Ex-presidiário é morto a tiros e suposto autor do crime diz que se protegeu

O ex-presidiário João Batista Melo Belfort, 43 anos, foi morto a tiros na noite deste domingo (3), com tiros na cabeça, em uma casa na rua Turmalina, bairro Jardim Santana, na zona leste de Porto Velho.

A motivação e a dinâmica do crime ainda serão apurados pela Polícia Civil, mas a dona do imóvel disse a policiais que seu filho manteve contato e informou que teria matado a vítima para se proteger.

A PM foi acionada e chegando ao local encontrou o corpo ensanguentado. O Samu constatou a morte.

A perícia encontrou estojos e projetis, além de um carregador de pistola com 15 munições de calibre 9mm, intactas. Buscas foram realizadas para encontrar o suposto assassino, mas ele não foi localizado.

Source: rondoniagora

Welcome Back!

Login to your account below

Retrieve your password

Please enter your username or email address to reset your password.

Are you sure want to unlock this post?
Unlock left : 0
Are you sure want to cancel subscription?
× Canal de denúncias