Apresentador de TV é expulso por declaração de apoio ao Hamas

O mundo começa a tomar atitudes mais firmes contra os apoiadores do terrorismo.

Isso é necessário.

Moataz Matar, apresentador de televisão egípcio, que encontrava-se exilado no Reino Unido, acaba de ter o visto revogado pelo Ministério do Interior Britânico.

Ele apoiou publicamente o grupo terrorista Hamas.

O apresentador foi colocado em uma lista de vigilância e não poderá voltar ao país.

Moataz Matar tem 4,2 milhões de seguidores no YouTube. Em outubro, ele entrevistou Abdelhakim Hanini, um terrorista que ajudou a fundar as Brigadas Al-Qassam, o braço armado do Hamas, na década de 1990.

Logo após ele participou de manifestações pró-Palestina em Londres.

Segundo o ministro da Imigração do Reino Unido, Roberto Jenrick, outros cidadãos estrangeiros poderão ter seus vistos revogados por atos antissemitas.

“Para qualquer pessoa que considere seguir o exemplo nos próximos dias e semanas, não tenha dúvidas de que continuaremos a revogar vistos sempre que necessário. Não toleraremos o extremismo nas nossas ruas”, disse Jenrick.

Welcome Back!

Login to your account below

Retrieve your password

Please enter your username or email address to reset your password.

Are you sure want to unlock this post?
Unlock left : 0
Are you sure want to cancel subscription?
× Canal de denúncias