Cerco se fecha contra o deputado federal André Janones (veja o vídeo)

Foto: Reprodução; STF

Nesta segunda-feira (4), o ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), Luiz Fux, respondeu afirmativamente ao pedido da Procuradoria-Geral da República (PGR) para iniciar uma investigação sobre o deputado federal André Janones (Avante-MG), acusado de envolvimento em um esquema de “rachadinha”.

A solicitação da PGR, feita na última sexta-feira (1º), incluiu a convocação de assessores atuais e ex-assessores do parlamentar para prestar depoimentos. A acusação contra Janones surgiu após ex-funcionários do seu gabinete o denunciarem por suposta apropriação de parte dos salários para cobrir despesas pessoais, com evidências em áudios divulgados.

Fux, ao autorizar a investigação, destacou a necessidade de avaliar as circunstâncias envolvendo Janones, detentor de foro privilegiado, para esclarecer a realidade dos fatos, sua natureza criminal e os envolvidos.

“Conforme a decisão, a investigação criminal é essencial para a reconstrução dos eventos que possam constituir delitos. É importante ressaltar que a abertura de um inquérito não implica em um julgamento sobre a veracidade ou falsidade das suspeitas em relação à autoria ou materialidade dos fatos”, parte da declaração de Fux.

A confirmação de atividades criminosas envolvendo a administração pública por parte de Janones pode levar à perda de seu mandato.

Welcome Back!

Login to your account below

Retrieve your password

Please enter your username or email address to reset your password.

Are you sure want to unlock this post?
Unlock left : 0
Are you sure want to cancel subscription?
× Canal de denúncias