Promotor de Justiça é denunciado por agressão física

Duas mulheres acusam o promotor de Justiça Aureliano Rebouças Júnior, do Ministério Público do Ceará (MPCE), de importunação sexual e lesão corporal.

O boletim de ocorrência foi registrado na madrugada desse domingo (21).

O caso teria acontecido em um bloco de Pré-Carnaval privado realizado no Colosso, bairro Edson Queiroz, em Fortaleza.

Conforme o registro de ocorrência, a primeira vítima foi assediada e, mesmo recusando o contato, ele insistiu.

A segunda vítima questionou o motivo da importunação e pediu para que o homem saísse do local.

De acordo com o B.O., o promotor então empurrou a mulher, que lesionou o braço direito.

Na Delegacia de Defesa da Mulher, o promotor “mostrou-se alterado, tentando evadir-se do local” e foi contido “sem uso de força”, conforme o relatório da ocorrência.

A policia informou que “o procedimento será encaminhado ao Ministério Público, a quem caberá concluir a investigação e, eventualmente, propor a respectiva ação penal”.

A Associação Cearense do Ministério Público (ACMP), em nota, afirma que “as publicações estão pautadas exclusivamente nas declarações unilaterais de uma das aparentes vítimas, de modo que o associado nega o ocorrido e apresentará sua versão detalhada por ocasião do procedimento investigatório”.

Welcome Back!

Login to your account below

Retrieve your password

Please enter your username or email address to reset your password.

Are you sure want to unlock this post?
Unlock left : 0
Are you sure want to cancel subscription?
× Canal de denúncias