IBGE divulga pela primeira vez as coordenadas geográficas dos endereços do país

O IBGE divulgou hoje as coordenadas geográficas das espécies de endereços do Censo 2022. É a primeira vez que o Instituto capta esse dado para todos os domicílios do país. Durante a operação censitária de 2022, essas coordenadas serviram para monitorar o trabalho dos recenseadores e para acompanhar a evolução da coleta.
Do total de endereços coletados no Censo em todo o país, 81,5% (ou 90,6 milhões de endereços) eram domicílios particulares e 104,5 mil (ou 0,1%) eram domicílios coletivos. É possível também observar os tipos de estabelecimentos do país: a maioria deles se enquadrava em outras finalidades, com 11,7 milhões (ou 10,5% do total). Nesse grupo estão as lojas comerciais, por exemplo. Já os estabelecimentos de ensino eram 264,4 mil, os de saúde eram 247,5 mil e os religiosos, 579,7 mil. Já as edificações em construção eram 3,5 milhões.
Assim como em todo o Brasil, em Rondônia, os domicílios particulares são a maior parte dos endereços coletados: dos 965 mil endereços, 729 mil (75,5%) são desta espécie. Em relação às demais categorias, 98 mil (10,2%) eram estabelecimentos agropecuários; 95 mil (9,9%) de outras finalidades; 7.670 (0,8%) estabelecimentos religiosos; 1.927 (0,2%) estabelecimentos de saúde e 1.893 (0,2%) estabelecimentos de ensino. Foi constatado ainda que havia construção ou reforma em 29 mil endereços.
O resultado de todo esse trabalho integrará o Cadastro Nacional de Endereços para Fins Estatísticos (CNEFE), a base de endereços usada pelo IBGE não só no Censo Demográfico, mas também em outras pesquisas domiciliares, como a Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios (PNAD) Contínua, a Pesquisa de Orçamentos Familiares (POF) e a Pesquisa Nacional de Demografia e Saúde (PNDS).
Além do IBGE, gestores públicos e a sociedade podem utilizar os dados em diversas situações, como localizar endereços em zonas de planejamento da administração pública, em unidades de conservação ambiental e em áreas de atuação de um determinado empreendimento.
As coordenadas geográficas podem ser consultadas por espécie de endereço. “Temos a latitude, a longitude e o código da espécie, ou seja, a finalidade de uso de endereço. Assim, o usuário vai saber se aquele ponto representado é um domicílio particular ou coletivo, se é um estabelecimento agropecuário, de saúde ou de ensino”, detalha o gerente do Cadastro de Endereços do IBGE, Eduardo Baptista. As coordenadas geográficas já podem ser visualizadas na Plataforma Geográfica Interativa (PGI) e no panorama do Censo 2022.
O gerente explica também que cada coordenada geográfica se refere a uma espécie de endereço. “Cada endereço tem uma coordenada. Se num mesmo local há duas espécies de endereços, como um domicílio particular e um estabelecimento agropecuário, então esse mesmo endereço terá dois pares de coordenadas, com dois registros diferentes no arquivo do produto”.
Coleta digital do Censo permite a captação das coordenadas geográficas
As coordenadas geográficas dos endereços foram coletadas pelos mais de 180 mil recenseadores que trabalharam no Censo Demográfico 2022 em todo o país, através dos seus dispositivos móveis de coleta (DMC). “Essas coordenadas eram coletadas durante a confirmação ou inclusão de endereços no cadastro do IBGE. O recenseador, durante o percurso no setor censitário, encontrava o endereço em uma lista prévia que já estava carregada no DMC. Ele confirmava aqueles que já existiam e estavam na lista e incluía os que não estavam. Após a inclusão ou confirmação de um endereço, o aplicativo do DMC registrava a coordenada geográfica daquela unidade visitada”, diz Eduardo.
Ele conta também como essa coleta de latitude e longitude em campo era utilizada para supervisionar o trabalho do recenseador. “Durante a realização da entrevista, quando o questionário era aberto, o aplicativo coletava automaticamente, de forma transparente, algumas coordenadas geográficas com intervalo específico de tempo, de modo que o supervisor pudesse conferir se aquela entrevista foi realizada no local correto”, completa o gerente.
Nas divulgações do CNEFE, os dados são relacionados apenas aos endereços, respeitando o sigilo estatístico. “O comitê de sigilo do IBGE entendeu que os dados de endereço não são sigilosos. Neste produto, estamos divulgando apenas as coordenadas com o código da UF e o código do município, recorte geográfico máximo que o IBGE tem divulgado até o momento”, diz.
Source: Amabile Casarin

Welcome Back!

Login to your account below

Retrieve your password

Please enter your username or email address to reset your password.

Are you sure want to unlock this post?
Unlock left : 0
Are you sure want to cancel subscription?
× Canal de denúncias