Coronel preso pelo 8/1 é levado novamente às pressas para Hospital

Foto: Agência Brasil

O coronel Jorge Eduardo Naime, ex-comandante do Departamento de Operações da Polícia Militar do Distrito Federal (PMDF), sentiu-se mal pela segunda vez nesta semana e precisou ser levado ao hospital.

Mariana Adôrno Naime, esposa do coronel, foi informada sobre o incidente por uma pessoa que visitava o batalhão.

Mariana declarou que ainda não possui detalhes sobre as razões que levaram à nova hospitalização do marido, mas mencionou que ele vinha apresentando sintomas como dores de cabeça, vômitos e dormência nos membros. A PMDF confirmou que Naime foi encaminhado ao hospital, mas não forneceu informações sobre seu estado clínico.

Esses mesmos sintomas já haviam causado um atendimento médico anterior, na segunda-feira (27). Mariana destacou que a saúde do coronel está fragilizada, agravada por questões emocionais e por comorbidades como hipertensão e diabetes.

Ela relatou que, desde a prisão, Naime perdeu 16 quilos e não tem recebido acompanhamento médico preventivo apropriado.

Além de incidentes anteriores de queda de pressão e necessidade de atendimento médico, a família está preocupada com o falecimento de Cleriston Pereira no Complexo Penitenciário da Papuda.

Cleriston, também preso por envolvimento nos atos de janeiro e com comorbidades similares às de Naime, faleceu após um mal súbito.

Welcome Back!

Login to your account below

Retrieve your password

Please enter your username or email address to reset your password.

Are you sure want to unlock this post?
Unlock left : 0
Are you sure want to cancel subscription?
× Canal de denúncias