Com queda nas exportações e maior demanda interna preço do ovo fechou ano em alta

(CRÉDITO: DIVULGAÇÃO / GRUPO KATAYAMA)

Pesquisadores do Cepea indicam que, contudo, em um movimento atípico, os valores da proteína começaram a se fortalecer a partir da segunda quinzena de janeiro, mantendo uma trajetória de alta que perdurou por quase cinco meses consecutivos e que levou os preços a patamares recordes.

Segundo pesquisadores do Cepea, essa tendência foi impulsionada pelos aumentos das procuras doméstica e externa. A queda na produção de ovos no 1º trimestre de 2023, somada ao aumento da demanda especialmente durante a Quaresma, contribuiu para elevar significativamente as cotações da proteína ao longo dos seis primeiros meses.

Com o avançar do segundo semestre, os preços recuaram, mas, ainda assim, na média parcial do ano, foram recordes.

No front externo, as exportações brasileiras de ovos (incluindo produtos in natura e processados) cresceram consideravelmente em 2023, atingindo os maiores volumes em 13 anos.

De acordo com pesquisadores do Cepea, casos de Influenza Aviária em plantéis comerciais de diversos países fizeram com que parte da demanda internacional fosse redirecionada para o Brasil.

Source: Jornal do Agro

Welcome Back!

Login to your account below

Retrieve your password

Please enter your username or email address to reset your password.

Are you sure want to unlock this post?
Unlock left : 0
Are you sure want to cancel subscription?
× Canal de denúncias