Barroso perde a noção da realidade em Zurique e diz que “insegurança jurídica no Brasil é lenda”

Ano passado, o ministro Luis Roberto Barroso disse que o ativismo judicial no país é uma lenda.

Agora, logo no início de 2024, em evento promovido pela Lide em Zurique, Barroso disse o seguinte:

“A segurança jurídica, especificamente, eu acho que há uma certa lenda de que há insegurança jurídica no Brasil. Eu acho que, em matéria de estabilidade das relações e de não retroatividade das leis, eu não veria, num sentido amplo, um problema relevante no Brasil, e acho que o Supremo e o Judiciário procuram assegurar essa dimensão de segurança jurídica”, discursou Barroso no evento.

Parece que o ministro esqueceu que o país está sendo governado por um sujeito envolvido com escabrosos casos de corrupção, que havia sido condenado em três instâncias e foi descondenado por uma esdrúxula decisão do STF.

Barroso também esqueceu de mencionar, entre outras coisas, o desmonte da Lava Jato, a maior operação da história contra a corrupção, por meio de decisões absurdas do STF.

Os acordos de leniência firmados no âmbito da operação ameaçam se esfarelar depois da suspensão de multa bilionária da J&F.

São anos de combate ao crime de colarinho branco que estão sendo anulados pela Suprema Corte.

Haja segurança…

Welcome Back!

Login to your account below

Retrieve your password

Please enter your username or email address to reset your password.

Are you sure want to unlock this post?
Unlock left : 0
Are you sure want to cancel subscription?
× Canal de denúncias