A “promessa” do ex-ministério do STF, Ricardo Lewandowski

Foto: Nelson Jr./Sco/STF

Ricardo Lewandowski, recém-nomeado ministro da Justiça e Segurança Pública, prometeu na terça-feira (23) focar nos problemas da segurança pública. Ele afirmou que dará continuidade ao trabalho de seu antecessor, Flávio Dino, no cargo.

Em seu primeiro pronunciamento após ser nomeado por Lula da Silva (PT), na segunda (22), o magistrado aposentado destacou que a insegurança é um desafio significativo.

– Temos o desafio, que é uma preocupação do cidadão comum hoje, com a segurança. A insegurança, a criminalidade, o crime organizado, que afetam não apenas as classes mais abastadas, afetam também o cidadão mais simples, o cidadão comum, o trabalhador – disse Lewandowski.

E acrescentou:

– Haveremos de dar especial procedência para essa questão porque que é uma questão importante e que de certa maneira trava a convivência social pacifica e o próprio desenvolvimento harmônico do país.

Lewandowski e Dino estiveram juntos na terça-feira em uma reunião que o ministério chamou de transição. No encontro, o novo chefe do Ministério da Justiça elogiou a condução da pasta por Dino, que assumirá uma cadeira no Supremo Tribunal Federal (STF), e disse que dará continuidade ao seu trabalho.

– Não é bem transição, é uma continuidade. O governo é o mesmo – disse Lewandowski.

E finalizou:

– Vamos imprimir uma continuidade ao excelente trabalho desenvolvido pelo ministro Flávio Dino e sua equipe. Claro que poderá haver pequenas ajustes, mas continuaremos esse trabalho e estamos muito honrados de poder fazê-lo.

A posse de Dino no STF está prevista para 22 de fevereiro. Antes disso, ele deve reassumir brevemente o mandato de senador, para o qual foi eleito em 2022.

Source: JCO

Welcome Back!

Login to your account below

Retrieve your password

Please enter your username or email address to reset your password.

Are you sure want to unlock this post?
Unlock left : 0
Are you sure want to cancel subscription?
× Canal de denúncias