De uma só vez, deputado petista tem comportamento homofóbico e comete agressão física… Cassação já! (veja o vídeo)

O deputado petista Washington Quaquá perdeu completamente o decoro e a decência.

Precisa ser exemplarmente punido com a cassação de seu mandato.

Quaquá agrediu o deputado Messias Donato (Republicanos-ES) durante a sessão de promulgação da reforma tributária.

Donato afirmou que registrará boletim de ocorrência sobre o incidente.

Quaquá foi tirar satisfação de deputados que cantavam “Lula/ladrão/ seu lugar é na prisão”.

Com o celular em mãos, disse que faria uma representação contra o deputado Nikolas Ferreira (PL-MG), e o chamou de “viadinho”.

O jornalista Mario Sabino definiu bem essa situação:

“No Brasil, existe a homofobia de direita e a homofobia de esquerda, mas só a segunda é crime. O deputado petista Washington Quaquá, por exemplo, pode chamar o deputado bolsonarista Nikolas Ferreira de ‘viadinho’, e tudo bem.”

Em seguida, o petista partiu para a agressão física, atingindo Donato.

Sobre isso, prosseguiu Sabino:

“Passou a existir também no país a agressão física de direita e a agressão física de esquerda. E também só a primeira é crime. O mesmo Washington Quaquá deu um tapa na cara de outro deputado bolsonarista, Messias Donato, e o PT quer que o agredido pelo tapa é que seja cassado, não o agressor.”

Veja o vídeo:

Source: JCO

Welcome Back!

Login to your account below

Retrieve your password

Please enter your username or email address to reset your password.

Are you sure want to unlock this post?
Unlock left : 0
Are you sure want to cancel subscription?
× Canal de denúncias