Auditor fiscal morre em assalto na “terra sem lei”

O auditor fiscal Guilherme Brederode Rodrigues, de 36 anos, foi morto durante um assalto na noite de terça-feira (19) em Vila Isabel, zona norte do Rio de Janeiro.

Ele trabalhava na Controladoria Geral do estado.

A morte de Brederode está sendo tratada pela Polícia Civil como um latrocínio —roubo seguido de morte.

O crime aconteceu por volta das 23h na rua Gonzaga Bastos. Câmeras de segurança da região flagraram o momento em que três homens armados abordaram o carro em que o auditor estava. Em seguida, os criminosos atiraram e fugiram.

A mulher do auditor também estava dentro do veículo, mas não sofreu nenhum ferimento. Já Brederode morreu no local.

A Controladoria Geral do Rio publicou uma nota lamentando a morte do auditor. Brederode era, desde março de 2019, coordenador de produção de normas, manuais e estudos contábeis.

“Guilherme atuou na CGE-RJ por anos, e deixa um legado de profissionalismo, dedicação e muito zelo pelo seu trabalho. Neste momento de imensa tristeza, a CGE-RJ presta condolências e os mais sinceros pêsames aos familiares e amigos”, manifestou a CGE-RJ.

 

Source: JCO

Welcome Back!

Login to your account below

Retrieve your password

Please enter your username or email address to reset your password.

Are you sure want to unlock this post?
Unlock left : 0
Are you sure want to cancel subscription?
× Canal de denúncias