Companhia Azul realiza voos direto entre Porto Velho e Recife nesta quarta-feira (22)

Voo inaugural de Rondônia para Pernambuco está marcado para 2h20 (horário de Porto Velho). Viagem direta deve durar mais de 4h.

O primeiro voo direto entre Porto Velho e Recife está programado para acontecer nesta quarta-feira (22). A viagem será pela Azul Linhas Aéreas e faz parte de uma operação da empresa para atender a alta temporada de verão.

Essa será a primeira vez uma rota de voo direto da capital de Rondônia para Recife .

O voo inaugural sairá às 2h20 de Porto Velho, nesta quarta-feira, e o desembarque vai acontecer em Recife às 7h40.

Segundo a Azul o voo durante a temporada de verão será diário e terá duração de 4h20. A viagem será no avião Airbus A320neo, com capacidade para até 174 passageiros.

Já o voo de Recife/Porto Velho vai sair diariamente às 22h, com pouso em Rondônia às 1h25.

A partir de janeiro, a Azul também deve ter voos diretos de Porto Velho para Salvador, na Bahia.

Fonte: Assessoria

CN

Porto Velho terá voos direto para o nordeste a partir de dezembro

Voos diretos entre as duas capitais devem começar a partir de 22 de dezembro pela companhia Azul. Passageiro que costuma viajar de RO para PE diz que novidade é uma conquista para o turista.

A cidade de Porto Velho terá pela primeira vez uma rota de voo direto para Recife através da companhia Azul. As viagens serão realizadas a partir do dia 22 de dezembro, durante a alta temporada de verão.

Segundo a empresa, o voo da capital de Rondônia até Recife será diário e terá duração de 4h20. A viagem será no avião Airbus A320neo, com capacidade para até 174 passageiros.

A decolagem do aeroporto Governador Jorge Teixeira, em Porto Velho, será sempre às 2h20 (horário local) e o desembarque em Recife vai acontecer às 7h40.

Já o voo de Recife/Porto Velho vai sair diariamente às 22h, com pouso às 1h25.

Quem costuma viajar com frequência de Rondônia para Pernambuco comemorou o início das operações com voo direto. É o caso do pastor Fábio Ramos, morador de Porto Velho.

“Uma das dificuldades que encontrávamos [para ir de Porto Velho ao nordeste] era a quantidade de conexões para chegar ao destino final. Isso ajuda bastante principalmente para quem deseja viajar nas férias”, diz o pastor.

Para o economista Otacílio Moreira, a escolha de Porto Velho pela companhia Azul deve estimular a concorrência e aumentar a economia turística.

“Ao escolher Porto Velho, a empresa demonstra o interesse na expansão de seus negócios. É uma empresa que está expandindo seu negócio aqui no estado. A tendência é o que diante da ampliação desta companhia, as outras empresas aéreas se mobilizem para oferecer novos serviços”, diz.

A partir de janeiro, a Azul também deve ter voos diretos de Porto Velho para Salvador.

Fonte: G1/RO

CN

Morre Genival Lacerda, ícone do forró

Cantor faleceu aos 89 anos vítima da covid-19

O forró perdeu, na madrugada de hoje (7), um de seus maiores ícones: o cantor e compositor Genival Lacerda, aos 89 anos, em decorrência da covid-19. A notícia foi divulgada por familiares nas redes socais. Lacerda estava internado na unidade de terapia intensiva do Hospital da Unimed, no Recife, desde o final de novembro.

Nascido em Campina Grande, no ano de 1931, cidade que é considerada a capital do forró na Paraíba, Lacerda foi autor de sucessos como Severina Xique Xique, De quem é esse jegue? Radinho de Pilha, em meio aos cerca de 70 discos lançados por ele – o primeiro deles, gravado em 1955, quando já havia se mudado para Pernambuco.

Incentivado por seu concunhado, o músico Jackson do Pandeiro, Lacerda se mudou para o Rio de Janeiro em 1964, onde trabalhou em algumas casas de forró. O salto na carreira só veio em 1975, quando lançou a música Severina Xique-Xique – famosa pelo verso “ele tá de olho é na butique dela“, feita em parceria com João Gonçalves. O disco vendeu cerca de 800 mil cópias.

AVC e covid-19

Em maio, antes de ser contaminado pelo novo coronavírus, o músico já havia sofrido um acidente vascular cerebral (AVC).

Genival Lacerda vinha apresentando piora em seu quadro de saúde nos últimos dias, a ponto de a família usar as redes sociais para pedir que as pessoas doassem sangue para ajudá-lo.

Fonte: Valéria Aguiar A/B

CN

Movimento nos aeroportos devem aumentar devido ao Feriado

São Paulo, Rio de Janeiro e Recife são os destinos mais buscados

Neste feriado de 12 de outubro os aeroportos brasileiros devem receber mais de 713 mil passageiros. Os aeroportos com maior movimentação devem ser o de Brasília, com 129 mil pessoas viajando, e o Santos Dumont (RJ), com 75 mil.

A previsão é do Ministério do Turismo, que realizou levantamento a partir de consultas às empresas administradoras de aeroportos de todo o país. São Paulo, Rio de Janeiro, Recife e Fortaleza são os destinos mais buscados no feriado.

Como foi o primeiro levantamento feito pelo Ministério do Turismo, não há comparação com outros feriados para aferir os impactos da pandemia e se esses números representam uma retomada.

Mas a diferença pode ser medida com os números dos aeroportos da Infraero. Nestes devem passar 389.135 passageiros no feriado, segundo a empresa. A previsão de dias mais movimentos são hoje (9) e a próxima terça-feira (13). O número de passageiros deste ano representa 41% do registrado no ano passado, quando viajaram nos aeroportos da Infraero 941.411 pessoas.

Pandemia

Neste momento de pandemia, os aeroportos e companhias aéreas permanecem sujeitas a protocolos estabelecidos pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) e pela Agência Nacional de Aviação Civil (Anac).

Entre elas estão a observância do distanciamento de pelo menos dois metros, obrigação de uso de máscaras por passageiros, adoção de equipamentos de proteção individual por trabalhadores e higienização dos aeroportos e das aeronaves.

Fonte: Liliane Farias A/B

CN