Funcionários dão rombo de aproximadamente R$ 5 milhões em cooperativa de crédito em Machadinho

Envolvidos ostentaram, comprando imóveis e caminhonetes, e como era de se esperar a casa caiu

A situação em que funcionários são acusados de causar um rombo de aproximadamente R$ 5 milhões em uma cooperativa de crédito é grave e pode envolver questões criminais relacionadas ao suposto desvio de fundos, fraude financeira ou outros crimes financeiros. Esses casos geralmente requerem investigações detalhadas para determinar a extensão do ocorrido e responsabilizar os envolvidos.

As informações ainda não são oficiais e há muita gente querendo manter tudo quieto, mas já está circulando que uma cooperativa de crédito teria sofrido um rombo de aproximadamente R$ 5 milhões em Machadinho. Houve desconfianças depois que funcionários começaram a ostentar, comprando imóveis e caminhonetes.

Uma auditoria começou de surpresa, na última quinta-feira (7), resultado no afastamento da maioria dos funcionários da cooperativa. Os cooperados estão preocupados, querem saber onde foi parar o dinheiro e alguns estão procurando a cooperativa para encerrar a conta, temendo prejuízos. Nas rodas de conversa na cidade não se fala em outra coisa.

Quem acontece algum BO com pessoas comuns na cidade, tudo é jogado no ventilador rapidamente, mas o desvio envolveria parte da elite de Machadinho por isso o silêncio é ensurdecedor.

De acordo com o que é comentado em Machadinho, se os possíveis envolvidos não tivessem ostentado tanto, a casa iria demorar mais a cair, mas agora a situação está estourando.

Fonte: Blogentrelinhas

Welcome Back!

Login to your account below

Retrieve your password

Please enter your username or email address to reset your password.

Are you sure want to unlock this post?
Unlock left : 0
Are you sure want to cancel subscription?
× Canal de denúncias