Morre Hage Geingob, presidente da Namíbia, aos 82 anos

O presidente da Namíbia, Hage Geingob, morreu neste domingo (4), aos 82 anos, em um hospital da capital Windhoek, onde recebia tratamento contra o câncer, anunciou a presidência do país sul-africano em um comunicado.

Relatos do The Guardian indicam que Geingob passou por uma cirurgia cerebral em 2013 e, em 2023, uma cirurgia na aorta na África do Sul.

O óbito do presidente foi oficialmente anunciado pelo governo à 0h04 do domingo, horário local, o que corresponde às 19h04 de sábado, 3, pelo horário de Brasília.

Geingob, que assumiu como primeiro primeiro-ministro da Namíbia após a independência do país da África do Sul na década de 1990, foi eleito presidente em 2014 e reeleito em 2019. Ele se destacou por ser o primeiro presidente do país fora do grupo étnico Ovambo, que compõe mais da metade da população namibiana.

Com o falecimento de Geingob, o presidente em exercício, Nangolo Mbumba, dirigiu-se à nação, declarando:

“A nação namibiana perdeu um ilustre servidor do povo, um ícone da luta de libertação, o principal arquiteto da nossa constituição e o pilar da casa namibiana”.

Ele informou que o Gabinete da Presidência convocará uma reunião de urgência para deliberar sobre as pendências administrativas.

Em suas palavras, Mbumba solicitou serenidade ao povo namibiano neste momento de luto:

“Neste momento de mais profunda tristeza, apelo à nação para que permaneça calma e serena enquanto o Governo atende a todos os arranjos estatais, preparativos e outros protocolos necessários”.

O anúncio do presidente interino foi veiculado em todo o país, preparando a Namíbia para as próximas eleições presidenciais e parlamentares previstas para o final de 2024.

Welcome Back!

Login to your account below

Retrieve your password

Please enter your username or email address to reset your password.

Are you sure want to unlock this post?
Unlock left : 0
Are you sure want to cancel subscription?
× Canal de denúncias