MP obtém condenação de homem a 25 anos de prisão pelos crimes de feminicídio e estupro de vulnerável

O Ministério Público de Rondônia obteve a condenação a 25 anos e 6 meses de prisão em regime fechado de um homem por tentar matar sua esposa e a enteada, após ser pego tentando estuprá-la. O réu E.G de L foi condenado no final da tarde desta segunda-feira (20/11), na 1ª Vara do Tribunal do Júri da Comarca de Porto Velho.

Conforme o Promotor de Justiça Cláudio Colaço Villarim, que representou o caso, os jurados confirmaram que o acusado cometeu os crimes de homicídio qualificado tentado por duas vezes e estupro de vulnerável, com as qualificadoras de feminicídio, violência doméstica, na presença física de descendente da vítima – duas vezes, motivo torpe e recurso que dificultou a defesa da vítima.

O crime ocorreu em março de 2022, na residência das vítimas, em Porto Velho. Na noite daquele dia, o réu levou sua enteada de apenas 12 anos para o quarto e tentou praticar atos libidinosos com ela. O irmão mais novo da vítima presenciou o fato e saiu para chamar a mãe.

De acordo com a denúncia, ao chegar no quarto, a esposa do réu, tentando defender sua filha dos abusos sexuais, foi atacada de forma abrupta por golpes de faca. Ao ver a situação, a adolescente começou a gritar por socorro e também foi atacada por facadas, chegando a ficar com uma dela cravada na perna.

O integrante do MP defendeu ainda que o crime de feminicídio só não foi consumado porque houve a intervenção de terceiro e as vítimas receberam eficaz atendimento médico.

O júri teve duração de mais de 8 horas e foi presidido pelo Juiz Áureo Virgílio Queiroz.

Welcome Back!

Login to your account below

Retrieve your password

Please enter your username or email address to reset your password.

Are you sure want to unlock this post?
Unlock left : 0
Are you sure want to cancel subscription?
× Canal de denúncias