Quem Somos

O Correio de Notícia é um veículo de comunicação ágil, com linguagem acessível e totalmente focada no digital.

Informar, escutar, interagir, debater, denunciar, diversificar, entreter e prestar serviço à sociedade de Rondônia e do país são especialidades do portal.

O crescimento, primeiro no âmbito regional e agora em dimensões nacionais, nos coloca ao lado dos grandes portais de notícia da Região Norte e do país. Essa conquista é resultado do esforço coletivo dos profissionais que, com um apurado espírito de equipe, que ajudam edificar cada um dos tijolos do Correio.

Fundado em 2006, o jornal Correio de Notícia tornou-se uma referência na apuração de notícias. Porém, com o declínio constante, desencadeado por uma perda de leitores e de receita publicitária que migraram para outras mídias, principalmente as digitais, consequência contemporânea da ascensão tecnológica, fomos obrigados a migrar para a esfera digital.

Investimos na capacitação de toda a equipe que alimenta o portal, tornando-se uma referencia na formação de opinião e divulgação de notícias da Região. Focado em um público leitor, altamente qualificado, e ativo que busca informações completas e aprofundadas. Conta com conceituados profissionais da comunicação, comentaristas e articulista de credibilidade, imparcialidade, ética e qualidade que consistem na base do Portal.

Para isso, mantemos parceria com os maiores veículos de comunicação e mantem um canal direto com a comunidade, transformando o portal de notícia umareferência na apuração de informações e conteúdo digital.

Fazer jornalismo na internet vai além da boa apuração, “precisamos fazer um bom título, atrativo, para que ele seja acessado na internet. Não adianta ter a melhor matéria do mundo, se ninguém acessar. Então, além da boa apuração, da prática jornalística que já vem dos nossos profissionais, nesse último ano especialmente, temos investido muito em qualificação para que as equipes trabalhem focados na internet, na linguagem, nos formatos, nas técnicas de SEO, para que alcance o maior número de pessoas possível”, CN.