Valdemar sobe o tom com veemência sobre a postura de Moraes

Valdemar Costa Neto, presidente do PL, questionou as motivações do ministro Alexandre de Moraes, do Supremo Tribunal Federal (STF), ao se apresentar como “vítima” dos eventos de 8 de janeiro de 2023.

Segundo Costa Neto, Moraes deixou de agir como “juiz” e passou a ser um ator no processo, ao denunciar planos conspiratórios contra si durante as invasões dos três Poderes em Brasília.

“Será que temos um ministro que queria se proteger ou talvez se promover com esse julgamento?

Será que, para se defender, começou a dizer o absurdo de que os manifestantes, munidos de pedaços de pau, queriam dar um golpe? […]

Todos sabem que, de acordo com a nossa Constituição, quem é parte do processo não pode julgar […]. O dia 8/01/2023 nos revelou muita coisa, principalmente que um ministro que se assume como vítima deveria se afastar de casos assim e se defender, mas, em hipótese alguma, deveria julgar.”

Welcome Back!

Login to your account below

Retrieve your password

Please enter your username or email address to reset your password.

Are you sure want to unlock this post?
Unlock left : 0
Are you sure want to cancel subscription?
× Canal de denúncias