima sexta-feira. Os recursos são do Fundo de Erradicação da Pobreza (Fecoep).

Pelo aplicativo “Caixa TEM” poderão ser realizados pagamentos de boletos, transferências e compras. As pessoas que enfrentarem dificuldades de acesso ao aplicativo poderão receber o pagamento no caixa eletrônico até o último dia útil do mês em curso, conforme o NIS.

Fonte: Seas

Governo de Rondônia confirma prorrogação do programa AmpaRO

Em entrevista ao Jornal de Rondônia o governador Marcos Rocha anunciou.

O governador Marcos Rocha anunciou em primeira mão, durante entrevista, que o estado de Rondônia decidiu retomar o Programa de Transferência de Renda Temporária (AmpaRo), que beneficia famílias em situação de extrema pobreza.

O retorno do programa foi necessário por causa dos impactos financeiros causados às famílias, pois a pandemia da Covid-19 continua em 2021.

Segundo Marcos Rocha, o benefício será pago a todos os beneficiários por mais seis meses em Rondônia, mas com um valor menor: R$ 100 por mês.

“Eu conversei com a Seas, com a secretária Luana Rocha, e falei para ela trabalhar para que a gente pudesse dar continuidade com o programa. A gente não tinha o recurso que era pago antes, de R$ 200, e diretamente em conta. Mas nós fizemos o cálculo e vamos manter as mesmas pessoas que recebiam anteriormente, mas agora em valor menor: R$ 100. É um apoio que a gente vai dar durante seis meses, contribuindo aí com as pessoas de baixa renda”, disse em entrevista.

Ainda conforme o governador, o estado vai pagar, inclusive, o último mês de janeiro. O valor será pago junto com o mês de fevereiro, através do aplicativo Caixa Tem.

Marcos Rocha reiterou que não serão abertas novas inscrições para o AmpaRo. “As mesmas pessoas que recebiam anteriormente vão continuar no programa [irão receber automaticamente]”, explicou.

Programa

O AmpaRo foi criado em julho de 2020 e beneficiou cerca de 28 mil famílias em situação de vulnerabilidade social cadastradas no Programa Bolsa Família, com renda per capta familiar declarada no Cadastro Único de até R$ 89.

Inicialmente, o complemento de renda pago pelo estado era de R$ 200, pelo aplicativo Caixa Tem. A 6ª parcela do AmpaRo foi depositada em dezembro.

Fonte: Rede Amazônica

Prazo para correção cadastral do programa AmpaRO vai até o dia 29

Beneficiários com inconsistência de dados no Programa devem atentar-se ao prazo de correção.

Confira a LISTA dos aprovados no 1º lote do programa AmpaRO – Ponta do Abunã

A Secretaria de Estado da Assistência e do Desenvolvimento Social (Seas) informa à população que o período de correção de dados inconsistentes no sistema do Programa de Transferência de Renda Temporária (AmpaRO) encerra na próxima quinta-feira (29). Dessa forma, os beneficiários cujo os nomes estão nas listas: Habilitados do 2° lote, que não tiveram contas bancárias abertas por erro de cadastro e Não Habilitados do 3° lote – inconsistência de dados, devem atentar-se ao prazo de correção, que pode ser feito clicando no link: https://amparo.sistemas.ro.gov.br/

Os beneficiários que ainda não receberam o pagamento das parcelas, devido à necessidade de correção dos dados no sistema, não serão prejudicados. Após a correção devida, esses beneficiários vão receber os pagamentos no aplicativo “Caixa Tem”. Inúmeras famílias já estão sendo beneficiadas pelo programa. Na última semana, mais de 27 mil beneficiários do programa receberam a quarta parcela no valor de R$200, referente ao mês de outubro. A quarta parcela é a primeira da prorrogação do programa, que irá pagar a quinta parcela em novembro e a sexta em dezembro.

A primeira-dama e secretária da Seas, Luana Rocha explica que os usuários devem ter atenção redobrada na hora de fazer a correção no sistema.

LISTAS DISPONÍVEIS NO SITE

Na aba “Programa AmpaRO”, disponível no site oficial da Seas, os usuários vão poder acessar todas as listas e informações pertinentes ao programa. Recentemente duas novas listas foram acrescentadas e são elas: Habilitados do 2° lote, que não tiveram contas bancárias abertas por erro de cadastro e Não Habilitados do 3° lote – inconsistência de dados. As listas podem ser acessadas clicando em https://amparo.sistemas.ro.gov.br/.

Fonte: Seas

Governo libera quarta parcela do benefício Amparo em RO

O pagamento está disponível no aplicativo Caixa tem.

A partir desta sexta-feira (16), os 27.263 beneficiários do Programa de Transferência de Renda Temporária (AmpaRO), da Secretaria de Estado da Assistência e do Desenvolvimento Social (SEAS), que já receberam as três primeiras parcelas, já podem acessar o aplicativo “Caixa Tem” e utilizar a quarta parcela do benefício no valor de R$ 200, referente ao mês de outubro.

A quarta parcela é a primeira da prorrogação do Programa, que ainda irá pagar a quinta parcela em novembro e a sexta em dezembro. É possível, por meio do aplicativo, realizar pagamentos de boletos, transações, transferências bancárias ou compras. Sendo possível, ainda, sacar no caixa eletrônico da agência bancária, através do código gerado no aplicativo do “Caixa Tem”.

A Seas informa aos beneficiários do Programa, igualmente, que o saque do recurso estará disponível a partir da próxima segunda-feira (19), de acordo com o final de cada NIS, especificado no Calendário Atualizado do Programa (clique aqui para acessar o calendário).

Veja Também:

BENEFICIÁRIOS QUE AINDA NÃO RECEBERAM

Ainda existem beneficiários que possuem pendências em relação aos dados cadastrais. Neste sentido, a SEAS informa que foram divulgadas duas listas com os nomes dos beneficiários que necessitam fazer as correções, que deverão ser realizadas pelo próprio beneficiário no sistema do Programa AmpaRO, no período de 19 a 29 de outubro.

SOBRE O PROGRAMA

O Programa AmpaRO foi criado pelo Governo de Rondônia em benefício das famílias que se encontram em situação de extrema pobreza, cadastradas no programa Bolsa Família e com renda per capita familiar declarada no Cadastro Único de até R$ 89, sendo estas beneficiadas com um complemento de renda no valor de R$ 200 mensais.

CANAIS DE ATENDIMENTO

Para dúvidas sobre como utilizar o aplicativo “Caixa Tem”, fazer pagamentos, compras ou saque, o beneficiário pode acessar os canais oficiais da Caixa Econômica Federal ou ligar para os números de contato: 3004 1104 – Para capitais e regiões metropolitanas; 0800 726 0104 – Para demais regiões; 0800 725 7474 – Ouvidoria.

LISTAS DISPONÍVEIS:

Fonte: Secom-RO

Governo libera pagamento para mais beneficiários do programa AmpaRO em RO

O programa atende famílias em situação de extrema pobreza, com cadastros no Bolsa Família.

Os beneficiários do Programa de Transferência de Renda Temporária (AmpaRO), da Secretaria de Estado da Assistência e do Desenvolvimento Social (Seas), que fazem parte do lote 3, já podem acessar o aplicativo CAIXA TEM e utilizar as parcelas referentes aos meses de julho, agosto e setembro, totalizando o recurso no valor de R$ 600.

Esses beneficiários são os que possuíam inconsistência de dados cadastrais nos lotes anteriores e no período determinado fizeram a correção no sistema. A partir desta quarta-feira, é possível através do aplicativo realizar pagamentos de boletos, transações e transferências bancárias ou compras via aplicativo. Sendo ainda possível sacar no caixa eletrônico da empresa bancária, através do código gerado no aplicativo do CAIXA TEM.

O Programa AmpaRO foi criado pela Seas em benefício das famílias que se encontram em situação de extrema pobreza, cadastradas no programa Bolsa Família e com renda per capta familiar declarada no Cadastro Único de até R$ 89, sendo estas beneficiadas com um complemento de renda no valor de R$ 200,00 mensais.

O novo calendário com as datas dos pagamentos dos meses de outubro, novembro e dezembro será divulgado em breve.

Ainda existem beneficiários que possuem pendências em relação aos dados cadastrais. Neste sentido, a Seas informa que foi divulgada duas listas com os nomes dos beneficiários que necessitam fazer as correções, que deverão ser realizadas pelo próprio beneficiário no sistema do Programa AmpaRO, em período a ser divulgado.

CANAIS DE ATENDIMENTO

Para dúvidas sobre como utilizar o aplicativo CAIXA TEM, fazer pagamentos, compras ou saque, o beneficiário pode acessar os canais oficiais da Caixa Econômica Federal ou ligar para os números de contato: 3004 1104 – Para capitais e regiões metropolitanas; 0800 726 0104 – Para demais regiões; 0800 725 7474 – Ouvidoria.

Acesse aqui as listas dos beneficiários: Não habilitados 3° lote – inconsistência de dados; Habilitados do 2° lote que não tiveram contas bancárias abertas por erro de cadastro.

Fonte: Seas

Beneficiários do terceiro lote do Programa AmpaRO recebem nesta quarta-feira

A lista é composta com os nomes dos 1.593 beneficiários do estado. O benefício ajuda famílias em situação de vulnerabilidade social.

A Lista de Beneficiários Habilitados do 3º lote do Programa de Transferência de Renda Temporária (AmpaRO) já está disponível nesta quarta-feira (7). O programa foi criado pelo Governo de Rondônia, por meio da Secretaria de Estado da Assistência e do Desenvolvimento Social (Seas) em benefício das famílias que se encontram em situação de vulnerabilidade social. A lista é composta com os nomes dos 1.593 beneficiários que apresentaram inconsistência de dados nos lotes 1 e 2 e que fizeram a correção.

Esses beneficiários vão receber de uma só vez o pagamento das três parcelas referentes aos meses de julho, agosto e setembro previstas para serem pagas até a próxima quarta-feira (14). A partir dessa data os beneficiários podem acessar o recurso no aplicativo CAIXA TEM e, dessa forma, realizarem pagamentos de boletos, transações, transferências bancárias ou compras via aplicativo.

Visando dar maior assistência às famílias rondonienses que se encontram em situação de extrema pobreza, cadastradas no Programa Bolsa Família com renda per capta familiar de até R$ 89, após tratativas junto à instituição financeira responsável pelos pagamentos, a Seas decidiu prorrogar o Programa AmpaRO por mais três meses, beneficiando dessa forma as famílias vulneráveis até o mês de dezembro. Segundo a primeira-dama e secretária da Seas, Luana Rocha, a prorrogação do programa foi necessária diante do atual cenário de pandemia.

O novo calendário com as datas dos pagamentos dos meses de outubro, novembro e dezembro será divulgado em breve.

Ainda existem solicitantes que possuem pendências em relação aos dados cadastrados. Nesse sentido, a Seas informa que será divulgada a lista com os nomes dos beneficiários que necessitam fazer as correções no sistema do Programa AmpaRO. A data de correção dos beneficiários com inconsistências nos dados será divulgada nos próximos dias.

ATENDIMENTO

Para dúvidas sobre como utilizar o aplicativo CAIXA TEM, fazer pagamentos, compras ou saque, o beneficiário pode acessar os canais oficiais da Caixa Econômica Federal ou ligar para os números de contato: 3004 1104 – Para capitais e regiões metropolitanas; 0800 726 0104 – Para demais regiões; 0800 725 7474 – Ouvidoria.

Fonte: Seas

Já está disponível 3ª parcela do benefício do programa ampaRO em RO

Pagamento começou nesta sexta-feira (11), programa beneficia famílias em situação de extrema pobreza.

O pagamento da terceira parcela aos beneficiários do Programa de Transferência de Renda Temporária (AmpaRO) já está liberado. O benefício estava previsto para acontecer na próxima semana, mas foi adiantado. Dessa forma, os beneficiários já podem acessar o recurso no aplicativo CAIXA TEM e, assim, realizarem pagamentos de boletos, transações e transferências bancárias ou compras via aplicativo.

A Secretaria de Estado da Assistência e do Desenvolvimento Social (Seas) informa ainda aos beneficiários do programa, que o saque do recurso estará disponível a partir da próxima quinta-feira (17), de acordo com o final de cada NIS, especificado no Calendário do Programa. Já os beneficiários não habilitados por inconsistência de dados, que realizaram a correção, farão parte do 3º lote. A lista do resultado será divulgada nos próximos dias.

SOBRE O PROGRAMA

O Programa AmpaRO foi criado pela Seas para beneficiar as famílias em situação de extrema pobreza, cadastradas no programa Bolsa Família e com renda per capta familiar declarada no Cadastro Único de até R$ 89. A primeira-dama e secretária da Seas, Luana Rocha destaca a importância do Programa AmpaRO para as famílias neste momento de pandemia, e ressalta a possibilidade de prorrogação. “O programa tem ajudado inúmeras famílias em Rondônia, por isso estamos estudando a possibilidade de prorrogação em benefício delas”, destacou a secretária.

COMO ACESSAR O CAIXA TEM

Para os beneficiários que não acessaram o aplicativo, segue abaixo as instruções de como proceder:

Após baixar o aplicativo nas lojas virtuais (App Store e Play Store), o usuário terá que fazer um pequeno cadastro (caso não tenha) e validar o dispositivo. Caso já tenha acesso ao APP basta clicar em Entrar. As seis primeiras etapas exigem atenção redobrada. O beneficiário deverá informar: o CPF (Etapa 1); Nome completo (Etapa 2); Número de telefone (Etapa 3); Data de nascimento (Etapa 4); o CEP (Etapa 5) e digitar o E-mail duas vezes (Etapa 6).

Após cumprir estas etapas, o beneficiário será direcionado para criar uma senha de acesso. Ela dever ter pelo menos seis números, sendo que não pode ser igual ao CPF. Não pode ter repetições em sequência com mais de dois dígitos, e não pode ser usada a data de nascimento. Logo após criar a senha, o beneficiário deve clicar em: “Não sou um robô”.

Automaticamente será enviado um e-mail com um link para confirmar a validação do dispositivo do beneficiário. Caso o beneficiário não encontre o e-mail deve verificar a caixa de Spam. Após esta etapa de confirmação, basta abrir o aplicativo e clicar em “Liberar acesso”; Será enviado um código via SMS para o telefone cadastrado, o beneficiário deverá digitar esse código e depois criar um nome qualquer para o dispositivo. Finalizada esta etapa é só utilizar os serviços. Lembrando que o código é para uso exclusivo e não pode ser repassado para terceiros.

CANAIS DE ATENDIMENTO CAIXA

Para dúvidas sobre como utilizar o aplicativo, fazer pagamentos, compras ou saque, o beneficiário pode acessar os canais oficiais da Caixa Econômica Federal ou ligar para os números de contato: 3004 1104 – Para capitais e regiões metropolitanas; 0800 726 0104 – Para demais regiões; 0800 725 7474 – Ouvidoria.

O pagamento estava previsto para acontecer na próxima semana, mas foi adiantado. Dessa forma, os beneficiários já podem acessar o recurso no aplicativo CAIXA TEM e, assim, realizarem pagamentos de boletos, transações e transferências bancárias ou compras via aplicativo.

A Secretaria de Estado da Assistência e do Desenvolvimento Social (Seas) informa ainda aos beneficiários do programa, que o saque do recurso estará disponível a partir da próxima quinta-feira (17), de acordo com o final de cada NIS, especificado no Calendário do Programa. Já os beneficiários não habilitados por inconsistência de dados, que realizaram a correção, farão parte do 3º lote. A lista do resultado será divulgada nos próximos dias.

COMO ACESSAR O CAIXA TEM

Para os beneficiários que não acessaram o aplicativo, segue abaixo as instruções de como proceder:

Após baixar o aplicativo nas lojas virtuais (App Store e Play Store), o usuário terá que fazer um pequeno cadastro (caso não tenha) e validar o dispositivo. Caso já tenha acesso ao APP basta clicar em Entrar. As seis primeiras etapas exigem atenção redobrada. O beneficiário deverá informar: o CPF (Etapa 1); Nome completo (Etapa 2); Número de telefone (Etapa 3); Data de nascimento (Etapa 4); o CEP (Etapa 5) e digitar o E-mail duas vezes (Etapa 6).

Após cumprir estas etapas, o beneficiário será direcionado para criar uma senha de acesso. Ela dever ter pelo menos seis números, sendo que não pode ser igual ao CPF. Não pode ter repetições em sequência com mais de dois dígitos, e não pode ser usada a data de nascimento. Logo após criar a senha, o beneficiário deve clicar em: “Não sou um robô”.

Automaticamente será enviado um e-mail com um link para confirmar a validação do dispositivo do beneficiário. Caso o beneficiário não encontre o e-mail deve verificar a caixa de Spam. Após esta etapa de confirmação, basta abrir o aplicativo e clicar em “Liberar acesso”; Será enviado um código via SMS para o telefone cadastrado, o beneficiário deverá digitar esse código e depois criar um nome qualquer para o dispositivo. Finalizada esta etapa é só utilizar os serviços. Lembrando que o código é para uso exclusivo e não pode ser repassado para terceiros.

CANAIS DE ATENDIMENTO CAIXA

Para dúvidas sobre como utilizar o aplicativo, fazer pagamentos, compras ou saque, o beneficiário pode acessar os canais oficiais da Caixa Econômica Federal ou ligar para os números de contato: 3004 1104 – Para capitais e regiões metropolitanas; 0800 726 0104 – Para demais regiões; 0800 725 7474 – Ouvidoria.

Fonte: Secom-RO

Seas informa pagamento da segunda parcela do Programa AmpaRo

Benefíciários dos lotes 1 e 2 já podem sacar o auxílio.

A Secretaria de Estado da Assistência e do Desenvolvimento Social (Seas) informa à população que a partir desta sexta-feira (14) está disponível o pagamento da 2ª parcela aos beneficiários do Programa de Transferência de Renda Temporária (AmpaRO). Os beneficiários podem acessar o recurso no aplicativo CAIXA TEM e, dessa forma, realizarem pagamentos de boletos, transações, transferências bancárias ou compras via aplicativo.

O saque do recurso estará disponível a partir do dia 18 de agosto, de acordo com o final do NIS, conforme o calendário do programa. Já os beneficiários não habilitados por inconsistência de dados, que realizaram a correção, farão parte do 3º lote, sendo divulgada a lista do resultado dia 1 de setembro.

SOBRE O PROGRAMA

O Programa AmpaRO foi criado pela Seas para beneficiar as famílias em situação de extrema pobreza, cadastradas no programa Bolsa Família e com renda per capta familiar declarada no Cadastro Único de até R$ 89. Segundo a primeira-dama e secretária da Seas, o AmpaRO se destaca entre as ações da Seas, frente à pandemia.

COMO ACESSAR O CAIXA TEM

Saque do recurso estará disponível a partir do dia 18 de agosto

Para os beneficiários que não acessaram o aplicativo, segue abaixo as instruções de como proceder:

Após baixar o aplicativo nas lojas virtuais (App Store e Play Store), o usuário terá que fazer um pequeno cadastro (caso não tenha) e validar o dispositivo. Caso já tenha acesso ao APP basta clicar em Entrar. As seis primeiras etapas exigem atenção redobrada. O beneficiário deverá informar: o CPF (Etapa 1); Nome completo (Etapa 2); Número de telefone (Etapa 3); Data de nascimento (Etapa 4); o CEP (Etapa 5) e digitar o E-mail duas vezes (Etapa 6).

Após cumprir estas etapas, o beneficiário será direcionado para criar uma senha de acesso. Ela dever ter pelo menos seis números, sendo que não pode ser igual ao CPF; Não pode ter repetições em sequência com mais de dois dígitos, e não pode ser usada a data de nascimento. Logo após criar a senha, o beneficiário deve clicar em: “Não sou um robô”.

Automaticamente será enviado um e-mail com um link para confirmar a validação do dispositivo do beneficiário. Caso o beneficiário não encontre o e-mail deve verificar a caixa de Spam. Após esta etapa de confirmação, basta abrir o aplicativo e clicar em “Liberar acesso”; Será enviado um código via SMS para o telefone cadastrado, o beneficiário deverá digitar esse código e depois criar um nome qualquer para o dispositivo. Finalizada esta etapa é só utilizar os serviços. Lembrando que o código é para uso exclusivo e não pode ser repassado para terceiros.

CANAIS DE ATENDIMENTO CAIXA

Para dúvidas sobre como utilizar o aplicativo, fazer pagamentos, compras ou saque, o beneficiário pode acessar os canais oficiais da Caixa Econômica Federal ou ligar para os números de contato: 3004 1104 – Para capitais e regiões metropolitanas; 0800 726 0104 – Para demais regiões; 0800 725 7474 – Ouvidoria.

Para reforçar a segurança, em alguns casos, a Caixa faz via aplicativo “Caixa Tem” uma solicitação por Whatsapp, para fazer a validação dos dados.

Fonte: Seas