Até ex-comandante da Marinha é alvo da PF

A tensão toma conta do país…

A Operação Tempus Veritatis, da Polícia Federal, está cumprindo 33 mandados de busca e apreensão, quatro mandados de prisão preventiva e 48 medidas cautelares diversas, que incluem a proibição de manter contato com os demais investigados, proibição de se ausentarem do país, com entrega dos passaportes no prazo de 24 horas e suspensão do exercício de funções públicas.

Além de Jair Bolsonaro, os generais Heleno e Braga Netto e muitos outros, o ex-comandante da Marinha Almir Garnier Santos também foi alvo da operação.

O Exército e a Marinha foram acionados pela PF  estão acompanhando a operação.

Welcome Back!

Login to your account below

Retrieve your password

Please enter your username or email address to reset your password.

Are you sure want to unlock this post?
Unlock left : 0
Are you sure want to cancel subscription?
× Canal de denúncias