Emater de Rio Pardo recebe veículo para reforço aos serviços de assistência técnica e extensão rural

Já foram entregues 55 novos veículos, que auxiliará a uma nova dinâmica nos serviços de Ater no Estado

O Governo Estadual repassou ao escritório local da Entidade Autárquica de Assistência Técnica e Extensão Rural (Emater-RO) de Rio Pardo, uma caminhonete 4×4 (traçada), para prestação de serviços de assistência técnica e extensão rural ao agricultores familiares daquela região. Na manhã desta quinta-feira (10), o diretor-presidente, Luciano Brandão, que levou a novidade aos extensionistas e produtores locais, também falou da reforma da estrutura física do escritório visando trazer uma dinâmica mais moderna ao atendimento e serviços prestados.

Acompanhado do diretor técnico, Anderson Kühl, e do gerente regional da Emater do Território Madeira Mamoré, Hilton Uchoa, o presidente também conversou com as lideranças locais, presidentes de associações rurais, associação comercial e representantes de instituições financeiras. Ele falou sobre os aspectos gerais das atividades durante a pandemia, das perspectivas futuras e das políticas públicas de governo e de crédito rural para o desenvolvimento do setor agropecuário no Estado.

Distante 180 quilômetros da Capital, Rio Pardo é um pequeno e promissor distrito de Porto Velho, com uma população de aproximadamente oito mil habitantes, essencialmente agrícolas, dos quais cerca de 50% tem sua atividade voltada para a cultura do café.

Através da política de incentivo do governo estadual, por meio da Secretaria de Estado da Agricultura (Seagri) e Emater-RO, em parceria com a Secretaria Municipal de Agricultura local, os produtores familiares daquela região já receberam 240 mil mudas de café clonal. O distrito tem potencial ainda para a atividade pecuária que se divide entre bovinocultura de corte e de leite.

O escritório local da Emater de Rio Pardo é um escritório pequeno, com três técnicos agrícolas, uma extensionista social e uma gerente, que prestam serviços de Assistência Técnica e Extensão Rural (Ater) a uma média de três mil propriedades rurais. Durante a visita da diretoria ao escritório, o diretor Anderson, agradecendo o empenho da equipe.

Os escritórios da Emater-RO já receberam 55 novos veículos, que auxiliará a uma nova dinâmica nos serviços de Ater no Estado e que aos poucos, e com segurança, a autarquia retoma todas as atividades essenciais de atendimento e prestação de serviços à agricultura familiar de Rondônia.

Fonte: Emater-RO

Deputado Laerte Gomes indica necessidade de reforço na Procuradoria Jurídica do Iperon

Parlamentar sugeriu ao Poder Executivo a transferência de mais um procurador jurídico para garantir agilidade nos processos de aposentadoria do funcionalismo público

Através de indicação ao Governo do Estado, o presidente da Assembleia Legislativa, Laerte Gomes (PSDB) apontou a necessidade de o Poder Executivo reforçar o quadro funcional da Procuradoria Jurídica do Instituto de Previdência dos Servidores Públicos do Estado de Rondônia (Iperon).
O parlamentar sugeriu a disponibilização de um procurador jurídico para agilizar a análise técnica dos processos de aposentadoria dos servidores públicos civis e militares que tramitam na referida autarquia estadual.

“As reclamações quanto à demora excessiva na concessão das aposentadorias dos servidores públicos se sucedem ao longo dos anos. Trata-se de uma fase peculiar na vida do servidor. O drama se inicia quando o processo ingressa no Iperon. Apesar de esforços operacionais, o ponto de estrangulamento é sem dúvida a Procuradora Jurídica”, citou o parlamentar.

O presidente afirma que o fato ocorre em razão da autarquia contar com apenas um procurador jurídico.

“E isso torna impossível um atendimento eficaz às demandas de aposentadoria dos servidores públicos civis e militares de Rondônia. Por isso apresentamos esta propositura para que o governador Marcos Rocha, em caráter excepcional, determine a Procuradoria Geral do Estado (PGE) a transferência temporária ou definitiva de, pelo menos, mais um procurador para dar vazão as demandas referentes aos processos de aposentadoria do funcionalismo público estadual”, concluiu Laerte Gomes.

Texto: Juliana Martins-ALE/RO

CBM de Rondônia recebe reforço na UTI aérea

Diversos equipamentos foram entregues para atender situações complexas de saúde. Inclusive quatro UTI’s .

A entrega de equipamentos para a Unidade de Terapia Intensiva  (UTI) aérea ao Governo de Rondônia, aconteceu na manhã de ontem, quarta-feira (12). Os recursos no valor de R$ 621.033,00 (seiscentos e vinte um mil e trinta e três reais), é fruto da parceria entre a Vara de Execução das Penas e Medidas Alternativas (Vepema) e Corpo de Bombeiros Militar (CBMRO).

A população de Rondônia recebe a primeira UTI Aérea totalmente homologada e apta a atender as situações mais complexas de saúde da sociedade rondoniense. O montante é oriundo de penas de prestação pecuniária de infratores, cometidas através da Vepema.

A UTI Aérea passa a ser equipada através dos recursos com dois leitos adultos e dois leitos infantis, podendo transportar ao mesmo tempo, tanto dois pacientes adultos, como dois infantis, ou ainda na configuração de um adulto e um infantil. Foram adquiridos ainda “kit de transporte aéreo para pacientes com a Covid-19”.

Para Hélio Gomes Ferreira, secretário adjunto da Secretaria de Estado da Segurança, Defesa e Cidadania (Sesdec), o evento é sinônimo de felicidade. “Isso representa uma vitória muito grande, aqui trago as palavras de agradecimento do governador Marcos Rocha, do presidente do Tribunal de Justiça, que com convênio viabilizou termos o melhor avião do Corpo de Bombeiros do país, que permite transportar passageiros tanto em UTI normal, como UTI de Covid-19, e ainda tem as UTIs Neo Natais. Estamos alegres, porque vidas serão salvas, com custo muito menor do que se fôssemos contar com um avião locado, com esses aparelhos e pessoas que nunca teriam condições de pagar por isso”, destacou.

O transporte aéreo em Rondônia é um serviço essencial e a Corporação executa as ações que visam a proteção da vida de todos os cidadãos de Estado de Rondônia.

Fonte: Corpo de Bombeiros Militar


Câmara aprova reforço de repasses para estados e municípios

Texto segue para análise no Senado.

A Câmara aprovou nesta quarta-feira (22) a Medida Provisória 938/2020, que trata dos repasses da União para os fundos de participação de estados e municípios (FPE e FPM). O texto será analisado pelo Senado. A medida perde validade na próxima semana.

O texto original do governo prevê repasses de R$ 16 bilhões para estados e municípios, deste valor, cerca de R$ 6 bilhões ainda não foram utilizados.

O deputado Hildo Rocha (MDB-MA), relator da MP 938, retirou uma mudança que ele havia feito no texto original. O emedebista havia colocado um repasse de R$ 4 bilhões para empresas de ônibus, mas deputados, sobretudo do Novo, do Psol e do PSL, resistiram a esse trecho, que foi excluído por ele.

O presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), construiu um acordo com o relator para que o socorro às empresas de ônibus seja feito por meio de projeto de lei, que deve ser votado em outra sessão.

Também foi aprovada A MP 942/20, que destina crédito extraordinário para alocar na Presidência da República e em três ministérios cerca de R$ 639 milhões oriundos do cancelamento de emendas do relator-geral do Orçamento de 2020, deputado Domingos Neto (PSD-CE).

O relator da MP, deputado General Peternelli (PSL-SP), recomendou a aprovação. Ele lembrou que a Emenda Constitucional 106/20, que criou o chamado “orçamento de guerra”, permite a adoção de regime extraordinário para atender às necessidades do combate à pandemia de Covid-19. A MP 942 destina-se a essa finalidade.

Fonte: Congresso em Foco

PM reforça combate às facções criminosas em Porto Velho, RO

O reforço aconteceu nos residenciais Orgulho do Madeira e Morar Melhor na zona leste.

 A Polícia Militar de Rondônia (PMRO), tomou mais uma medida operacional neste final de semana, para estabelecer a ordem nos condomínios habitacionais Orgulho do Madeira e Morar Melhor, localizados nas zonas Leste e Sul de Porto Velho, respectivamente. A operação denominada “Presença Marcante”, para combater as facções criminosas, resultou na recaptura de três foragidos da Justiça, uma prisão por tráfico de drogas, cinco Termos Circunstanciados de Ocorrências (TCO’s), bem como a recuperação de um veículo que será devolvido ao verdadeiro dono.

Para manter a segurança, a PM montou um verdadeiro esquema de reforço com policiais militares do Batalhão de Choque, 1º, 5º e 9º batalhões de Polícia Militar, Batalhão de Operações Especiais, Batalhão de Polícia de Fronteira, além do núcleo de informações, que uniram forças com a missão de colocar fim às ações das facções, que amedrontam a população dos residenciais e têm gerado uma preocupação em toda a Capital.

Comandante da PM, coronel Alexandre Almeida, participou das ações desencadeadas nos condomínios

O comandante geral da Polícia Militar, coronel PM Alexandre Luís Almeida, esteve reunido com a tropa, participando das instruções e detalhes para o desenvolvimento das atividades, onde aproveitou para antecipar que será colocado em prática um planejamento de avanço da Corporação, com cursos, investimentos e outras medidas aguardadas para a valorização da PMRO.

O condomínio Orgulho do Madeira está inserido na área de atuação do 5º Batalhão de Polícia Militar, comandado pelo major PM Renato Suffi, que destacou o trabalho diuturno realizado. “A operação foi mediática para combater ações das facções. Todos os dias estamos atuando de forma rigorosa e apreendendo armas, recuperando veículos roubados, ou seja, não serão toleradas ações de marginais que visam amedrontar a sociedade. Os policiais militares, inclusive do 5º BPM, estão trabalhando forte. Quero destacar o empenho de cada policial que está trabalhando em outras frentes apresentando números jamais vistos”, destacou o major. Na área do 5º BPM, foram recuperados de sete a oito veículos por dia, além de apreensões de armamentos e drogas.

O secretário deixou claro que o Estado jamais ficará inerte diante de ações criminosas, a exemplo do brutal assassinato que ocorreu no Morar Melhor, quando membros de uma facção chegaram a gravar um vídeo no momento em que degolaram um indivíduo que era morador do Orgulho do Madeira.

A operação contou com a participação de 113 policiais militares, 30 viaturas, quatro motocicletas. Durante toda a ação policial, aproximadamente 180 veículos foram averiguados e 550 pessoas foram abordadas.

Segundo o comandante da Polícia Militar, as medidas continuam, pois várias atividades já foram desencadeadas com expressivos resultados, principalmente nos dois condomínios, onde a resposta da Polícia Militar está sendo rápida, com ação presença nas localidades.

Fonte: Secom-RO

%d blogueiros gostam disto: