EUA temem que os ataques a bases dos houthis no Iêmen possam reforçar posição do Irã

© AFP 2023 / Mohammed Huwais
Os navios mercantes têm sido atacados por houthis na região do mar Vermelho, com o Pentágono pretendendo responder mais agressivamente. No entanto, tal resposta teria um lado negativo.
As autoridades norte-americanas temem que os ataques às bases militares do movimento Ansar Allah, ou houthis, no norte do Iêmen, possam favorecer o Irãescreveu no domingo (31) o jornal norte-americano The New York Times.
Ele indica que, embora os EUA tenham derrubado mísseis e drones dos houthis e criado uma força-tarefa para proteger a navegação, eles não se envolveram “diretamente”. De acordo com o jornal, o Pentágono elaborou planos detalhados para atacar bases de mísseis e drones no Iêmen.
“Mas há uma certa preocupação de que tais ataques [contra as bases houthis no Iêmen] contribuam para o plano de jogo do Irã”, nota o New York Times. A mídia afirma que Joe Biden, presidente dos EUA, tem sido “relutante” em ordenar ataques às bases dos houthis no Iêmen, e que essa cautela também se deve ao fato de que a Arábia Saudita quer deixar para trás o “conflito dispendioso” no Iêmen.
“Uma escalada do conflito com os houthis, que controlam a capital do Iêmen, Sanaa, e grande parte do norte do país, poderia arruinar a trégua cuidadosamente negociada” entre os houthis e a Arábia Saudita, sublinha o jornal.
Source: Sputnik

Welcome Back!

Login to your account below

Retrieve your password

Please enter your username or email address to reset your password.

Are you sure want to unlock this post?
Unlock left : 0
Are you sure want to cancel subscription?
× Canal de denúncias