A intrigante relação do casal janjo com a Polícia Federal

Por Ed Raposo*

Primeiro o ex-presidiário colocou seu ex-chefe de segurança e ex-funcionário de Dilma, Andrei Rodrigues, na diretoria-geral da PF.

Na sequência foi a vez de Fernando Morais, amigo pessoal de Andrei e delegado do caso Adélio, assumir a diretoria de inteligência do órgão.

Agora é chegada a hora de Alexsander Oliveira, ex-segurança de Lula, ser nomeado para uma diretoria.

Mas nunca, jamais, em hipótese alguma, esqueçam… era Bolsonaro quem interferia na Polícia Federal.

 

Welcome Back!

Login to your account below

Retrieve your password

Please enter your username or email address to reset your password.

Are you sure want to unlock this post?
Unlock left : 0
Are you sure want to cancel subscription?
× Canal de denúncias