“TV de Collo ganha fôlego” e mantem parceria com a Globo, por enquanto!

A Globo obteve sucesso judicial ao revogar uma liminar que a obrigava a renovar o contrato de afiliação com a TV Gazeta de Alagoas, de propriedade do ex-presidente Fernando Collor de Melo. Apesar disso, a emissora não logrou êxito em encerrar sua relação contratual com o canal.

A parceria, que chegou ao fim em 31 de dezembro de 2023, foi mantida temporariamente devido a uma liminar emitida pelo Tribunal de Justiça de Alagoas (TJAL), com objetivo de proteger o conglomerado local em recuperação judicial.

O desembargador Paulo Zacarias, do TJAL, cancelou a liminar em 3 de janeiro. No entanto, ele optou por preservar o contrato entre Globo e Gazeta até que a 3ª Câmara do Tribunal de Justiça decida o mérito da questão.

O recesso judiciário, que se estende até 22 de janeiro, adiciona incerteza ao desfecho dessa disputa. A TV Elo, pertencente ao Grupo Nordeste de Comunicação, já se prepara para assumir o papel de nova afiliada da Globo em Alagoas, exibindo atualmente o canal Futura, da Fundação Roberto Marinho.

A TV Gazeta, por sua vez, alertou que a ausência de recursos financeiros oriundos da parceria com a Globo poderia resultar em sua falência. Em pedido de liminar de 4 de dezembro, a emissora argumentou que a não renovação do contrato implicaria em demissão massiva de funcionários. A decisão inicial, favorável à TV Gazeta, foi proferida pelo juiz Léo Dennisson Bezerra de Almeida.

O contrato estabelecido desde 1975 entre Globo e TV Gazeta determina que quaisquer disputas legais devem ser resolvidas no Rio de Janeiro. Assim, caso a Globo consiga transferir o caso para o Rio, a TV alagoana pode recorrer ao Superior Tribunal de Justiça (STJ) para resolver o conflito de competência.

Welcome Back!

Login to your account below

Retrieve your password

Please enter your username or email address to reset your password.

Are you sure want to unlock this post?
Unlock left : 0
Are you sure want to cancel subscription?
× Canal de denúncias