Quem diria, a imprensa brasileira e o jornalismo viraram namoradeiras de janela…

A imprensa brasileira e seus jornalistas militantes são notícias de si mesmos. Para salvar o que ainda resta da dignidade da nossa imprensa, ainda bem, temos uma gama muita qualificada de profissionais para mostrar o que é o jornalismo.

Mas, voltando ao noticiário dessa gente maliciosa, dita da grande imprensa, eles transformaram-se em peça de análise do público, não pelo conteúdo da notícia, mas, sim, pelos objetivos políticos, ideológicos, financeiros, e tudo mais, menos da informação. Praticamente, um palanque de discursos ou narrativas, ou ambos, dependendo do caso. A notícia já era, virou suco de calhordice!

Eles próprios acalentam os algozes da Liberdade de Expressão. Inimaginável! Venais, hipócritas, e mentirosos escrachados, os dirigentes dos veículos de comunicação, e sua banca de doutrinados, atuam como uma namoradeira de janela (que me desculpem as donzelas). Ficam ali, à espera da melhor opção e momento para atender seus interesses e dos seus mandatários. E esses interesses margeiam propósitos bem maiores e graves do que simplesmente colocar uns trocados no bolso. Os objetivos estão em escala mundial. Alimentam, ao mesmo tempo a percepção ingênua de boa parte da população, satisfazendo, ainda, as diretrizes dos bastidores.

Salvo em períodos excepcionais, a imprensa desde os primórdios do jornalismo, historicamente, sempre, de alguma maneira, preservou, protegeu e cativou a independência de seus profissionais, sua autonomia e liberdade. Sempre foi ponto pacífico o respeito à sua linha editorial, independente dos espectros ideológicos ou de visão do mundo.

Hoje, não!

E naquilo que o jornalismo vem se transformando, a passos largos, especialmente nos últimos cinco anos, vislumbrando um futuro tenebroso, resolvi registrar esse período recheado de senões, contrassenso, estupidez, afronta e antiprofissionalismo da nossa imprensa.

Na série UMA COISA É UMA COISA, OUTRA COISA É OUTRA COISA!, que tem como tema no primeiro livro o STF, e o título da provocante e agressiva frase, dita publicamente, pelo ministro daquela instituição, Luís Roberto Barroso, “Perdeu, Mané!”

Agora, para registrar o retrocesso, no meu ponto de vista, criminoso, lanço o segundo livro da série. O tema é a IMPRENSA BRASILEIRA, SOB O TÍTULO “Jornalismo: A Um Passo do Abismo…”

No livro, conto um pouco sobre o surgimento da imprensa no mundo e no Brasil, passeando pela evolução da imprensa brasileira desde o período colonial e do império, e suas passagens por tempos marcantes da nossa história política e social. Em seguida, passo a abordar os episódios, muitos deles de dar vergonha na própria vergonha, publicando pensamentos. declarações e posicionamentos de vários personagens da imprensa, alguns, outrora, renomados e respeitados. A reputação e dignidade deles foi ao lixo, por eles mesmos.

Para ilustrar, um dos símbolos mais eloquentes desse triste momento da nossa imprensa, o apresentador e editor do Jornal Nacional, William Bonner, um dia respeitado, hoje, não! Com sua abjeta e repugnante fala quando da entrevista com o candidato Luís Inácio da Silva (inacreditavelmente elevado a essa condição pela justiça brasileira), nota-se seu posicionamento abertamente à candidatura do esquerdista. Sua conduta, totalmente antiprofissional, retrata bem essa casta de jornalistas, já experimentados até os mais novatos, muitos deles citados no trabalho, que perderam qualquer pudor para manipular e desinformar o público.

Enfim, o livro está à disposição dos leitores. Antecipo meus agradecimentos pelo apoio já recebido para conclusão dos trabalhos, bem como àqueles que se interessarem pela obra, com ampla liberdade à crítica, positiva ou negativa, mas que sempre será considerada, por mim enquanto autor, à condição de construtiva.

Abraço a todos! Boa leitura!

Para adquirir o livro, clique no link abaixo:

https://www.conteudoconservador.com.br/products/jornalismo-a-um-passo-do-abismo

Welcome Back!

Login to your account below

Retrieve your password

Please enter your username or email address to reset your password.

Are you sure want to unlock this post?
Unlock left : 0
Are you sure want to cancel subscription?
× Canal de denúncias