Santo Antônio Energia reforça parcerias com a Prefeitura de Porto Velho

A SAE é uma das principais empresas do estado e que promove o desenvolvimento e progresso em diversos aspectos.

A Santo Antônio Energia (SAE), através do diretor-presidente Daniel Faria Costa, visitou nesta quarta-feira (28) o prefeito Hildon Chaves e o vice-prefeito Maurício Carvalho, para reforçar os compromissos e parcerias entre a empresa e o município. A reunião aconteceu no Prédio do Relógio, sede da Prefeitura de Porto Velho.

O prefeito Hildon Chaves lembrou que a SAE é uma das principais empresas do estado e que promove o desenvolvimento e progresso em diversos aspectos. “Além de gerar energia para Rondônia e Acre, tem a capacidade de atender diversas regiões do país e milhões de famílias”, disse.

A SAE é detentora da concessão energética por mais de 20 anos e, por conta disso, é forte na geração de emprego e renda, além de contribuir com os royalties.

Atualmente, estão em andamentos acordos relacionados à aplicação de recursos de compensação ambiental no distrito de Jaci-Paraná, a revitalização da Estrada de Ferro Madeira Mamoré (EFMM) e melhorias na Vila Teotônio.

O diretor-presidente lembrou que desde que passou a operar em Porto Velho, a companhia faz investimentos bilionários e tem compromisso com a resolução da crise hídrica existente no país.

Também participaram do encontro Solange Mendes Geraldo Ragazi David, membro efetivo independente e presidente do Conselho de Administração da SAE; o diretor de Operações em Rondônia, Dimas Maintinguer; além do secretário-geral de Governo (SGG), Fabricio Jurado, e o secretário adjunto, Devanildo Santana.

Fonte: Comdecom

Oficialização de Ciro Nogueira na Casa Civil deve ficar para esta terça

Senador do PP assumirá posto de ministro-chefe da Casa Civil.

A reunião prevista para esta segunda-feira (26) entre o presidente Jair Bolsonaro e o senador Ciro Nogueira (PP-PI), na qual seria confirmada a ida do parlamentar para o ministério da Casa Civil, deve ser adiada para esta terça (27). Ciro estava no México por conta do recesso parlamentar e só conseguiu embarcar para o Brasil nesta manhã.

De acordo com a assessoria de imprensa do senador, ele pousa em São Paulo na noite desta segunda. Ciro Nogueira é presidente do Partido Progressistas, principal legenda do Centrão.

A ida do senador para o ministério palaciano busca reforçar a sustentação do governo e melhorar a base de apoio no Congresso, principalmente no Senado. O PP já conta com a ministra da Secretaria de Governo, Flávia Arruda, e a presidência da Câmara, com Arthur Lira (PP-AL).

Ainda sem partido, Bolsonaro ventila a possibilidade de voltar a se filiar ao PP, legenda que o abrigou durante a maior parte do tempo em que foi deputado federal.

Fonte; Congresso em Foco

Em reunião, Luizinho Goebel discute implantação do quartel do Corpo de Bombeiros em Colorado do Oeste

Segundo o parlamentar, na próxima semana estará na região do Cone Sul para acelerar o processo de instalação do quartel BM

Na manhã desta segunda-feira, 28 de junho, o deputado estadual Luizinho Goebel (PV) e o prefeito de Colorado do Oeste, Professor Ribamar, estiveram no Comando Geral do Corpo de Bombeiros em Porto Velho para discutirem a implantação do quartel dos bombeiros militares no município.

Conforme o parlamentar, na próxima semana estará em Colorado do Oeste, juntamente com o Comandante Geral, Cel. BM Nivaldo de Azevedo Ferreira e o Sub-comandante, Cel. BM Cel. BM. Lindoval Rodrigues Leal para acelerar o processo de implantação do quartel na cidade. Ainda de acordo com Luizinho Goebel, o quartel atuará de forma intermunicipal em diversas atividades com o município de Corumbiara.

“Quero destacar o empenho do prefeito de Colorado do Oeste que nos convocou para essa missão que é a implantação do corpo de bombeiros na cidade. O projeto que já conta com total apoio do governador Coronel Marcos Rocha se tornará realidade graças à união de forças de várias autoridades. A instalação de um quartel na cidade é um sonho antigo da população”, frisou o parlamentar.

Atualmente, o Corpo de Bombeiros instalado em Cerejeiras é quem presta atendimento às ocorrências de incêndio no município de Colorado. Portanto, a instalação de um quartel naquela região é de suma importância para a população.

Texto e foto: Assessoria

Produtores rurais discutem demandas para fortalecer o setor na região da zona da Mata

A reunião aconteceu no auditório do Centro Estadual de Educação de Jovens e Adultos (Ceeja).

A Agência de Defesa Sanitária Agrosilvopastoril (Idaron), da Entidade Autárquica de Assistência Técnica e Extensão Rural (Emater) e Secretaria de Estado da Agricultura (Seagri), em parceria com a Assembleia Legislativa Estadual (ALE), tem buscado fortalecer o setor produtivo nos municípios de Rondônia. Na sexta-feira (25), produtores rurais da região da zona da Mata estiveram reunidos no auditório do Centro Estadual de Educação de Jovens e Adultos (Ceeja), para discutirem as demandas para o setor.

Durante o encontro, o governador Marcos Rocha, enalteceu o trabalho realizado ouviu atentamente os produtores que o parabenizaram por diversas ações realizadas em prol do agronegócio. “A nossa economia só cresceu graças a vocês. Estamos investindo no setor produtivo por entendermos que o agronegócio é a mola propulsora da economia do Estado. Lançamos recentemente o projeto “Governo no Campo” que trará muitos benefícios para os produtores”, destacou.

O vice-governador José Jodan, presente na reunião, destacou que o Governo disponibilizou o Programa Estadual de Apoio às Micros e Pequenas Empresas e Empreendedores de Pequenos Negócios (Proampe), que incentiva às pequenas inciativas produtivas. “Estamos aqui para interagirmos com os produtores e recebermos suas demandas. Além disso, apresentamos diversos programas do Governo que garantem apoio aos nossos produtores rurais”, disse.

Para o deputado estadual Cironé Deiró, é preciso melhorar ainda mais os atendimentos para os produtores e as agroindústrias. “Precisamos unir forças dos órgãos estaduais para atender as agroindústrias e facilitar para o produtor. A agroindústria precisa receber um olhar diferenciado”, ponderou.

O deputado estadual e Presidente da ALE, Alex Redano, agradeceu a hospitalidade nos municípios da região da zona da Mata e parabenizou o governador pela atual gestão. “Se o Estado aumentou 19% a arrecadação mesmo durante a pandemia, devemos isso a vocês produtores rurais. Deus tem dado sabedoria ao governador Marcos Rocha que está conduzindo diversas situações com maestria”, pontuou.

Segundo o presidente da Idaron, Julio Cesar Rocha Peres, Rondônia já se destaca na economia por estar livre da aftosa. “Crescemos muito, em pouco tempo. Estamos livres da aftosa e isso fortalece o comércio local. O título de área livre de febre aftosa sem vacinação demonstra o compromisso da equipe técnica e dos pecuaristas. Isso é graças a união de todos”.

O secretário da Seagri, Evandro Padovani, reforçou que a secretaria está sempre de portas abertas para atender os produtores e melhorar ainda mais a produção. “O programa “Governo no Campo”, vem para trazer benefícios para cada produtor que se enquadra nos critérios exigidos”, comentou.

O diretor-presidente da Emater, Luciano Brandão, também destacou as ações da autarquia e o programa “Mais Calcário”. “Esse programa nasceu para subsidiar o frete do transporte do calcário até a sede do município ou distrito para que a prefeitura transporte do município até a propriedade rural. Agradecemos essa parceria. Os nossos produtores estão usando o calcário, melhorando a qualidade e quantidade da produção”, finalizou.

O produtor rural Valdeci Pereira, parabenizou o apoio do governo. “Hoje a Emater tem o apoio do governador e tenho o privilégio de ser atendido por essa equipe. Estou muito feliz de participar de um evento como esse”, ponderou.

De acordo com o deputado estadual Jean Oliveira, “o Governo de Rondônia está no caminho certo ao abrir o diálogo com o setor produtivo e ouvir as demandas”.

Fonte: Emater-RO

CPI da Covid aprova reunião com Witzel e convoca Google, Facebook e Twitter

Ex-governador do Rio afirmou à comissão que tem informações importantes, mas só as passará em um encontro secreto

A CPI da Covid aprovou nesta quarta-feira (23) a convocação de representantes das companhias Google, Facebook e Twitter e a marcação de uma reunião secreta com o ex-governador do Rio, Wilson Witzel.

O senador Randolfe Rodrigues (Rede-AP), autor das solicitações de convocação às empresas, considera que as empresas estão sendo coniventes com discursos negacionistas que acabam prejudicando o combate à pandemia de covid-19 no país.

reunião secreta de Witzel foi um pedido de Randolfe após Witzel dizer na CPI que tinha informações importantes para passar, mas, pela gravidade do que tinha para falar, precisava passá-las em reunião fechada.

Depoimento adiado

A CPI ouviria nesta quarta-feira o proprietário da Precisa, Francisco Maximiano. A empresa é a importadora da vacina indiana Covaxin.

A Precisa, no entanto, alegou que ele não poderia ir à CPI porque estaria em quarentena após viagem recente à Índia.

A Procuradoria da República abriu uma investigação preliminar para avaliar se houve crime no contrato firmado entre o Ministério da Saúde e a Precisa. O órgão aponta risco temerário no acerto firmado.

Fonte: R7

Hildon Chaves participa de reunião da Comissão de Habitação e Assuntos Municipais na casa de Lei

Reunião também contou com a participação de prefeitos do interior do Estado

Prefeito defendeu a busca de uma solução para as dívidas das empresas

Ao participar de reunião da Comissão de Habitação e Assuntos Municipais da Assembleia Legislativa (ALE-RO) nesta terça-feira (15), o prefeito de Porto Velho, Hildon Chaves, defendeu a busca de uma solução para as dívidas que grandes empresas têm com o estado. Os débitos, atualmente, estão em torno de R$ 10 bilhões.

Segundo Hildon Chaves, que também é vice-presidente de Relações com o Judiciário da Frente Nacional de Prefeitos, durante a pandemia os municípios estão gastando mais e arrecadando menos, de modo que se os grandes devedores honrarem seus compromissos haverá recursos para serem investidos em benefício da população.


A reunião foi presidida pelo deputado Alan Queiroz e teve a participação dos parlamentares Ismael Crispim, Cirone Deiró e Anderson Pereira, além de representantes das prefeituras.

O débito de R$ 200 milhões que o grupo Energisa tem com o estado foi um dos temas citado na reunião.

O assunto começou a ser tratado em 2019, mas não houve consenso quanto aos valores que deveriam ser repactuados através do Programa de Incentivo à Regularização Fiscal (Refis).

De acordo com o prefeito de Porto Velho, não faz sentido um Refis assim quando se busca recuperar créditos tributários a favor do Estado. “Ninguém pode ser contra isso. É sempre uma oportunidade de ingresso de recursos, mas, na prática, o tiro sai pela culatra. Porto Velho tinha cerca de R$ 50 milhões para receber, hoje são R$ 35 milhões”, revelou.

O prefeito disse que a dívida não foi paga e a empresa entrou na Justiça por causa do limite do Refis.”Resolvamos essa questão de uma vez por todas, antes que venha mais um Refis e mais outros. Assim, teremos a possibilidade de receber os valores para investir em nossa cidade. Eu confio integralmente nesta Casa de Leis e acredito que nenhum deputado se posicionará contra o povo”, completou.

MUNICÍPIOS

Segundo o prefeito de Urupá, Célio Lang, que é presidente da Associação Rondoniense dos Municípios de Rondônia (Arom), há interesse do Estado em resolver a questão, mas os municípios estão ansiosos para receber a parte que lhes cabe. “Os grandes devedores têm débitos de bilhões de reais. Estes recursos podem ser aplicados na educação, na saúde, em outros setores, e isso vai fomentar todo o Estado, sobretudo neste momento de crise”, destacou.

Os participantes da reunião concordaram em apresentar uma proposta que viabilize o recebimento dos valores devidos ao Estado, que posteriormente deverá distribuir os recursos aos municípios.

Prefeitos que participaram da reunião concordaram que os municípios passam não só pela crise econômica, mas também têm dificuldades no atendimento à população por conta da pandemia de Covid-19.

Fonte; Comdecom

Hildon Chaves se reúne com presidente da casa de leis para tratarem sobre rumos da economia na capital

Encontro serviu para discutir mecanismos que podem alavancar o setor produtivo no período pós-pandemia no estado.

O fortalecimento das economias de Porto Velho e do estado foram os principais temas da conversa que o prefeito Hildon Chaves e o deputado Alex Redano, presidente da Assembleia Legislativa, tiveram quarta-feira (9), na Casa de Leis.

Na visita de cortesia que faz ao parlamentar, Hildon Chaves tratou de temas como a recuperação do comércio após o controle da pandemia da Covid-19, conservação das estradas rurais, apoio aos distritos da Capital e políticas públicas para a geração de emprego e renda.

“Nosso compromisso é com o desenvolvimento econômico do município e o bem-estar da nossa população. Por isso é relevante o diálogo com o deputado Alex Redano, que é presidente do legislativo estadual”, disse o prefeito sobre a visita.

O prefeito agradeceu a Alex Redano pela cordialidade e o parabenizou pela maneira serena e respeitosa como vem conduzindo a presidência da Casa de Leis (ALE), destacando o diálogo com os demais poderes.

REUNIÃO

Redano convidou o prefeito para participar, em seguida, de reunião com outros prefeitos no gabinete da presidência, da qual também participaram o secretário de finanças estadual, Luiz Fernando, e o presidente da Associação dos Prefeitos de Rondônia (Arom), Célio Lang.

Na reunião prevaleceu a pauta dos impactos causados pela pandemia e a adoção de medidas capazes de alavancar a economia assim que a Covid-19 estiver controlada.

Fonte: Comdecom

Fux e Bolsonaro conversam sobre indicação de vaga ao STF

Encontro ocorreu fora da agenda de ambos

O presidente Jair Bolsonaro e o presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), Luiz Fux, se reuniram na tarde de ontem terça-feira (8), no gabinete da presidência do STF, em Brasília. Segundo a assessoria da Corte, Fux pediu a Bolsonaro que, “por cortesia”, aguarde a aposentadoria do ministro Marco Aurélio Mello antes de indicar o seu substituto.

A aposentadoria compulsória do decano do Supremo ocorrerá no início de julho. A indicação para a vaga cabe ao presidente da República e precisa ser aprovada pelo Senado Federal, após uma sabatina. 

O encontro não constava na agenda de ambos. Segundo a presidência do STF, após falarem por telefone, eles combinaram a visita, por isso, ela não foi incluída nas agendas oficiais. A reunião durou cerca de 20 minutos.

Copa América

O encontro entre Fux e Bolsonaro ocorre às vésperas do julgamento de duas ações protocoladas na Corte contra a realização da Copa América 2021 no país. A análise do caso foi marcada para esta quinta-feira (10), após pedido de urgência da relatora, ministra Cármen Lúcia.

A competição de futebol terá início no próximo domingo (13), no Estádio Mané Garrincha, em Brasília, com a partida de abertura entre Brasil e Venezuela. As ações foram protocoladas pelo Partido Socialista Brasileiro (PSB) e pela Confederação Nacional dos Trabalhadores Metalúrgicos (CNTM). As entidades alegam que haverá aumento da propagação da covid-19 durante a competição.  

Fonte; Lílian Beraldo A/B

Procurador-Geral de Justiça do MPRO participa de reunião do CNPG

O encontro, realizado presencialmente e por videoconferência, teve como pauta propostas de alterações legislativas de interesse do MP

O Procurador-Geral de Justiça, Ivanildo de Oliveira, participou nesta quarta-feira (09/06) de reunião ordinária do Conselho Nacional de Procuradores-Gerais do Ministério Público dos Estados e da União (CNPG), realizada em Brasília (DF). O encontro, realizado presencialmente e por videoconferência, teve como pauta propostas de alterações legislativas de interesse do MP brasileiro e discussões de temas que impactam e fortalecem a atuação institucional.

Sob a condução da Presidente do órgão, Ivana Lúcia Franco Cei, Procuradora de Justiça do Ministério Público do Amapá, a reunião discutiu, entre outras questões,  Nota Técnica sobre proposta de Resolução do Conselho Nacional do Ministério Público (CNMP), que dispõe sobre regras gerais regulamentares para concursos de ingresso na carreira do Ministério Público Brasileiro; Nota Técnica sobre proposta de Resolução do CNMP, que determina a manutenção de cadastro  de palestrantes com o objetivo de fomentar a paridade de gênero nos eventos promovidos ou apoiados pelas unidades do MP e, ainda, a Proposta de Emenda Constitucional nº 187/2019.

Na ocasião, também foi realizada solenidade de entrega de medalhas e placas de homenagens a ex-presidentes e ex-conselheiros do CNPG.

Fonte: DCI

Município fará estudos de viabilidade de atendimento de demandas dos taxistas da capital

As demandas foram encaminhadas para os estudos técnicos que serão analisados.

Representantes do Sindicato dos Taxistas e dos Transportes Escolares, Turísticos e Fretamento (Sintax) participaram de reunião, nesta quarta-feira (02), no Prédio do Relógio, sede da Prefeitura Municipal, onde apresentaram diversas reivindicações. Ao final do encontro, a categoria foi informada que as demandas serão avaliadas sobre a viabilidade de cada uma.

A pauta de reivindicações foi apresentada pelo presidente da Sintax, Francisco Ferreira dos Santos, o “Chiquinho”. Também participou da reunião o vereador Paulo Tico.

O grupo foi recebido pelo secretário-geral de Governo (SGG), Fabricio Jurado e pelo secretário-adjunto Devanildo Santana.

Os taxistas pediram que seja promovida a anistia das multas relacionadas ao táxi-compartilhado, de 2018 a 2021, ou Programa de Recuperação Fiscal (Refis) de 90%; redução do Imposto Sobre Serviços (ISS) de cinco para duas UPFs e outras isenções.

“Sabemos que a categoria está sendo muito afetada durante a pandemia de Covid-19. As demandas foram encaminhadas para os estudos técnicos. Vamos analisar a viabilidade de atendimento muito brevemente”, disse Jurado aos taxistas.

A pauta foi apresentada ao prefeito Hildon Chaves, que acionou as Secretarias Municipais de Trânsito, Mobilidade e Transportes (Semtran) e da Fazenda (Semfaz) para que apresentem as análises sobre as reivindicações o mais breve possível ao seu Gabinete.



Fonte: Comdecom

1 2 3 7