Site ligado a Marcos Rogério é obrigado a retirar postagem ofensiva contra Silvia Cristina

O blog apurou que esses dias Jaime Bagattoli estava tão irritado que teria dito que iria contar uma série de coisas. Silvia Cristina é mais tranquila

Em uma decisão judicial recente, um site ligado ao senador Marcos Rogério foi obrigado a retirar do ar uma postagem considerada ofensiva contra a deputada Silvia Cristina. A postagem continha alegações falsas que, segundo a decisão, violavam os direitos de Silvia Cristina.

A postagem em questão foi publicada em um site conhecido por sua ligação com o senador Marcos Rogério e continha alegações que Silvia Cristina considerou falsas e difamatórias.

Segundo o blog entrelinhas, a situação não está muito fácil no PL, e complicou mais um pouco com o ataque de um site de Ji-Paraná à deputada federal Silvia Cristina (PL-RO). O site, ligado ao presidente estadual do PL, senador Marcos Rogério, alegou que Silvia era a favor da PL da Censura, mais conhecido como PL da Globo. Depois foi obrigado a retirar a postagem, por ordem judicial.

O caso é que existe a chamada direita burra, que está mais preocupada com a Rede Globo, dizendo que vão taxar a Netflix, e não conta aos eleitores que a proposta mais perigosa é censurar as redes sociais, algo que acontece em países como Rússia, China, Cuba e Coréia do Norte.

Silvia Cristina, juntamente com outros deputados, foi favorável à votação do projeto de lei em regime de urgência, porque a direita tinha a maioria dos votos e seria possível enterrar de vez a pretensão do governo federal. A direita burra atacou Silvia Cristina e os demais que pediram regime de urgência. Agora o governo federal retirou o projeto de pauta e só volta com ele quando tiver maioria para aprovação.

A postagem do site ligado a Marcos Rogério foi retirada por ordem judicial.

Os deputados de direita conseguiram fazer uma série de modificações no projeto de lei, o que o tornaria inviável para o governo federal, pois não conseguiria censurar as redes sociais. Como pegou o projeto de volta, o governo pode novamente inserir os artigos tornando lei a censura no Brasil. A direita burra não conta isso. Apenas joga para a gelara, em busca de likes e de votos.

Em Ji-Paraná, o site Ji-Paraná News, deu uma pancada e tanto em Silvia Cristina, Thiago Flores e Mauricio Carvalho (UB-RO). Isso porque os três apoiaram o regime de urgência na votação, mas isso acabaria com o projeto original da censura.

Não se sabe por qual razão os donos do site fizeram isso. Eles são ligados ao presidente estadual do PL, Marcos Rogério. Como se sabe, Rogério não se entende com Silvia Cristina e com o senador Jaime Bagattoli (PL-RO). Por conta disso é possível ter uma ideia do motivo de o site ter torcido uma situação para bater em Silvia Cristina.

Quanto a Bagattoli, é melhor que gente ligada a Marcos Rogério mão mexa com ele. O Entrelinhas apurou que recentemente ele estava tão irritado com Rogério que teria dito estar pronto para “contar tudo”. Ele foi convencido a pensar melhor, pois seria ruim para o PL.

Mas saiu nas redes sociais uma entrevista de Bagattoli recentemente. Ele realmente estava muito irritado, e parecia fazer um esforço para se conter, quando falava de Marcos Rogério.

0 0 votes
Article Rating
Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments

Welcome Back!

Login to your account below

Retrieve your password

Please enter your username or email address to reset your password.

0
Would love your thoughts, please comment.x
×

Olá!

Clique em um de nossos contatos abaixo para conversar no WhatsApp

× Canal de denúncias