Mais de 42 mil cães e gatos foram vacinados contra a raiva em 2023 em Porto Velho

Em 2023, 42.345 animais domésticos foram imunizados contra a raiva através do serviço de imunização animal realizado pela Divisão de Controle de Zoonoses em Animais Domésticos e Sinantrópicos (DCZADS), da Secretaria Municipal de Saúde (Semusa).

A raiva é uma doença fatal que pode ser transmitida de um animal infectado para o ser humano por meio, principalmente, de mordedura, lambedura ou arranhão. A doença representa um risco à saúde pública, por isso, a vacinação antirrábica é o principal meio de proteção.

Em Porto Velho, a imunização contra a raiva acontece de forma rotineira em diferentes pontos da cidade, inclusive na área rural e nos distritos.

A secretária adjunta da Semusa, Marilene Penati, destaca que “ações de vacinação antirrábica são mais uma forma estratégica da Semusa de facilitar o acesso ao serviço e garantir o maior número de imunização dos animais domésticos. A imunização itinerante busca atender, principalmente, locais mais distantes da capital, como zonas rurais e distritos”.

Nessas regiões, pelo menos 11 distritos foram beneficiados com a vacinação itinerante. Entre eles estão: São Carlos, Calama, União dos Bandeirantes, Jacy Paraná, Extrema, Nova Califórnia e Vista Alegre do Abunã.

Segundo o gerente da DCZADS, Edson Cruz, é importante que a população se atente para a imunização do seu bichinho de estimação como forma de cuidar do seu pet e se proteger da doença.

“Terminamos mais um ano sem casos de raiva animal na capital, são mais de 20 anos sem registro dessa doença. O sentimento é de gratificação, fruto de um trabalho árduo e contínuo. E para que possamos manter esta realidade é fundamental que os tutores levem seus animais para se vacinar todos os anos”, destaca Edson.

A imunização contra a raiva é a melhor forma de prevenção da doença, tanto para humanos quanto para animais. Cães e gatos que apresentam boas condições de saúde e com idade acima de três meses devem ser vacinados anualmente.

Além da atuação com as vacinas, a equipe da divisão realiza demais serviços de vigilância e controle de zoonoses. Visitas técnicas com orientações e cuidados com animais peçonhentos, desratização (eliminação de ratos), mediante casos confirmados de leptospirose, além de atendimentos a domicílio estão entre os trabalhos realizados.

Sintomas

Entre os principais sinais da doença em humanos, estão a dificuldade de engolir (alimento, água ou saliva), fotofobia (desconforto visual em relação à claridade), tremores involuntários e salivação excessiva.

Em animais domésticos, como cães e gatos, ocorre salivação em excesso, e por dificuldade de engolir deixa de se alimentar e beber água, além do mais é possível perceber mudanças comportamentais associadas à agressividade.

Imunização

Serviços de vacinação em cães e gatos acontecem de segunda a sexta-feira, gratuitamente, das 8h às 17h, na sede da Divisão de Controle de Zoonoses, localizada na Av. Mamoré, n° 1120, bairro Cascalheira.

Além disso, a Semusa disponibiliza um trailer de vacinação no Parque Circuito, na avenida Lauro Sodré, n° 2983.

A DCZADS também oferece o serviço de vacinação em domicílio para quem tem mais de dez animais no mesmo ambiente. O serviço é disponibilizado mediante agendamento através do número (69) 98473-6712.

Source: SMC

Welcome Back!

Login to your account below

Retrieve your password

Please enter your username or email address to reset your password.

Are you sure want to unlock this post?
Unlock left : 0
Are you sure want to cancel subscription?
× Canal de denúncias