Com rara coragem, Pavinatto arrisca o próprio pescoço ao pedir prisão de Moraes

Tiago Pavinatto, ex-apresentador da Jovem Pan News, agora na condição de advogado da família de Cleriston Pereira da Cunha, réu pelo 8 de janeiro que morreu no Complexo Penitenciário da Papuda (DF) no ano passado, ingressou com uma ação criminal no Supremo Tribunal Federal (STF) contra o ministro da corte Alexandre de Moraes.

A viúva e as duas filhas de Cleriston afirmam que o magistrado teria cometido crimes de maus-tratos, abuso de autoridade, tortura qualificada e majorada, além de prevaricação.

Somadas, as penas vão de dez até 31 anos de prisão.

A ação pede que Moraes seja afastado de suas funções no STF, pague uma indenização por danos morais e seja preso. A peça, endereçada ao presidente da corte, Luís Roberto Barroso, é assinada pelo próprio Pavinatto.

Pavinatto afirma que a morte de Clezão “ocorreu em prisão preventiva manifestamente ilegal e sob a inteira responsabilidade” do magistrado.

“Cleriston morreu torturado, porque o ministro Alexandre de Moraes, abusando do seu poder, assumiu, independentemente de ter querido esse resultado morte, o risco dessa morte indigna. Cleriston, provavelmente, ainda estaria vivo e ao lado da sua esposa e das suas duas filhas se gozasse do privilégio de um juiz justo, imparcial, empático e conhecedor do direito”, afirma a acusação.

O ex-apresentador da JP ainda vai além:

“A contumaz omissão do Ministro Alexandre de Moraes, portanto, faz com que ele ultrapasse o desvalor impresso pelo legislador no crime de maus-tratos: se a simples exposição a perigo a vida ou a saúde da vítima perfazem o crime de maus-tratos, a insistência nesse sentido somente se explica pelo propósito cruel de causar e perpetuar o padecimento físico, moral e psicológico da vítima, aqui demonstrados de maneira inequívoca”, diz ainda.

Com essas ações, Pavinatto colocou o próprio pescoço em risco.

Source: JCO

Welcome Back!

Login to your account below

Retrieve your password

Please enter your username or email address to reset your password.

Are you sure want to unlock this post?
Unlock left : 0
Are you sure want to cancel subscription?
× Canal de denúncias