MP fomenta primeira reunião do ano da Força-Tarefa do transporte escolar fluvial

Com o objetivo de acompanhar as condições de oferta e regularidade do transporte fluvial escolar previsto para o ano escolar de 2024 no estado, o Ministério Público de Rondônia, por meio do Grupo de Atuação Especial da Educação (GAEDUC), realizou na última segunda-feira (22/1) a primeira reunião do ano com os entes responsáveis pela educação no estado e no município de Porto Velho.

O encontro, conduzido pela coordenadora do GAEDUC, Promotora de Justiça Luciana Ondei Rodrigues Silva, contou com a participação da coordenadora do Grupo de Atuação Especial de Defesa do Patrimônio Público e Combate à Corrupção (GAEC), Promotora de Justiça Tâmera Padoin Marques Marin, e da Promotora de Justiça Lisandra Vanneska Monteiro Nascimento Santos.

Durante a reunião, foi informada a quantidade de embarcações que serão utilizadas no transporte escolar fluvial em 2024, bem como as rotas e quantidades de alunos que serão atendidos.

A integrante do MP solicitou o calendário de inspeção e regularidade das embarcações por parte da Marinha, e a contratação de monitores com curso de marinheiro auxiliar fluvial pela Secretaria Estadual de Educação.

Foi destacado também sobre o uso de coletes salva-vidas, identificados com os números das embarcações e a utilização de lonas laterais de proteção nos barcos, pois durante o período de chuva, mesmo utilizando capa de chuva, os estudantes chegam à escola com roupas e materiais escolares molhados.

Na oportunidade, foi discutido ainda sobre o contrato com a empresa de serviços aquaviários, que possui contrato ativo para realização dos transportes até fevereiro do corrente ano, e a nova contratação após o fim da vigência do atual vínculo. Com relação a falta de combustível, um dos principais problemas enfrentados na paralisação do transporte fluvial, foi sugerido que seja realizado um cronograma de abastecimento com informações por região.

O MPRO atua desde 2016 para garantir a continuidade do serviço de transporte fluvial aos estudantes, buscando assegurar ações estratégicas efetivas para a oferta do transporte escolar, indispensável à garantia de acesso e permanência na escola dos alunos residentes na zona rural ribeirinha de Porto Velho.

Welcome Back!

Login to your account below

Retrieve your password

Please enter your username or email address to reset your password.

Are you sure want to unlock this post?
Unlock left : 0
Are you sure want to cancel subscription?
× Canal de denúncias