Futuro de Bolsonaro cai nas mãos de Cristiano Zanin

Foto: Agência Brasil; STF

O Supremo Tribunal Federal (STF) designou o ministro Cristiano Zanin como relator do recurso apresentado por Jair Bolsonaro contra a decisão do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) que o declarou inelegível por oito anos.

Segundo informações do site do STF, foram excluídos do sorteio para escolha do relator os ministros Nunes Marques, Alexandre de Moraes e Cármen Lúcia, todos membros do TSE.

O recurso de Bolsonaro ao STF foi inicialmente submetido ao TSE em 6 de outubro e chegou ao Supremo em 18 de dezembro, com Cristiano Zanin sendo nomeado relator no dia seguinte. Zanin assumiu o cargo no STF em agosto, após indicação pelo presidente Luiz Inácio Lula da Silva, para quem atuou como advogado em processos da Operação Lava Jato.

O TSE declarou Bolsonaro inelegível em 30 de junho, baseando-se na acusação de abuso de poder político, particularmente em um evento em que o então presidente questionou a confiabilidade das urnas eletrônicas diante de embaixadores.

Welcome Back!

Login to your account below

Retrieve your password

Please enter your username or email address to reset your password.

Are you sure want to unlock this post?
Unlock left : 0
Are you sure want to cancel subscription?
× Canal de denúncias