Em casa, Daniel Silveira promete recorrer de nova decisão de Moraes

Alexandre de Moraes, determinou a prisão domiciliar com uso de tornozeleira eletrônica

Na tarde deste domingo (14), o deputado federal Daniel Silveira deixou o Batalhão Especial Prisional (BEP) de Niterói, no Rio de Janeiro, para cumprir prisão domiciliar.

Após 26 dias de prisão, o ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Alexandre de Moraes, determinou a prisão domiciliar com uso de equipamento de monitoramento eletrônico.

Foi necessário que a Polícia Militar efetuasse a interdição da rua para impedir que os apoiadores de Daniel, presentes no local, cercassem o parlamentar. Mesmo assim, ele recebeu um buquê de flores de uma apoiadora.

Silveira ainda não falou com a imprensa, já que a decisão de Moraes proíbe qualquer tipo de entrevista ou publicações nas redes sociais, mesmo que através de sua assessoria de imprensa.

Por outro lado, a defesa de Silveira emitiu nota oficial em que critica a decisão do ministro do STF:

“Os argumentos usados pelo ministro (Alexandre de Moraes) não guardam relação com o objeto da prisão levada a termo ao arrepio do Comando Constitucional”, afirmou o advogado responsável, que disse ainda que vai recorrer da ordem de prisão domiciliar.

Na nota, a defesa ainda declara que a nova prisão causa ‘constrangimento ilegal’ e que ‘os tempos são estranhos’. Ao encerrar, o advogado cita uma frase da juíza da Suprema Corte norte-americana Sandra O’Connor:

“Um sistema de detenção sem questionamento carrega consigo o potencial de se tornar um meio de opressão e de abuso”.



Fonte: JCO

Vereador promete andar “pelado” pelas ruas da cidade

“Caso o deputado cumpra promessa”

Em sessão ordinária desta segunda-feira, (8/03), o vereador Nego Toledo (SDD-Machadinho), subiu à tribuna para se manifestar em relação a promessa feita pelo deputado federal Expedito Netto (PSD-RO).

“Se o deputado Federal Expedito Neto, cumprir a promessa e mandar 4 milhões de reais para construir o novo hospital em Machadinho, eu ando “pelado” pelas ruas da cidade”, disse o vereador.

O vereador afirma que a promessa do deputado Federal Expedito Neto, não passa de mais uma de suas mentiras, em vésperas de eleição que acontecerá em 2022.

De acordo com o vereador, o deputado Expedito Netto, prometeu liberar 4 milhões em emenda parlamentar para construção de um novo hospital em Machadinho do Oeste. Segundo ele, o senador Marcos Rogério, também prometeu mais 4 milhões. No discurso, o vereador chamou o deputado de mentiroso.

Está lançado o desafio! vamos aguarda pra ver…

da Redação/CN

Em tom de ameaça, Lula promete “desarmar” o país se o PT voltar ao poder (veja o vídeo)

.

O molusco, está, realmente, revelando sua real intenção

O condenado em 2ª instância por corrupção e lavagem de dinheiro e ex-presidiário, Luiz Inácio Lula da Silva, está, finalmente, revelando suas reais intenções.

Em tom ameaçador, o petista prometeu “desarmar” o país, caso o PT volte ao poder.

“Nós aprovamos o Estatuto do Desarmamento. Veja a diferença entre eu e o Bolsonaro. Ele não quer dar arma pro favelado nem pro trabalhador, ele quer dar arma pros milicianos, pros fazendeiros”, afirmou Lula.

E prosseguiu:

“Ele quer dar arma pras pessoas atirarem em sem terras, em quilombolas, pra matarem Marielle. Podem saber, se o PT voltar no governo, a gente vai fazer com que as pessoas devolvam essas armas. Vamos desarmar esse país. Quem tem que ter armas são as Forças Armadas e as Polícias Militares.”

Assista:

Lula, assim como o seu partido, está seguindo à risca os moldes que formam ditadores…

Um povo desarmado estará à mercê do socialismo que reina em países como Venezuela e Cuba.

Esse sujeito é capaz de tudo para chegar ao poder.

Entretanto, sua insanidade junto com as mentiras não tem fim! Em antigo vídeo que circula na web, veja a contradição do petista:

Lula deveria estar em seu devido Lugar… Atrás das grades!

Fonte: JCO

Prefeito promete tratar Covid-19 com “aplicação retal de ozônio” (veja o vídeo)

Um fato inusitado tomou conta dos noticiários desta terça-feira, 04.

O prefeito de Itajaí, em Santa Catarina (SC), parece ter encontrado uma “nova opção” para o tratamento contra o coronavírus.

Em uma live realizada na noite desta segunda-feira, 03, Volnei Morastoni anunciou que o município vai aplicar “ozônio”, “via retal”, em pacientes que tiveram diagnóstico positivo para a doença.

Morastoni, que também é médico, informou que a cidade foi inscrita na Comissão Nacional de Ética em Pesquisa (Conep) para um protocolo de pesquisa sobre o uso do ozônio.

“Provavelmente vai ser uma aplicação via retal, que é uma aplicação tranquilíssima, rapidíssima, de dois minutos, num cateter fininho e isso dá um resultado excelente. Nós vamos em breve estar implantando isso também. A pessoa precisa fazer isso por dez dias seguidos. Isso ajudará também”, disse o prefeito.

Confira:

Fonte: Jornal da Cidade

%d blogueiros gostam disto: