Ex-ministro do STF se insurge contra Moraes e detona ação contra Bolsonaro

O ex-ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), Marco Aurélio Mello, criticou fortemente a Operação Tempus Veritatis, direcionada a Jair Bolsonaro (PL) e pessoas próximas, por “desgastar a imagem” do ex-chefe de Estado.

Para ele, a condução da investigação por Alexandre de Moraes é considerada “excessiva” e contribui para o desgaste da imagem do STF.

“Isso [as investigações] está sendo tocado de forma muito abrangente, o que implica desgaste para a instituição do Supremo. É hora de temperança, de se presumir não o excepcional, mas o corriqueiro, o ordinário. Não podemos partir do pressuposto de que todos são salafrários”, disse.

Marco Aurélio enfatizou a necessidade de uma investigação ponderada.

“Uma busca e apreensão na casa de um cidadão desgasta a imagem dele. Vamos apurar sem açodamento”, recomendou o ex-ministro.

O objetivo do “sistema” é claro: liquidar a direita brasileira, prender Bolsonaro e fechar o PL.

0 0 votes
Article Rating
Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments

Welcome Back!

Login to your account below

Retrieve your password

Please enter your username or email address to reset your password.

Are you sure want to unlock this post?
Unlock left : 0
Are you sure want to cancel subscription?
× Canal de denúncias