“Moraes fica numa posição delicada após a morte de Cleriston”, afirma deputado (veja o vídeo)

Foto: STF

O Brasil ainda está sentindo o impacto pela morte de Cleriston da Cunha, um dos patriotas do 8 de janeiro.

E a situação do ministro Alexandre de Moraes ficou complicada após o ocorrido, segundo explica o deputado federal Mauricio Marcon (Podemos-RS):

“Moraes soltou mais quatro presos do 08 de janeiro, agora encontrou tempo…  Ele ficou numa posição delicada. Se ele soltar, como soltou, atesta culpa, mostra que ele foi minimamente omisso. 

Se não soltar, e morre mais alguém, não que eu ache que os parlamentares vão se sensibilizar, mas uma morte já pesa nas costas de alguém, duas é mais pesado ainda. Ele mesmo se colocou numa posição delicada perante os colegas do Supremo. 

Depois da chegada de Alexandre de Moraes ao STF, a coisa descambou de uma forma que, a exposição que ele dá a seus atos completamente antirrepublicanos acaba respingando nos colegas. 

Esses ministros não conseguem sair às ruas, que tipo  de vidas essas pessoas têm,  o tipo de vida que elas constroem”, ressaltou, durante participação no programa Super Debate, apresentado pelo jornalista Diogo Forjaz. 

Veja o vídeo:

Welcome Back!

Login to your account below

Retrieve your password

Please enter your username or email address to reset your password.

Are you sure want to unlock this post?
Unlock left : 0
Are you sure want to cancel subscription?
× Canal de denúncias