Alckmin condena antisemitismo na Bahia, Lula silencia e ministro dos direitos humanos reage com “islamofobia”

Por Henrique Alves da Rocha*

Um crime de antissemitismo acontecido em Arraial D’Ajuda, distrito de Porto Seguro (BA), na semana passada, circulou bastante redes sociais.

Uma mulher de forma bastante agressiva e descontrolada invadiu um estabelecimento comercial, agrediu a proprietária e danificou as mercadorias do estabelecimento.

Motivo: a proprietária é judia.

Aos gritos de “assassina de criança”, a mulher foi retirada a força do estabelecimento comercial.

A proprietária prestou queixa na delegacia e o processo seguirá os trâmites legais. Será indiciada por dano qualificado, injúria racial (antissemitismo) e ameaça.

Esse antissemitismo ocorre depois que o ex-presidente do PT, José Genoíno, defendeu publicamente o boicote aos comerciantes judeus no Brasil.

José Genoíno estimulou, assim como Joseph Goebbels, a perseguição aos comerciantes judeus.

Depois disso o mundo sabe o resultado: Holocausto.

Uma eternidade depois o ministro dos Direitos Humanos de Lula, Silvio Almeida, faz uma nota absurda, que além de atrasada, aproveita para acusar levianamente Israel de massacrar palestinos em Gaza.

Silvio Almeida só fez a nota porque o vice presidente Geraldo Alckmin condenou publicamente o antissemitismo ocorrido em Porto Seguro. Lula silenciou.

O ministro do desgoverno Lula atravessou uma “islamofobia” em sua nota, sem nenhum motivo, apenas para agredir Israel e o povo judeu.

O fato ocorrido na Bahia não guarda relação com o conflito em Israel. Na realidade é estimulado por integrantes do governo Lula e seus seguidores.

Silvio Almeida sob a desculpa de defender palestino apoia o grupo terrorista Hamas. E sequer se lembra de pedir publicamente a liberação dos civis israelenses ainda sequestrados pelos terroristas.

O povo brasileiro em sua maioria apoia Israel e clama pela libertação dos civis israelenses sequestrados.

Foto de Henrique Alves da Rocha
Henrique Alves

Henrique é Coronel da Polícia Militar do Estado de Sergipe.

 

 

 

 

*As opiniões expressas neste artigo é de inteira responsabilidade do colaborador e titular desta coluna. O Portal Correio de Notícia não tem responsabilidade legal pela “OPINIÃO” que é exclusiva do autor.

 

Welcome Back!

Login to your account below

Retrieve your password

Please enter your username or email address to reset your password.

Are you sure want to unlock this post?
Unlock left : 0
Are you sure want to cancel subscription?
× Canal de denúncias