Bolsonaro: ‘No que depender do governo, haverá Copa América’

Presidente não vê problema na realização do evento no Brasil desde que seguidos os protocolos sanitários de outros torneios

O presidente da República, Jair Bolsonaro, garantiu que haverá Copa América no Brasil, mesmo com o agravamento da pandemia no país, no que depender dele e de seus ministros. A afirmação foi feita durante tradicional conversa com apoiadores em frente ao Palácio da Alvorada, em Brasília, na manhã desta terça-feira (1º).

“Fui instado pela CBF [Confederação Brasileira de Futebol], ontem (31), conversei com todos os ministros interessados e, de nossa parte, positivo”, disse.

Bolsonaro atribuiu às críticas para a realização do torneio de futebol em solo nacional à pressão da TV Globo, que não tem neste ano os direitos de tramissão do campeonato. Na avaliação do presidente, se outros campeonatos locais e de fora são realizados no Brasil, não há razões para impedir a realização do evento esportivo.

“Agora, movimento da Globo contrário, porque o direito de transmissão é do SBT. Não está havendo jogo da Libertadores? Não está havendo da Sulamericana? Não começam agora, na sexta-feira [25], as Eliminatórias para a Copa do Mundo? Ninguém fala nada, não tem problema nenhum”, argumentou o chefe do executivo federal.

“É a pressão dessa imprensa chamada Globo. No que depender de mim, de todos os ministros, inclusive o da Saúde, haverá. Já está acertado. Protocolo é o mesmo da Libertadores, é o mesmo da Sulamericana. Temos jogo da Eliminatórias e da Libertadores”, acrescentou.

Bolsonaro relembrou de sua visita ao Equador, próximo adversário da seleção brasileira nas Eliminatórias, para a posse do presidente Guillermo Lasso. “Por coincidência estive lá há duas semanas e o que minha equipe teve de fazer? Um exame no dia interior. E fomos e voltamos. Futebol é a mesma coisa. Não tem que inventar nada agora no tocante à Sulamericana [na verdade, Copa América]. Haverá Sulamericana [Copa América] no que depender do governo federal”, afirmou.

Aos apoiadores perguntou se alguém é contra o torneio no Brasil e, antes da resposta, ironizou a TV Globo. “Alguém é contra? [Então] Vamos acabar com a Libertadores também. TV Globo: perderam. E abre o olho para 2022.”

Após o anúncio da Conmebol da realização do torneio em solo brasileiro, nesta segunda (31), o ministro-chefe da Casa Civil, Luiz Eduardo Ramos, disse no final da tarde que o governo federal ainda não deu o aval para a realização da Copa América 2021 no Brasil.

Depois de reunião no Palácio do Planalto com o presidente Jair Bolsonaro, ministros e representante da CBF, Ramos afirmou que, caso seja liberado, o evento não terá público, deverá reunir 10 times, com 65 pessoas de cada delegação vacinadas.

Inicialmente, o torneio seria disputado em Colômbia e Argentina. Porém, os problemas políticos e sociais no primeiro país levaram a organização a decidir levar os jogos apenas para a Argentina. No domingo, contudo, a confederação sul-americana informou que, diante da pandemia do novo coronavírus, a Argentina não poderia receber o tradicional torneio de seleções.

Fonte: R7

Brasil é confirmado pela Conmebol para sediar Copa América

Mudança foi oficializada pela entidade. Sedes de jogos e tabela devem ser divulgadas ainda nesta segunda-feira (31)

Poucas horas após a Copa América de 2021 ser suspensa, ela já foi confirmada novamente. O torneio, que inicialmente seria disputado em Colômbia e Argentina, e depois apenas na Argentina, agora será jogado no Brasil.

“A CONMEBOL Copa América 2021 será jogada no Brasil. As datas de início e final do torneio estão confirmadas. As sedes e a tabela serão informadas pela CONMEBOL nas próximas horas. O torneio de seleções mais antigo do mundo fará vibrar todo o continente!”, postou a conta oficial da entidade no Twitter.

No domingo, a confederação sul-americana informou que, diante da pandemia do novo coronavírus, a Argentina não poderia receber o tradicional torneio de seleções. Na semana passada, a Colômbia já havia deixado de ser uma das sedes, mas em razão dos problemas sociais.

Diante da impossibilidade dos países, a Conmebol garantia que procuraria uma solução, encontrada nesta segunda.

Pesou a favor do Brasil a expertise da organização da última Copa América, em 2019 (vencida pela seleção). Além disso, outro argumento utilizado foi o fato do país ter mais estádios em boas condições para os jogos das equipes nacionais sul-americanas.

Conmebol agradece o Brasil
Pouco tempo após a oficialização do torneio, a Conmebol voltou a se manifestar, agradecendo o presidente Jair Bolsonaro e a CBF por “abrir as portas do país ao que hoje em dia é o evento esportivo mais seguro do mundo”. O fato do Brasil ter aceitado receber a competição tem sido bastante criticado nas redes sociais.

Fonte: R7

Sede do GAPE é inaugurada em Rolim de Moura

A sede fica anexo à Penitenciária Regional do município.

Com o objetivo de intervir em situações de motins e rebeliões dentro das unidades prisionais do Estado, mais uma sede oficial do Grupo de Ações Penitenciárias Especiais (Gape) é inaugurada no município de Rolim de moura nesta sexta-feira (31). A sede fica anexo à Penitenciária Regional.

 A obra teve o apoio e parceria da regional da Secretaria de Estado de Planejamento, Orçamento e Gestão (Sepog), do Departamento de Estradas de Rodagem e Transporte (DER) e da Coordenadoria Regional de Educação (CRE).

Governo de Rondônia inaugura sede do Gape

 A regional de Rolim de Moura possui 45 policiais penais das cidades de Rolim de Moura, Cacoal e Pimenta Bueno.

Segundo o chefe do Gape em Rolim de Moura, o policial penal Franciole Soares Ferreira, o grupo foi criado no município no ano de 2018, quando, na oportunidade, os policiais penais puderam participarem do primeiro curso do Gape. Em 2019 mais um curso foi oferecido para os policiais penais que tinham interesse em integrar o Grupo de Ações Penitenciárias Especiais.

O Gape é um grupo especial que merece total atenção e, desde o início, quando o policial penal Franciole assumiu o comando e cada vez que retornava de uma missão, alinhava e corrigia com o grupo os erros, percebi que o Gape iria dar certo e hoje é uma realidade em nossa regional”, pontuou.

O gerente Regional da Sejus – Polo 3, Leandro Nascimento Delgado, afirma que o Gape sempre está pronto para atender situações adversas nas unidades prisionais, garantindo a segurança dos reeducandos e dos policiais penais, restabelecendo a ordem na unidade prisional.

A solenidade contou com a presença do secretário-executivo do Governo de Rondônia, na Regional Rolim de Moura, Adeilso da Silva e o gerente Regional da Sejus – Polo 3 Rolim de Moura, policial penal Leandro Nascimento Delgado e entre outros.

Fonte: Sejus

MPF lança edital para identificar imóveis em Porto Velho (RO) a fim de adquirir sede própria futuramente

Propostas devem ser encaminhadas até 10 de julho; edital no site da instituição detalha requisitos do imóvel e como deve ser apresentada proposta

O Ministério Público Federal (MPF) publicou edital de chamamento público para identificar imóveis empresariais urbanos em Porto Velho (RO) que possam ser adquiridos para instalação da sede da instituição no estado. O prazo para a apresentação de propostas segue até 10 de julho de 2020. O edital está disponível para download no site do MPF em Rondônia, acompanhado do programa de necessidades e do modelo de proposta de venda do imóvel.PUBLICIDADE

O edital de chamamento público apresenta os requisitos mínimos do imóvel a ser apresentado, entre eles: a localização em área urbana, pavimentada e com infraestrutura básica; estar em ótimo estado de conservação, dispondo de todas as licenças necessárias para utilização; ter condição de receber a estrutura do MPF em Rondônia ainda em 2020; contar com infraestrutura apropriada de rede elétrica estabilizada, lógica e de telefonia; ter condições de acessibilidade; e estar de acordo com as normas de prevenção e combate a incêndio.

Outro requisito do edital é em relação à edificação a ser ofertada, que deverá estar 100% construída e finalizada. No entanto, também poderão ser oferecidos imóveis que tenham disponibilidade imediata para adaptação e conclusão, a cargo do proprietário, conforme as características e condições obrigatórias previstas no edital e em seus anexos, para futura aquisição.

Entrega das propostas – O documento descreve também o que deve conter cada proposta, incluindo descrição detalhada do imóvel, documentação relativa à propriedade do bem, certidões de quitação de obrigações, valor e fotos do imóvel.

Os interessados deverão, ainda, inserir certidão negativa de ônus real que possa pesar sob o imóvel na proposta ou, na impossibilidade, um documento que informe quais ônus recaem sobre o bem no momento da oferta, acompanhado da declaração do ofertante atestando ter ciência de que a permanência do ônus impossibilitará o desfecho da negociação caso a proposta venha a ser escolhida.

A proposta deverá conter também a certidão de quitação do Imposto Predial e Territorial Urbano (IPTU) e taxas imobiliárias. Se não for possível, o ofertante deve apresentar um documento que informe a situação do bem no momento da oferta, acompanhado de declaração, atestando ter ciência de que a incidência de dívidas de qualquer natureza impossibilitará o desfecho da negociação caso a proposta venha a ser aceita.

Secom/MPF

Ainda no documento, o MPF pontua que se identificada a ausência de quaisquer documentos elevados no item 5 do edital, a comissão poderá intimar o proponente para que complemente a proposta no prazo de cinco dias, prorrogável uma vez, sob pena de desabilitação da oferta.

As propostas devem ser encaminhadas por meio do sistema de protocolo MPF Serviços, utilizando as opções “Remetente (Pessoa jurídica)” ou “Responsável pelo envio (Pessoa física)”. Os campos referentes ao Destinatário devem ser preenchidos com as seguintes informações:Nome: secretário estadual do MPF em Rondônia;

  • – UF: Rondônia;
    – Unidade do MPF: procurador da República – Rondônia;
    – Setor: Secretaria Estadual do MPF;
    – Descrição do documento: Proposta de venda de imóvel para instalação da sede da Procuradoria da República no Estado de Rondônia.O resultado da seleção de imóveis será publicado no site do MPF em Rondônia (http://www.mpf.mp.br/ro). O responsável pelo imóvel eventualmente selecionado pode ser convocado para a formalização do contrato administrativo. Caso as propostas ofertadas não atendam às exigências do MPF, será divulgada nota com esta informação no site institucional. Veja todos os documentos Outros esclarecimentos podem ser obtidos via Secretaria Estadual do MPF em Rondônia pelos telefones (69) 3216-0510 ou 3216-0500 ou pelo e-mail prro-secretariaestadual@mpf.mp.br.

*Matéria atualizada às 10:27, de 03/7/2020 para alterar a data de envio das propostas.

Fonte: MPF/Arte: Secom/MPF