Deputada Sílvia Cristina volta a exigir respeito das empresas aéreas com a população de Rondônia

Foto: Assessoria Parlamentar

A deputada federal Sílvia Cristina (PL), voltou a manifestar o seu descontentamento com o tratamento desrespeitoso que as companhias aéreas, especialmente a Azul, têm dado ao povo de Rondônia. Em pronunciamento no plenário da Câmara dos Deputados, nesta terça-feira (21), a parlamentar disse que o tratamento é inaceitável.

“Dessa vez, uma comitiva de mais de 50 atletas paraolímpicos e mais os treinadores, foram impedidos de viajar para uma disputa de competição nacional, em São Paulo, por falta de voos! Eles treinaram, se prepararam, sonharam com esse campeonato e não vão poder ir. Tem o recurso para custear as passagens, mas não tinha voos para levá-los.  Um desrespeito que não podemos mais aceitar”, desabafou.

Sílvia Cristina aproveitou para cobrar da Agência Nacional de Aviação Civil (Anac) e do Ministério de Portos e Aeroportos, que se posicionem em defesa dos passageiros de Rondônia e da região Norte, que são os mais prejudicados.

“Já passou da hora de a Anac e o Ministério dos Portos e Aeroportos se posicionarem firmes contra essa prática das empresas, especialmente a Azul. Esse descaso não é somente em Rondônia, mas com toda a região Norte. É inaceitável e exijo resposta e ação imediata!”

Para a deputada, a desculpa de que os passageiros ingressam com muitas ações judiciais contra as empresas aéreas, não pode servir de justificativa. “Se há judicialização é porque o trabalho das empresas aéreas não está sendo bem feito. Quem ingressa na justiça é exatamente porque foi vítima do descaso das empresas aéreas, que ignoram os direitos, mas cobram passagens caríssimas”, finalizou.

Source: Assessoria

Welcome Back!

Login to your account below

Retrieve your password

Please enter your username or email address to reset your password.

Are you sure want to unlock this post?
Unlock left : 0
Are you sure want to cancel subscription?
× Canal de denúncias