Polícia Civil realiza operação contra grupo criminoso que planejava ataques contra juízes e promotores

A Polícia Civil, por meio da Draco2, realiza hoje a Operação Shield, para enfrentar suspeitos ligados a uma Organização Criminosa, acusada de planejar sequestros e atentados contra a vida autoridades, incluindo juízes, promotores e funcionários públicos de órgãos como o Idaron. Foram realizadas oito medidas cautelares de buscas e apreensão nos municípios de Nova Mamoré, Buritis, Campo Novo, Jaru e Tarilândia, a fim de desarticular o plano delitivo.

Até o presente momento duas pessoas foram presas e armas de fogo apreendias.
De acordo com as investigações, há evidências de que a Organização Criminosa já teria angariado recursos significativos para executar esses planos, inclusive com valores pré-determinados pelas vítimas, tendo iniciado o levantamento de dados sobre os possíveis alvos. A ação coordenada pelos delegados Rondinelly Moreira, Fred Matos e Roberto dos Santos da DRACO2/DEI, contou ainda com apoio operacional da CORE, unidades da polícia civil de Jaru e Nova Mamoré, além do GAECO/MP.

O objetivo principal é desmantelar essa Organização Criminosa e impedir a concretização de qualquer plano de sequestro ou atentado contra a vida dos servidores do Estado. O nome “Shield” (escudo, em português) representa a atuação da Polícia Civil como defensora contra práticas que buscam desestabilizar o Estado Democrático de Direito e o funcionamento dos Poderes do Estado.

Source: rondoniagora

Welcome Back!

Login to your account below

Retrieve your password

Please enter your username or email address to reset your password.

Are you sure want to unlock this post?
Unlock left : 0
Are you sure want to cancel subscription?
× Canal de denúncias