Jean Oliveira defende gestão do Hospital Regional de Guajará-Mirim por Organização Social

O hospital ampliará sua capacidade para 84 leitos (Foto: Rafael Oiveira I Secom ALE/RO)

Durante a sessão ordinária de terça-feira (14), da Assembleia Legislativa do Estado de Rondônia (Alero), o vice-presidente da casa, o deputado estadual Jean Oliveira (MDB), defendeu que o Hospital Regional de Guajará-Mirim, que está em fase de conclusão, deve ser administrado por uma Organização Social (OS) ou por uma empresa.

“Continuo defendendo que ele seja pioneiro em Rondônia na questão de administração por uma OS ou empresa. A terceirização desse hospital é necessária. O Governo de Rondônia, o Ministério da Saúde e os municípios de Guajará-Mirim e Nova Mamoré devem financiar essa instituição. Apenas dessa forma conseguiremos alcançar a economicidade e a eficiência na prestação dos serviços hospitalares”, comentou o deputado Jean Oliveira.

Atualmente em reforma, o hospital localizado na região da Pérola do Mamoré ampliará sua capacidade para 84 leitos, abrangendo quase 5 mil metros quadrados de área construída. O governo de Rondônia, em estreita colaboração com o Escritório das Nações Unidas de Serviços para Projetos (UNOPS), acompanha meticulosamente o cronograma de obras, visando a conclusão e entrega da unidade hospitalar modernizada dentro de um período estimado de 10 meses.

“Quero, desde já, parabenizar o governador, coronel Marcos Rocha, por dar celeridade a essa importante obra que trará mais qualidade de vida e saúde para a população da região”, concluiu o deputado Jean Oliveira.

Welcome Back!

Login to your account below

Retrieve your password

Please enter your username or email address to reset your password.

Are you sure want to unlock this post?
Unlock left : 0
Are you sure want to cancel subscription?
× Canal de denúncias