Agentes da Semtran orientam motociclistas sobre bolsões de motos instalados em Porto Velho

A implantação da nova sinalização vai ajudar a melhorar o fluxo no trânsito, não só para os motociclistas, mas para os pedestres e demais veículos. Os bolsões estão disponíveis em quatro cruzamentos da cidade.

Agente de Trânsito orientando motociclistas na capital

Com a implantação de novas sinalizações na capital, a Prefeitura de Porto Velho trabalha para sensibilizar os condutores de veículos e pedestres para que respeitem as regras e façam o uso adequado. Inicialmente, a orientação é sobre a utilização correta dos bolsões para motociclistas, disponíveis em quatro cruzamentos da cidade.

Tão logo o primeiro bolsão para motociclistas foi implantado, agentes da Secretaria Municipal de Trânsito, Mobilidade e Transportes (Semtran) foram destacados para prestar as orientações sobre a inovação.

Os agentes de trânsito distribuem panfletos e abordam condutores de veículos e motociclistas para explicar como deve ser utilizada a área próxima aos semáforos, que é destinada exclusivamente aos motociclistas.

“É uma sinalização nova. Por isso, orientamos os condutores sobre a importância do espaço exclusivo para os motociclistas, em que eles ficam mais seguros e sejam visualizados facilmente”, explica Bruna Biet Burak, gerente da Divisão de Treinamento e Educação para o Trânsito (DTET).

A Semtran ainda não definiu quando a programação educativa será encerrada. “Sabemos que se trata de algo novo e, para isso, precisamos de tempo para conscientizar a população. A implantação dos bolsões vai ajudar a melhorar o fluxo no trânsito, não só para os motociclistas, mas para os pedestres e demais veículos”, explica o secretário da Semtran, Ronaldo Flores.

Fonte: Comdecom

Motoristas devem se atentar para nova mudança de sinalização na capital

As mudanças são para melhorias na mobilidade urbana da capital.

Os estudos para a implantação da sinalização definitiva da avenida Rio de Janeiro com as ruas Brasília e Tenreiro Aranha, onde alterações no tráfego de veículos foram implantadas há menos de seis meses, estão sendo concluídos pela Prefeitura de Porto Velho. As mudanças aconteceram respectivamente em janeiro e março deste ano.

O trabalho é realizado pela Secretaria Municipal de Trânsito, Mobilidade e Transportes (Semtran). A intervenção é uma consequência da mudança feita no tráfego pela rua Tenreiro Aranha com a avenida Rio de Janeiro, que deixou de ser preferencial.

Por conta disto, os motoristas devem ficar atentos para a sinalização que foi implantada no trecho.

Além disso, a rua Tenreiro Aranha foi tornada mão dupla no trecho da rua Alexandre Guimarães e Rua Goiás. Outra mudança ocorreu na rua Brasília com a avenida Rio de Janeiro, que também deixou de ser preferencial.

Com as alterações, a Prefeitura promove melhorias na mobilidade urbana da capital.

De acordo com o diretor de Tráfego da Semtran, João Luiz Sousa, as duas eram preferenciais devido às obras do viaduto que geravam uma demanda no local, e com a abertura dele, o fluxo foi direcionado pela Presidente Dutra.

“As modificações ocorreram também pelo fato de que a avenida Rio de Janeiro se tornará preferencial em quase todo seu sentido, menos nos locais que são semaforizados”, explicou.

Fonte: Semtran

Vândalos furtam fiação do semáfaro das avenidas Rio Madeira e Tiradentes

A informação foi repassada por denúncia.

Ao apurar a denúncia do mau funcionamento do semáforo no cruzamento das avenidas Rio Madeira com Tiradentes, funcionários da Prefeitura de Porto Velho descobriram que o problema foi causado pelo furto da fiação do equipamento.

A Secretaria Municipal de Trânsito, Mobilidade e Transportes (Semtran) providenciou uma sinalização provisória e recomendou aos condutores muita atenção ao transitar no local para evitar acidentes. A previsão é que o funcionamento seja restaurado em 24 horas.

Segundo funcionários da Semtran, além do prejuízo financeiro ao município, este tipo de ação criminosa pode acarretar em acidentes graves de trânsito.

Para denunciar os crimes ou o mau funcionamento dos semáforos, a Semtran disponibiliza o 0800 647 5100.

Fonte: Semtran

Agentes do Semtran se preparam para orientar condutores com as mudanças do Código de Trânsito em Porto Velho

Para contribuir com o trabalho dos agentes municipais de trânsito, a Divisão de Educação e Treinamento para o Trânsito da Semtran realiza palestras e oficinas relacionadas às novas regras do CBT.

As mudanças no Código de Trânsito Brasileiro (CTB) entraram em vigor no último dia 12 e já exigem atenção dos condutores de veículos automotores. Em Porto Velho, a Prefeitura Municipal se prepara para orientar e fiscalizar o cumprimento da legislação.

A Secretaria Municipal de Trânsito, Mobilidade e Transportes (Semtran) é responsável pelo cumprimento do que consta no CBT e atua para garantir segurança aos condutores de veículos e ciclistas.

Segundo o diretor da Gerência de Fiscalização de Trânsito, Claudionor Almeida, como as mudanças foram oficializadas há pouco tempo, o importante é informar. “A principal atuação deve ser o esclarecimento da legislação para evitar futuras penalidades”, disse.

As mudanças no CTB atingiram mais de 50 dispositivos. Mudaram, por exemplo, o prazo de validade da Carteira Nacional de Habilitação (CNH), o limite de pontos para suspensão da CNH, o porte de documentos obrigatórios, transporte de crianças em cadeirinhas, ampliação do prazo para identificação do infrator, a obrigatoriedade do uso dos equipamentos de retenção, a idade mínima para o transporte de crianças em motos, o uso de farol e o respeito à ultrapassagem de ciclista.

Almeida lembrou que, sempre que há alguma mudança que impacta diretamente os motoristas, há a necessidade de divulgar as novas regras. “Na prática, percebe-se muitos pedidos de informações”, destacou. Segundo ele, no período de pandemia, que exige o distanciamento social, as abordagens são reduzidas.

ORIENTAÇÃO

Claudionor destacou que os condutores de veículos automotores devem observar com cuidado as normas gerais de circulação e conduta no trânsito. “Não utilizem o aparelho celular quando estiverem dirigindo, usem o cinto de segurança”, recomendou.

RECICLAGEM

Para contribuir com o trabalho dos agentes municipais de trânsito, a Divisão de Educação e Treinamento para o Trânsito da Semtran realiza palestras e oficinas relacionadas às novas regras do CBT.

Em caso de necessidades, os motoristas poderão fazer contato com a Semtran pelo telefone 0800 647 5100 ou e-mail semtran.atendimento@gmail.com. O atendimento presencial está suspenso devido à pandemia do coronavírus.

Fonte: Semtran

Projeto de ciclovias e abrigos para passageiros buscam garantir mais opções de mobilidade urbana na capital

Um trânsito mais seguro e democrático. Essa é a meta do Município.

O projeto, executado pela Secretaria Municipal de Trânsito, Mobilidade e Transportes (Semtran), entregará um sistema de ciclovias e ciclofaixas que ligará bairros ao Centro e regiões de lazer da cidade.

“A criação e expansão das ciclovias e ciclofaixas faz parte do Plano de Mobilidade Urbana da capital, que prevê a criação de um complexo cicloviário, que ligará pontos da cidade de forma segura e ágil”, explica o secretário da Semtran, Mauro Ronaldo Flôres Corrêa.

Estão em execução as pinturas das ciclofaixas da Avenida Raimundo Cantuária e em outras vias que vão ligar o Parque da Cidade, na Avenida Calama, ao Espaço Alternativo, locais com intensa prática esportiva.

Outra obra que já beneficia os ciclistas é a da rua Cipriano Gurgel, no bairro Industrial. Cerca de 500 metros de ciclofaixa estão devidamente sinalizados, criando um corredor exclusivo para o tráfego de ciclistas.

A Semtran prevê, ainda, a instalação de 4,5 quilômetros de ciclovia na Estrada do Santo Antônio, no bairro Triângulo; 3,5 quilômetros na Avenida José Vieira Caúla; cerca de 3 quilômetros na Avenida Mamoré e aproximadamente 2,4 quilômetros na Estrada 13 de Setembro.

A execução do Complexo Cicloviário é realizada com recursos próprios da Prefeitura e de emendas parlamentares. “As ciclofaixas são mais simples e demandam materiais e insumos da Prefeitura. A máquina de demarcação viária realiza a pintura das vias com mão de obra própria. Já as ciclovias são mais complexas e, por isso, demandaram cerca de R$ 1,5 milhão de emendas parlamentares”, explica o secretário.

COLETIVOS

Abrigos destinados aos passageiros de transporte coletivo
Abrigos destinados aos passageiros de transporte coletivo

Outra frente de trabalho atende usuários do transporte coletivo da capital. São implantados abrigos destinados aos passageiros que usam ônibus públicos.

A Prefeitura de Porto Velho já entregou cerca de 130 abrigos em toda a cidade e a previsão é entregar, nos próximos meses, mais 120, todos construídos com recursos próprios.

Outros dois abrigos foram construídos através de processo de mitigação de empresas da capital. Um está na Avenida Jatuarana, na zona Sul, e outro na Avenida Mamoré, zona Leste. São áreas com grande circulação de ônibus e passageiros e servem como ponto de referência para a integração das linhas. “Empresas que se instalam em Porto Velho precisam apresentar um retorno em forma de obras públicas”, explica o secretário.

Um trânsito mais seguro e democrático. Essa é a meta do Município com a expansão do número de ciclovias, ciclofaixas e a instalação de abrigos para usuários do transporte coletivo.

Fonte: Semtran

Semtran informa que proprietários de veículos de transporte escolar devem agendar vistoria

De acordo com a Secretaria Municipal de Trânsito, os agendamentos serão a partir do dia 1º de março.

A Secretaria Municipal de Trânsito, Mobilidade e Transportes (Semtran), comunica que o agendamento obrigatório da vistoria nos veículos utilizados no transporte escolar será feito por telefone a partir de 1º de março. Os proprietários de veículos de transporte escolar devem utilizar o telefone 0800 647 5100, no horário das 8h às 14h para fazer o agendamento.

Segundo a Secretaria Municipal de Trânsito, Mobilidade e Transportes (Semtran), durante a vistoria, que é presencial, é obrigatório o uso de máscara. Não é permitida a entrada de acompanhantes.

O retorno parcial das aulas presenciais em unidades particulares de ensino fez o transporte escolar de alunos retomar as atividades e os proprietários de veículos devem ficar atentos para a vistoria obrigatória nos veículos.

Quando verificada a ausência de algum item ou falha na manutenção, o veículo não é liberado para o serviço. Para o secretário, a medida é indispensável para a segurança dos estudantes. “Além da proteção contra o coronavírus, os pais também querem garantir a segurança dos filhos. A vistoria assegura a qualidade do serviço”, afirma o secretário.

A vistoria de veículos é feita na sede da Semtran, na Avenida Amazonas, n. 698, bairro Santa Bárbara.

Fonte: Semtran

Semtran fiscaliza transporte irregular de passageiros na capital

A última fiscalização resultou em uma apreensão e uma notificação.

A Prefeitura de Porto Velho está atenta ao combate do transporte clandestino de passageiros. Nesta terça-feira (9), três veículos foram apreendidos pela Secretaria Municipal de Trânsito, Mobilidade e Transportes (Semtran) descumprindo a legislação.

Segundo o secretário da Semtran, Ronaldo Flores, os carros apreendidos atuavam como táxi compartilhado, atividade permitida pela lei 076/CMPV/2019, porém estavam descumprindo a decisão da 1ª Vara da Fazenda Pública da Comarca de Porto Velho que proíbe a captação de passageiros em paradas de ônibus, assim como a circulação em corredores exclusivos para coletivos.

“NESTE CASO A FISCALIZAÇÃO VISA O TRANSPORTE IRREGULAR. NÃO SE TRATA DE UMA FISCALIZAÇÃO CONTRA O TÁXI COMPARTILHADO, JÁ QUE NOSSAS DISCUSSÕES VOLTADAS A REGULAMENTAÇÃO DA LEI MUNICIPAL CONTINUAM, EM CONJUNTO COM TODOS OS ENVOLVIDOS”, EXPLICOU O GESTOR, NUMA ALUSÃO AO PROTESTO DE UM GRUPO DE TAXISTAS, REGISTRADO APÓS A ÚLTIMA APREENSÃO.

Flores ainda reforça que a fiscalização segue um protocolo criterioso até a apreensão, com filmagens em flagrante das abordagens e outras irregularidades. A última fiscalização resultou em uma apreensão e uma notificação.

Fonte: Semtran

Semtran recebe micro-ônibus para transportar agentes de trânsito de Porto Velho

Veículo ficará disponível para a Escola Vivencial de Trânsito, à disposição dos agentes de trânsito que realizam a fiscalização e as ações de educação para o trânsito

A Prefeitura de Porto Velho, através da Secretaria Municipal de Trânsito, Mobilidade e Transportes (Semtran), recebeu na terça-feira (22), um micro-ônibus Volare, da marca Marcopolo, para atender aos agentes de trânsito de Porto Velho.

O veículo é um dos recursos recebidos da Energia Sustentável do Brasil, através do convênio UHE Jirau nº 168/2012 e ficara disponível para a Escola Vivencial de Trânsito, à disposição dos agentes de trânsito que realizam a fiscalização e as ações de educação para o trânsito, como forma de proporcionar melhoria no trabalho de educação e agentes da Semtran.

Fonte: Comdecom

Semtran anuncia nova linha de transporte que atenderá os usuários do Triângulo, Unir e Vila Princesa

Devido ao quantitativo reduzido de usuários durante este período, a linha funcionará com horários determinados

A Secretaria Municipal de Trânsito, Mobilidade e Transportes (Semtran), informou nesta segunda (14), o início de operação da linha 300 – Campus UNIR juntamente com a linha Triângulo, atendendo assim, não somente a Unir, como também os usuários da Vila Princesa e bairro Triângulo.

Devido ao quantitativo reduzido de usuários durante este período, a linha funcionará com horários determinados para atender ambas as localidades, da seguinte forma:

A linha atenderá a Unir e Vila Princesa em quatro horários, que são: 6h30, 11h30, 13h30 e 18h30, com o seguinte itinerário: Campus Unir, BR 364, Retorno, BR 364, R. Prudente de Morais, R. Alexandre Guimarães, R. Rogério Weber, Av. Sete de Setembro, R. Prudente de Morais, R. Alexandre Guimarães, Av. Campos Sales, BR364, Estr. Vila Princesa (retorno), BR364 e Campus UNIR.

Nos outros horários, entre as 5h às 19h55, a linha atenderá os usuários do Triângulo seguindo o itinerário: Cemitério Santo Antônio, Estr. de Santo Antônio, R. Rio Machado, R. Madeira Mamoré, R. João Alfredo, R. Euclides da Cunha, Av. Sete de Setembro, Av. Rogério Weber, Estr. Santo Antônio, R. Estr. de Santo Antônio e Cemitério Santo Antônio.

Esta medida temporária visa atender estas localidades até que restaurado o quantitativo de passageiros necessários para ativação permanente das linhas 300 – Campus Unir e 301 – Triângulo.

Fonte: Comdecom

Prefeitura informa sobre nova linha de ônibus cristal da Calama em Porto Velho

As linhas dos ônibus começaram a circular nesta terça-feira (06), Dois veículos fazem a rota.

Uma nova linha de ônibus começou a operar em Porto Velho nesta terça-feira (6), segundo informou a prefeitura da capital. Dois veículos que fazem a rota da linha Cristal da Calama estão nas ruas.

Os ônibus dessa linha fazem integração com: Expresso Cantuária, Expresso CPA, Expresso Caúla e Expresso Hospital de Base.

Outros 20 veículos estão operando desde o dia 1º de outubro em sete linhas expressas. De acordo com a prefeitura, outros ônibus devem começar a rodar gradualmente até o dia 17 de outubro, quando todas as 35 linhas devem estar disponíveis para a população.

Os ônibus da JTP, empresa vencedora da licitação municipal para atuar no transporte da capital, começaram a operar no início de outubro, após o Consórcio SIM retirar das últimas os últimos veículos que ainda estavam circulando. O contrato com o município estabelece que a nova empresa deve começar totalmente a partir de 17 de outubro.

A nova frota é composta por 143 ônibus. Com a nova empresa e uma melhor estrutura nos veículos, segundo a prefeitura, a tarifa do transporte coletivo também mudou. O bilhete vai subiu de R$ 3,80 para R$ 4,05.

Fonte: G1/RO