Importação ilegal de carne pode levar a Peste Suína Africana ao Reino Unido

A National Pig Association, que reúne os produtores de porcos do Reino Unido acaba de fazer um apelo às autoridades para que intensifiquem as fiscalizações e incluam mais recursos para a aplicação da lei, depois de se ter revelado que grandes quantidades de carne suína ilegal foram apreendidas no porto de Dover.

No total, foram 57 toneladas da proteína suína apreendidas no porto de Dover desde Setembro de 2022, e isto incluiu 5,5 toneladas apenas no fim de semana antes do Natal.

Beverley Edmondson, Gerente de Saúde Portuária do Conselho Distrital de Dover e da Autoridade de Saúde Portuária, disse que as grandes quantidades apreendidas pela Autoridade de Saúde Portuária de Dover (DPHA), apesar dos “recursos limitados”, podem ser apenas a “ponta do iceberg”.

Num artigo para a revista EHN do Chartered Institute of Environmental Health, ela fez uma atualização preocupante sobre o progresso do porto na implementação das regras introduzidas em setembro de 2022 para proteger o rebanho suíno do Reino Unido da peste suína africana (PSA).

As regras tornam ilegal que os viajantes tragam produtos suínos da UE com peso superior a 2 kg para o país, a menos que sejam produzidos de acordo com os padrões comerciais da UE.

“Estamos vendo quantidades sem precedentes de carne ilegal e não conforme, sem paralelo em qualquer outro ponto de entrada”, disse Edmondson.

“As nossas experiências ao longo dos últimos 12 meses destacaram a escala e o âmbito do comércio ilegal de carne e a razão pela qual o nosso trabalho para removê-la da cadeia alimentar é tão crítico. Estimamos que, para cada tonelada de carne ilícita removida, há várias toneladas que entram no Reino Unido sem serem detectadas”, disse ela.

Ela sugeriu ainda que o trabalho deveria ser colocado sob a jurisdição da autoridade de saúde portuária, em vez da Força de Fronteira, para locais específicos de alto risco, como Dover, e disse que era “imperativo que os recursos sejam adequadamente canalizados e mantidos para garantir que possamos manter essas coisas fora”.

A executiva-chefe da NPA, Lizzie Wilson, elogiou o trabalho realizado pela DPHA em nome da indústria suína.

“Este pode ser um trabalho difícil e desagradável e estamos imensamente gratos pelos esforços incansáveis ​​que estão a ser feitos pela DPHA para apreender esta carne ilegal que pode conter o vírus da PSA”, disse ela.

“Mas os volumes apreendidos são profundamente preocupantes. O aspecto mais preocupante de tudo isto é a suposição de que a carne apreendida em Dover representa apenas a ponta do iceberg. É, infelizmente, inevitável que muita desta carne importada ilegalmente entre no país, algumas das quais poderão estar infectadas com PSA, prosseguiu.

“Apelamos, portanto, ao Governo para que alargue a proibição actual a todas as importações não comerciais de carne de porco, em vez de apenas às remessas com mais de 2 kg. Isto tornará mais simples a compreensão e a aplicação pelos viajantes”, concluiu.

Welcome Back!

Login to your account below

Retrieve your password

Please enter your username or email address to reset your password.

Are you sure want to unlock this post?
Unlock left : 0
Are you sure want to cancel subscription?
× Canal de denúncias