Pela terceira vez Tribunal Regional Eleitoral nega cassação do Governador de Rondônia

É que pela terceira vez o TRE negou cassar os seus mandatos eletivos. Todas as três ações foram propostas pelo grupo político do candidato derrotado nas urnas ao governo de Rondônia na eleição 2022, o atual senador Marcos Rogério.

A primeira ação possuía como tema o abuso de poder no telemarketing e nos programas Tchau poeira e Prato Fácil; já a segunda cuidou da conduta vedada em uma reunião com servidores da Emater. Esta ultima o Tribunal se debruçou sobre um possível abuso na edição dos Decretos da isenção do ICMS sobre a fatura de energia, bem como a anulação do decreto que criou a estação ecológica soldado da borracha.

Em todas as ações o Tribunal entendeu que faltaram provas da pratica abusiva, bem como da finalidade eleitoral das condutas, motivo pelo qual julgou todas elas improcedentes. As duas primeiras a unanimidade de votos; já a última por maioria, já que o desembargador Miguel Mônico e o juiz Igor Habib votaram pela cassação, resultando em um placar de 5 x 2 pela improcedência.

Quem comemorou também foi o causídico do governador e do vice, o advogado Nelson Canedo, que foi elogiado por todos pela sua atuação. Indagado sobre o resultado das ações, Canedo respondeu que em processos dessa envergadura, a defesa precisa ter foco; e não ligar para os ruídos periféricos e fazer o que tem que ser feito: criar boas teses e produzir provas para embasar a defesa.

Source: Assessoria

Welcome Back!

Login to your account below

Retrieve your password

Please enter your username or email address to reset your password.

Are you sure want to unlock this post?
Unlock left : 0
Are you sure want to cancel subscription?
× Canal de denúncias