SBT dá “chapéu” histórico na Globo

A notícia do contrato foi feita ao público por Téo José, durante a edição do SBT Brasil

Na última terça-feira (06), o SBT assinou o contrato da compra dos direitos de transmissão da Champions League em TV aberta no Brasil, pelas próximas três temporadas.

A negociação com a UEFA e a Agência Team foi encabeçada pelo próprio Sílvio Santos, que venceu a disputa com a Rede Globo, que também tentava fechar contrato para transmitir a competição de clubes mais importante do futebol europeu.

A notícia do contrato foi feita ao público por Téo José, durante a edição do SBT Brasil:

“A maior competição do mundo com o jeito SBT. Você vai ver os maiores times, como Barcelona, Real Madrid, Bayern de Munique, Manchester City, United e PSG. As maiores feras do planeta, como Cristiano Ronaldo, Messi, Neymar e muito mais. O SBT, a partir de agosto, passa a ter a maior competição de clubes do nosso continente [Libertadores] e a maior competição de clubes da Europa”, anunciou ele.

O SBT vai transmitir os jogos a partir da fase de grupos nas três próximas edições do torneio, de 2021/2022 a 2023/2024, começando em agosto deste ano, mês em que a emissora completa 40 anos.

“É o retorno das transmissões em televisão aberta desse torneio tão importante, que reúne os maiores astros do futebol mundial, com jogos emocionantes, disputados e com alta qualidade de produção”, diz o comunicado do SBT.

A emissora também poderá escolher as principais partidas para mostrar na fase de mata-mata, totalizando 15 jogos por temporada na TV aberta.

Desde 2018, quando a Globo não renovou contrato para a transmissão, os jogos da Champions League só podem ser assistidos na TNT e no Space na TV paga, onde continuarão sendo transmitidos no novo contrato, e em plataformas digitais como o Facebook, que não participou da concorrência e não mais transmitirá as partidas ao final da temporada atual.

Fonte: JCO

Apresentadora da Globo é “detonada” nas redes sociais (veja o vídeo)

Apresentadora do telejornal da Globo é “detonada” nas redes sociais

A jornalista, Maria Júlia Coutinho, a Maju, virou alvo de críticas nas redes sociais nesta quarta-feira (17/03), após afirmar em rede nacional que:  

“Especialistas são unanimes em dizer que essas são medidas indispensáveis, agora para conter a circulação do vírus. “O choro é livre” não dá pra gente reclamar é isso que tem”, disse a apresentadora.

Obviamente o assunto ganhou as redes sociais e rendeu muito.

Veja os comentários:

“O choro é livre” dispensa comentários. Lamentável. Mas há outro ponto grave na fala da apresentadora: “os especialistas são unânimes…”. Não é verdade. Os especialistas NÃO SÃO UNÂNIMES em absolutamente nada nessa pandemia, no Brasil e no mundo”, disse Ana Paula Henkel.

“Pra quem tem o salário pingando todo mês, é fácil dizer “O choro é livre”. Sem nenhum respeito pelo povo.  Triste onde chegamos Cara de decepcionado”, comentou Roseli.

Janaina comenta: “Que infeliz esse “o choro é livre” quanta arrogância da jornalista não?”

“Quanta babaquice dela com esse “o choro é livre”, disse Leandro, colecionador de vídeos do trem bala.

Keila Antunes comentou: “Peguei ranço da Maju. Meu pai tem 83 anos e na hora do almoço sempre assistia o Telejornal. Saia tanto sangue da tela com as notícias que ele entrou em depressão. Proibido de ligar em telejornal na Globo. Eu disse a ele que aquele tempo do bom jornal acabou há tempos”.

“Mas quais especialistas? Quais as especialidades dos especialistas? Quanto estão recebendo pelos parecer? Cadê os resultados das pesquisas que embasam essas afirmações “unânimes?”, comentou, Adeval José dos Santos.

“É a nova era da boçalidade jornalística: especialistas (que só defendem um lado da história), ou seja, a imprensa suja faz indução a apenas um lado da história, onde sabemos que existe três (um lado, outro lado e quem raciocina) ”. SUJOS, escreveu Alex Simões.

E você o que tem a dizer sobre isso?

Veja o vídeo:

da Redação/CN

Globo é condenada a pagar indenização a Suzane Richthofen

A indenização foi estipulada em razão da emissora ter obtido o exame psicológico de forma indireta

Na última terça-feira (09), a 1ª Câmara de Direito Privado do Tribunal de Justiça do Estado de São Paulo (TJSP) condenou a Rede Globo a pagar uma indenização de R$ 10 mil à Suzane von Richthofen, por uma matéria veiculada no programa ‘Fantástico’, no ano de 2018.

Durante a matéria, que falava sobre o pedido de Suzane para progressão de seu regime de pena para o semiaberto, a emissora divulgou uma avaliação psicológica da presidiária, onde constava que a mesma não seria perigosa, podendo conviver em sociedade.

Apesar da divulgação de documento sigiloso, a Justiça optou por não retirar a reportagem do ar, em prol da liberdade de imprensa. Porém, a indenização foi estipulada em razão da emissora ter obtido o exame psicológico de forma indireta, já que, legalmente, não teria acesso ao processo.

“Se o acesso se deu de maneira indireta e com garantia ao sigilo de fonte, há ilicitude na veiculação de informação que se sabe ilícita. Houve, pois, ato abusivo da ré ao divulgar informação que sabia estar sob segredo de justiça, sem possibilidade de conhecimento por terceiros”, diz a decisão.

Fonte: JCO

Globo sofre nova derrota e SBT vai exibir “Champions League”

.

A Rede Globo de Televisão segue ladeira abaixo, perdendo os direitos de transmissão de eventos esportivos. Primeiro, ficou sem a “Libertadores”, principal torneio de clubes da América do Sul. Em seguida, ficou sem a “Liga dos Campeões”, maior torneio de clubes da Europa. Ambas, foram vencidas pelo SBT, de Sílvio Santos.

Historicamente, a TV de Silvio Santos nunca fez “cosquinha” na emissora dos Marinho. Mas, parece que tudo mudou. Pois, venceu a concorrência pela transmissão do evento em TV aberta, podendo exibir uma partida por rodada da competição. Na TV fechada, a TNT Sports também ganhou da Globo e manteve os direitos do campeonato pelas próximas três temporadas, transmitindo todas as partidas da “Champions”.

A Uefa disse que ficou bem satisfeita com o trabalho digital, índices de audiência e proposta financeira da TNT Sports. Em contrapartida, a Warnermedia, proprietária do TNT Sports e atual detentora dos direitos, colocou como prioridade manter o torneio em seu catálogo de eventos.

A Warnermedia, por sinal, vem investindo em transmissão de futebol no Brasil. Comprou o Esporte Interativo, que transmite a “Liga dos Campeões” e utiliza os canais na TV fechada e plataforma streaming.

Fonte: JCO

Globo perde transmissão da Fórmula 1

A Globo continuará a fazer a cobertura da categoria em suas plataformas apenas para manter os fãs informados

Depois de 40 anos, a Rede Globo de Televisão desistiu de fazer a transmissão da Fórmula 1, no Brasil, temporada de 2021.

A TV carioca e a Liberty Media, proprietária da categoria principal do automobilismo no mundo, não entraram em acordo.

O Grupo dos Marinho, em comunicado, informou que o contrato não foi fechado por desistência da própria TV brasileira, mas não esclareceu os detalhes.

“A Globo manteve negociações constantes com a FOM/Liberty Media sobre a renovação dos direitos da Fórmula 1, sempre considerando a nova realidade mundial dos direitos esportivos. Infelizmente, não houve acordo. A Globo continuará a fazer a cobertura da categoria em suas plataformas para manter o fã do esporte informado sobre tudo o que acontece no mundo do automobilismo”, escreveu em nota.

Com a saída da Rede Globo, a concorrente Band negocia com a Liberty um possível acordo, após 41 anos longe da categoria.

Fonte: JCO

Mais um caso de assédio faz Globo demitir diretora

O Grupo Globo parece estar vendo a ano de 2020 se repetir em 2021…

Sem conseguir se recuperar da crise que assola suas finanças, principalmente após o corte de verba governamental para publicidade, a empresa passou o ano anterior cortando gastos, demitindo funcionários, vendo alguns outros abandonarem a casa e enfrentando escândalos de assédios, a história parece estar se repetindo, e em um ritmo mais acelerado.

Com o ano tendo se iniciado há apenas um mês, já se espalhou a notícia de que a Rede Globo resolveu demitir uma diretora do seu quadro de funcionários, após denúncias de assédio.

A mulher, cujo nome ainda não foi divulgado, era diretora de Criação de Branded Content, e teria cometido vários tipos de assédio contra diversos funcionários, como gritos em público e demissões sem qualquer justificativa.

O caso foi levado à área de compliance da emissora, que realizará uma investigação interna para apuração do assunto.

Em nota, a Globo informou que “não comenta questões relacionadas ao Compliance e aproveita para reiterar que a empresa mantém um Código de Ética, que deve ser seguido por todos os seus colaboradores, e uma Ouvidoria pronta para receber quaisquer relatos de violação ao Código. Todo relato é apurado criteriosamente, assim que a empresa toma conhecimento e as medidas necessárias são adotadas”.

Parece que a má fase da emissora ainda não acabou…

Fonte: Istoé

Depois de 35 anos, Tino Marcos deixa a Globo

A Rede Globo está agonizando…

Está perdendo diariamente importantes profissionais que ainda conseguiam segurar a audiência da emissora.

Porém, tudo mudou rapidamente!

Atores consagrados foram demitidos, jornalistas pediram demissão rumo a outras emissoras e, recentemente, surgiram as informações de que os apresentadores Faustão e William Bonner também podem estar deixando a Globo.

Mas não para por aí…

Para colocar o “último prego no caixão”, o repórter esportivo Tino Marcos anunciou sua saída depois de 35 anos.

Ao longo dos anos, Tino Marcos se tornou o mais importante repórter esportivo do Brasil e sua voz ficou marcada nas transmissões de jogos da Seleção Brasileira.

Aos 58 anos, Tino Marcos decidiu que essa história chegou ao fim.

Em entrevista, Tino disse que a pandemia que o mundo enfrenta acabou acelerando os planos de encerrar o ciclo como repórter da emissora.

“É preciso entender o modelo de trabalho que eu vinha tendo no último ano. […] O modelo de trabalho que eu vinha tendo era voltado para grandes produções. E esse seguimento foi diretamente atingido pela pandemia. […] Eu era um faz tudo. Fazia o ao vivo do Globo Esporte, do Bom Dia Brasil, matéria pro Jornal Nacional, Globo Repórter, Fantástico, fazia as séries, eu era muito elástico e me orgulhava muito disso. Sempre gostei e orientei os mais jovens: tenta ser rápido, fazer matéria rápida quando tem que ser rápido, simples, e também a fazer matérias com fôlego, com roteiro. Com o tempo, comecei a ficar cansado desse modelo de cobertura diária”, disse ele.

A Globo não tem mais para onde correr!

A frase começa a surgir:

“O último que sair apaga a luz”

Fonte: GloboEsporte

Canal de TV dá “chapéu” na Globo e compra transmissão de 56 jogos das eliminatórias para a Copa

A TV Walter Abrahão pertence ao filho do narrador Walter Abrahão

Nesta segunda-feira, 25, um novo canal de TV surpreendeu a todos e tomou conta das redes sociais.

A TV Walter Abrahão adquiriu os direitos de transmissão de 56 jogos da fase eliminatória da Copa do Mundo do Qatar, que será disputada em 2022.

Com a aquisição, a Globo poderá exibir apenas as partidas da Seleção Brasileira realizadas no Brasil enquanto o pacote adquirido pela TV Walter Abrahão inclui seis jogos do Brasil, que serão realizados fora de casa.

Com um imbróglio de negociar com cada confederação os direitos televisivos de cada seleção, os jogos das Eliminatórias da Copa chegaram a ser veiculados por alguns canais diferentes, como EI Plus e a TV Brasil.

A TV Walter Abrahão, que pertence a Walter Abrahão Filho – filho do narrador Walter Abrahão – faz parte dos pacote básicos dos principais serviços de TV paga do Brasil, como a Claro, Sky e Oi TV.

Vale lembrar que o empresário Walter Abrahão Filho comprou a emissora das mãos de Fábio Luís Lula da Silva, o Lulinha, filho do ex-presidente da República Luiz Inácio Lula da Silva, e substituiu o canal PlayTV.

No ar desde maio de 2020, a emissora vem exibindo eventos esportivos antigos, além de programação variada, que vai de programas adultos até programas com a temática geek.

Veja os jogos do Brasil que serão exibidos na TV Walter Abrahão:

Colômbia x Brasil

Paraguai x Brasil

Chile x Brasil

Venezuela x Brasil

Equador x Brasil

Bolívia x Brasil

Fonte: JCO

“Transtornada”, atriz esquerdista da Globo grava vídeo e vira piada na web (veja o vídeo)

Maria Flor, visivelmente atacada pelo vírus da vaca louca perde a compostura

Um vídeo da atriz Maria Flor viralizou nas redes sociais nesta segunda-feira, 18.

Na gravação, a global se mostra transtornada e, dando chiliques, ataca o presidente Jair Bolsonaro e sai em defesa da petista Dilma Rousseff.

“O que, no meu c*, na minha buce**, são pedaladas fiscais?”, esbravejou.

E continuou:

“Agora, o Bolsonaro, o homem tá lá há dois anos. Quer que eu te diga o que ele já tentou fazer? […] Interferência na Polícia Federal, milícia, o filho dele colocou um monte de gente fantasma pra trabalhar no gabinete no Rio de Janeiro, o homem deixou faltar oxigênio em Manaus e as pessoas morreram, o homem fez pouco caso da pandemia”.

A atriz ainda aproveitou e tentou “convocar” um impeachment de Bolsonaro citando, inclusive, o presidente da Câmara, Rodrigo Maia.

“Agora, Rodrigo Maia não sabe se vai impitimar! ‘Não, ainda não mandei’ [imitando Maia]’. Você, sinceramente, tome juízo nessa sua cabeça, você faça alguma coisa! A grande oportunidade que você tinha era vota essa porr* desse Impeachment”, afirmou, aos berros.

Maria Flor ainda disse mais:

“Daí a gente vai ficar com aquele Mourão [vice-presidente], o que a gente vai fazer com aquele homem? Nada! 2021, brother! Por que ainda estamos com esse governo, cheio de militar, de homem velho, branco, escrot* que não vê o outro, que deixa a gente morrer.”

E finalizou:

“A revolta está em mim, que eu não consigo mais viver de tanta revolta que eu tenho! Quero rasgar minha roupa e sair pelada, não sei o que eu quero fazer!”

Os internautas, surpresos com tamanha insensatez e transtorno, ironizaram a atriz.

Entre os principais comentários está a hipótese de “abstinência” de Maria Flor.

Confira o vídeo e tire suas próprias conclusões:

Fonte: JCO

Ícones da Globo “batem boca” ao vivo por causa de lockdown (veja o vídeo)

Contrariado, Chacra rebateu as declarações de Magnoli

Os jornalistas Demétrio Magnoli e Guga Chacra discutiram, ao vivo, nesta quarta-feira (13), sobre o lockdown imposto em Nova York, no programa da Globo News, “Em Pauta”.

Na ocasião, Demétrio, que já havia dito umas boas verdades para outro colega de bancada, Gerson Camarotti, criticou o forte lockdown decretado pela capital e comparou o número de mortes por Covid-19 na cidade com a Flórida. Visivelmente, contrariado, Chacra rebateu as declarações de Magnoli.

Eu estou em Nova York, moro aqui e posso te assegurar”, despistou.

A Flórida nunca fez lockdown. Fez medidas de quarentena. Nova York fez um lockdown violento no primeiro semestre do ano passado e, agora, tem um semi-lockdown”, afirmou Demétrio para, em seguida, dizer que a situação dos nova iorquinos está pior que a dos habitantes da Flórida.

E completou:

Nova York é um dos piores lugares do mundo para se estar durante a pandemia”, assegurou.

Negando a situação da cidade com a cabeça, Guga Chacra disse que “não tem lockdown em Nova York, nem parcial” e confirmou que restaurantes e lojas continuam abertos por lá.

Eu estou aqui e circulei por Nova York, hoje. Não há lockdown parcial. Há algumas restrições, mas isso não é lockdown.

Marcelo Cosme, apresentador do programa, interveio e terminou a discussão.

Confira:

https://youtu.be/dXGmszoejXk

Fonte: JCO

%d blogueiros gostam disto: