Menina de dez anos é assediada por prestador de serviço em escola profissionalizante; criminoso fez outra vítima

Uma mulher, de 31 anos, acionou a Polícia Militar, na noite desta sexta-feira (2), após sua filha, de 10 anos, ser assediada, por um prestador de serviço em uma escola profissionalizante, no bairro Embratel.

A mulher levoua  filha e estava na sala de aula, sendo que a criança ficou do lado de fora.

Passado alguns minutos, a menina entrou na sala chamando pela mãe, afirmando que estava sendo assediada por um homem e que também teria olhado para suas partes íntimas.

No momento em que o homem percebeu que a criança chamou pela mãe, ele  fugiu pelos fundos do local.

A direção da escola informou aos policiais que a pessoa denunciada seria um prestador de serviço, que faz a limpeza do local.

Durante o tempo que os policiais registravam a ocorrência, uma aluna denunciou o mesmo criminoso, afirmando que também já foi vítima do homem. Na ocasião, ele teria assediado a estudante na sala de aula.

Uma ocorrência foi registrada para que a Polícia Civil investigue o caso.

Source: rondoniagora

Welcome Back!

Login to your account below

Retrieve your password

Please enter your username or email address to reset your password.

Are you sure want to unlock this post?
Unlock left : 0
Are you sure want to cancel subscription?
× Canal de denúncias